InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Atenção deuses! Há um aviso no Staff Loungue para vocês, entrem e leiam.

Important: Seu avatar é registrado? Ainda não?! Evite levantes, corra aqui: [MENINOS | MENINAS].
EM REFORMA, AGUARDEM! Novidades virão, algo que já estava mais do que na hora, não acham?!

Compartilhe | 
 

 Refeitório

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Administração SO
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos
avatar

Mensagens : 284
Data de inscrição : 23/04/2012
Idade : 20
Localização : Troninho Sagrado do Olimpo 'o'

Ficha do personagem
Vida:
9999/9999  (9999/9999)
Energia:
9999/9999  (9999/9999)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Refeitório   Qui 26 Abr 2012, 20:50

É um local amplo, repleto de mesas extensas fabricadas de madeira, todas alinhadas. Existe uma mesa para cada chalé, no centro há uma bela fogueira para fazer oferendas a seu progenitor ou a outro Deus que venera.

Regras:

É permitido apenas um post por dia, dependendo da qualidade do post poderá recuperar entre 1 a 20 de HP e MP.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://santuarioolimpiano.forumeiros.com
John Ghruver
Filhos de Hefesto
Filhos de Hefesto
avatar

Mensagens : 13
Data de inscrição : 11/05/2012
Idade : 22

Ficha do personagem
Vida:
90/152  (90/152)
Energia:
152/152  (152/152)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Seg 14 Maio 2012, 20:41

Estava em meu chalé, como de costume. Havia acabado de sair do banho, e, embora o dia tivesse sido cheio, ainda não havia acabado. Ao longe, a trombeta de concha soou, e era o sinal que eu precisava. Rapidamente, abri minha gaveta e tirei uma cueca, uma bermuda preta e uma camiseta laranja do acampamento. Me troquei rapidamente e saí ás pressas do chalé, sem arrumar o cabelo ou coisa assim.

Quando cheguei no refeitório, haviam poucas pessoas por lá. Não haviam muitas pessoas no acampamento, afinal. E, como de costume, a mesa de Hefesto estava vazia. Peguei um prato e fui me servir. Tinha muita coisa, que até julguei desnecessário, pensando nas sobras. Enfim, me servi de um pouco de arroz, um pouco de feijão e lasanha. Fui até a fogueira, e joguei o melhor pedaço da lasanha na fogueira. Como de costume, eu não sentia cheiro bom algum, pois eu fui um órfão, nenhum cheiro me trazia boas lembranças. Fiz uma breve prece ao meu pai, só pedindo mais irmãos, pra não ficar sozinho naquele chalé imenso. Me sentei à mesa, e comi, lentamente.

Ao acabar a refeição, voltei ao meu chalé, coloquei um pijama, escovei os dentes e fui dormir.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mnemósine
Deuses Menores
Deuses Menores
avatar

Mensagens : 384
Data de inscrição : 23/04/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Seg 14 Maio 2012, 20:44

Atualizado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
John Ghruver
Filhos de Hefesto
Filhos de Hefesto
avatar

Mensagens : 13
Data de inscrição : 11/05/2012
Idade : 22

Ficha do personagem
Vida:
90/152  (90/152)
Energia:
152/152  (152/152)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Qua 16 Maio 2012, 14:18

Era cedo pra almoçar. Cerca de 11 da manhã, mas eu estava faminto, e eu queria começar a treinar mais cedo, por isso, decidi almoçar mais cedo.

Cheguei no refeitório e não encontrei nenhum campista. Mas não me importei e logo fui me servir, pegando macarrão, molho branco e um filé de frango grelhado. Fui até a fogueira e lancei um pedaço do filé de frango, então fiz uma prece a meu pai, apenas pedindo proteção.

Voltei a mesa, e comi, bem rápido. Após ter acabado voltei correndo pro meu chalé, pra pegar minhas armas, e disparei pra arena.

____

The son of Hephaestus
A Memory's Guardian
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Administração SO
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos
avatar

Mensagens : 284
Data de inscrição : 23/04/2012
Idade : 20
Localização : Troninho Sagrado do Olimpo 'o'

Ficha do personagem
Vida:
9999/9999  (9999/9999)
Energia:
9999/9999  (9999/9999)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Qua 16 Maio 2012, 19:34

15 HP
Atualizado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://santuarioolimpiano.forumeiros.com
Chuck B. Heineken
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 16/05/2012
Idade : 20
Localização : Everywhere.

Ficha do personagem
Vida:
299/317  (299/317)
Energia:
302/317  (302/317)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Sab 19 Maio 2012, 12:14

Why is the world so unfair with the weird?


Nhac Nhac... -Q

Era manhã quando, finalmente, acordei do meu profundo sono. Depois de lutar contra 4 terríveis criaturas, meu corpo não parecia mais doer tanto. Eu encontrava-me em uma enfermaria. O lugar estava vazio, já que o curandeiro, provavelmente, havia deixado seu posto para poder deliciar-se no maravilhoso café da manhã. Eu sentei-me na cama.

- Aw! - Levei a mão à cabeça. Sentia-me como se um ciclope tivesse pisoteado-a.

Logo, levantei-me e deixei a área das enfermarias, me dirigindo ao refeitório. Caminhando pelo acampamento, pude vê-lo acordar lentamente. Campistas praticam hipismo, sátiro corriam de um lado para o outro e filhas de Aphrodite queixavam-se de tanta beleza.

Finalmente, cheguei ao refeitório. Nele, alguns campistas ainda terminavam suas refeições. Sentei-me à mesa de Hades e comecei a preparar um prato. Torradas com geléia, bacon e ovo frito. Um típico café da manhã americano. Levantei-me com o prato em mãos, dirigindo-me à fogueira. Tinha muito que agradecer a meu pai. Por isso, lancei ao fogo o maior pedaço de bacon.

- Hades... Obrigado, pai. - Como sempre, uma brisa pesada e quente soprou em meu rosto. E eu sabia que esta era sua resposta.

Voltei à mesa, que estava vazia. Todos os meus irmãos ainda dormiam, provavelmente, ou já iniciaram seus trabalhos matinais. Comecei, então, a comer minha refeição, solitário.

Após o fim da refeição, deixei o lugar em direção ao meu chalé. Nada de treinamentos por hoje. Minha cabeça, que ainda doía, não me permitiria, é claro.




:: Legenda ::
Chuck
Thoughts
Outros
Ações



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Administração SO
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos
avatar

Mensagens : 284
Data de inscrição : 23/04/2012
Idade : 20
Localização : Troninho Sagrado do Olimpo 'o'

Ficha do personagem
Vida:
9999/9999  (9999/9999)
Energia:
9999/9999  (9999/9999)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Sab 19 Maio 2012, 12:27

18HP
Atualizado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://santuarioolimpiano.forumeiros.com
John Ghruver
Filhos de Hefesto
Filhos de Hefesto
avatar

Mensagens : 13
Data de inscrição : 11/05/2012
Idade : 22

Ficha do personagem
Vida:
90/152  (90/152)
Energia:
152/152  (152/152)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Seg 21 Maio 2012, 16:53

What the f#ck?


Sem dúvida, já era passada a hora de treinar mais arduamente. Sete horas da manhã, e lá estava eu de pé. Com poucos amigos nesse acampamento, meu maior passatempo é o treino. Independente da categoria. Isso sem falar que, além de passatempo, é o que tem me mantido vivo na última semana. Depois de duas harpias, um ciclope, um basilisco, duas dracaenaes e uma titânide, nada mais me surpreendia. Eu havia passado perto da morte diversas vezes, e meus instintos e treinamentos me mantiveram vivo. Se eu parasse de treinar, em pouco tempo eu seria morto.

Quando cheguei no portão da arena, um dos responsáveis pela mesma me dirigiu um olhar severo, respirou fundo e disse:

-Já tomou o café da manhã, John?

-Não. E não irei. - respondi rispidamente.

-Ninguém aqui inicia os treinos de barriga vazia. Vá comer, depois volte aqui.

O fuzilei com o olhar, mas então relaxei. De um jeito ou de outro, ele estava certo. Dei às costas àquele homem, e fui para o refeitório. Ao chegar lá, nada além do esperado. Estava vazio. Peguei um prato e um copo. Coloquei bastante café no copo, e lotei de açúcar. Peguei um pão, coloquei presunto e queijo, e então coloquei no prato. Voltei à mesa, comi lentamente o pão, e tomei rapidamente o café. A fogueira não ficava acesa durante o café para que preces fossem feitas aos pais, então comi sem mais delongas.

Quando terminei, fui para a Arena, e o cara me deixou entrar.




____

The son of Hephaestus
A Memory's Guardian
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mnemósine
Deuses Menores
Deuses Menores
avatar

Mensagens : 384
Data de inscrição : 23/04/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Seg 21 Maio 2012, 17:17

Atualizado - 15 hp
Obs: a fogueira nunca se apaga
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Chuck B. Heineken
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 16/05/2012
Idade : 20
Localização : Everywhere.

Ficha do personagem
Vida:
299/317  (299/317)
Energia:
302/317  (302/317)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Seg 21 Maio 2012, 19:38

Why is the world so unfair with the weird?


Nhac Nhac...² -Q

Uma brisa fresca corria pela colina. Nó céu, não havia nuvens. Somente o sol poderoso e imponente, que revelava-nos que o meio dia já chegava a galope. O chalé de Hades apressara-se em deixar seu lar, em direção ao refeitório, logo o grupo andava sobre a grama verde do acampamento. Adentramos o refeitório, onde filhos de Hermes amontoavam-se em sua mesa, filhos de Ares lançavam suas refeições na mesa de Apolo e crias de Athena conversavam civilizadamente.

Sentei-me na espaçosa e quase vazia mesa de meu pai. Nela, viam-se todas as delícias que eu poderia desejar. Logo, meu prato vazio fora preenchido com um suculento pedaço de rosbife, um grande pedaço de frango e macarronada. Fitei a fogueira. As chamas ofuscavam meus olhos. Era chegada a hora de pagar tributo aos deuses. Levantei-me da mesa de Hades e aproximei-me da fogueira. Nesta, lancei o pedaço de rosbife.

- Hades. - Disse, fechando meus olhos. - Obrigado, pai. - Mais uma vez a brisa pesada e quente soprou em meu rosto. Este era o sinal de gratidão de meu pai. Abri um pequeno sorriso, no canto da boca.

Eu retornei à mesa, sentando um pouco distante. Na verdade, não tinha tanto contato com meus irmãos. Rapidamente, meu prato estava vazio novamente. Eu dei mais uma boa olhada na fogueira. Parecia hipnotizar-me as suas poderosas labaredas. E, com um suspiro, deixei o refeitório.




:: Legenda ::
Chuck
Thoughts
Outros
Ações




____

.COULDN'T SAVE MY IMMORAL SOUL, WELL
.I'VE GOT NOTHING LEFT TO LOSE
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mnemósine
Deuses Menores
Deuses Menores
avatar

Mensagens : 384
Data de inscrição : 23/04/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Seg 21 Maio 2012, 21:08

Atualizado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Chuck B. Heineken
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 16/05/2012
Idade : 20
Localização : Everywhere.

Ficha do personagem
Vida:
299/317  (299/317)
Energia:
302/317  (302/317)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Ter 17 Jul 2012, 16:43

Why is the world so unfair with the weird?


Nham Nham... (?) -Q

O... Punhal... Atravess... - Lancei o livro sobre a mesa. Quando se é semideus, qualquer leitura torna-se um pesadelo. Meus olhos doíam, de tanto força-los. Não havia maneira melhor de se começar um dia se não com uma frustração. E tudo, é claro, se tornava melhor apenas pelo fato de ser um filho de Hades.

Olhei em volta. Enquanto as outras mesas se divertiam e conversavam, na mesa de Hades as coisas eram diferentes. Eramos... Mais introvertidos, se assim posso dizer. Meus irmãos sentavam-se a uma certa distância um dos outros. Não falavam entre si muito menos com outros semideuses.

Peguei meu prato e comecei a me servir. Uma boa refeição me faria bem. Me servi rapidamente de alguns pedaços de bacon e ovos e logo levantei-me, andando em direção à fogueira. Suas chamas eternas ainda brilhavam tão vívidas quanto a primeira vez em que as vi. Lancei então um bom pedaço de bacon e fechei os olhos, pensando em meu pai.

- Hades... - Voltei então a abrir os olhos. As labaredas da fogueiras aumentaram de tamanho. Iluminavam e aqueciam meu rosto. Finalmente, as chamas voltaram seu tamanho normal.

Retornei para a minha mesa e comi rapidamente o meu café da manhã, que de café não tinha nada. Minha refeição era acompanhada de um suco de laranja. Não demorou muito, logo meus prato estava novamente vazio. Olhei para o meu bracelete spike. Os espinhos cintilavam com o brilho do sol que iluminava a manhã. O horário e o momento perfeito para um treino. Levantei-me outra vez e abandonei, emfim, o refeitório, com o maldito livro embaixo do braço.



:: Legenda ::
Chuck
Thoughts
Others
Actions


:: Observações ::
Vestindo: Camisa em gola V verde ♦ Calça jeans ♦ Tênis preto
Feat.: Nobody
Local: Refeitório
Horário: Manhã
Clima: Frio
Temperatura: 13ºC


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Thanatos
Deuses Menores
Deuses Menores
avatar

Mensagens : 403
Data de inscrição : 03/05/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Ter 17 Jul 2012, 16:58

20 HP
Atualizado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Chuck B. Heineken
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 16/05/2012
Idade : 20
Localização : Everywhere.

Ficha do personagem
Vida:
299/317  (299/317)
Energia:
302/317  (302/317)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Qui 19 Jul 2012, 07:21

Why is the world so unfair with the weird?


Brrr... !

O vento soprava sobre o refeitório e todo o resto do acampamento. Estava me congelando, e esse era um dos problemas de um refeitório aberto. Em rosto, estavam as marcas de uma noite mal dormida. Acontecia frequentemente, na verdade. Mas eu nunca consegui decifrar o porquê. Olhei para cima. Era evidente que uma tempestade atingiria Long Island hoje. Sentei-me à mesa de Hades, esfregando meus olhos e tentando me manter acordado.

Sobre a mesa via-se todos os tipos de refeições matinais que se podia imaginar. Peguei meu prato e preenchi-o com bacon, torradas com geleia e alguns waffles. Olhei bem o prato e, finalmente, levantei-me andando em direção à fogueira. Meu corpo foi tomado pelo calor que emanava o fogo. Suas labaredas aqueciam-me na manhã fria, e eu já não desejava mais voltar à minha mesa. Joguei alguns waffles como oferenda aos deuses, fechei meus olhos e pensei em meu pai.

Em seguida, deixei a fogueira, retornando para o lugar mais frio naquele refeitório. Minha xícara foi preenchida com café, nesta ocasião especial, e então comecei a comer. Não demorou muito até que eu tivesse comido tudo. O prato estava vazio e a xícara também. Eu estava mais vivo, com certeza. O café acordou-me por um tempo, mas logo eu estaria caindo de sono. Precisava aproveitar minha disposição em um treino qualquer. Por isso, saltei do banco e deixei o refeitório, partindo em direção à Arena.



:: Legenda ::
Chuck
Thoughts
Others
Actions


:: Observações ::
Vestindo: Camisa azul ♦ Calça jeans ♦ Tênis preto
Feat.: Nobody
Local: Refeitório
Horário: Manhã
Clima: Nublado e Frio
Temperatura: 12ºC


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Administração SO
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos
avatar

Mensagens : 284
Data de inscrição : 23/04/2012
Idade : 20
Localização : Troninho Sagrado do Olimpo 'o'

Ficha do personagem
Vida:
9999/9999  (9999/9999)
Energia:
9999/9999  (9999/9999)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Qui 19 Jul 2012, 09:17

20 HP and MP
Atualizado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://santuarioolimpiano.forumeiros.com
Chuck B. Heineken
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 16/05/2012
Idade : 20
Localização : Everywhere.

Ficha do personagem
Vida:
299/317  (299/317)
Energia:
302/317  (302/317)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Sab 21 Jul 2012, 19:44

Why is the world so unfair with the weird?


The Mass of Air.

Minhas mãos tremiam. Eu mal tinha coragem de andar, e meu rosto pálido me fazia parecer um fantasma. Não, isso não era um pesadelo. Apenas o frio que resolveu assolar Long Island. Uma enorme massa de ar frio que resolvera postar-se ali. Na mesa de Héstia, suas crias pareciam bem aquecidas e imunes ao frio. Já na de Quione, seus filhos não pareciam se importar com o frio. Na verdade, agora se sentiam mais energéticos. Eu não era contra o frio. Adorava-o, na verdade. Mas o frio naquela noite estava insuportável.

- Atenção, semideuses. - Dionísio levantou-se de seu assento, pigarreando e segurando um pergaminho. - Silêncio, suas pestes! - Quíron tossiu de leve. Todos se silenciaram e o deus prosseguiu. - Os filhos de Hermes estão terminantemente proibidos de se aproximarem da Casa Grande, a partir de hoje. Estes são poderão aproximar-se a mais de 5 metros com a permissão de um dos administradores do acampamento. Por mim, é claro, todos os semideuses seguiriam essa regra, mas... - Quíron tossiu novamente e Dionísio, um tanto contrariado, sentou-se novamente.

Eu não via a hora de poder retornar ao meu chalé, onde a temperatura era mais agradável. Estava um tanto longe da fogueira, por isso o lugar parecia-me mais frio do que para os outros. Peguei um prato sobre a mesa e comecei a examinar o banquete sobre a mesa, tentando escolher minha refeição. Um pouco de frango, bife e macarrão com queijo eram o bastante para aquela noite. Levantei-me lentamente e, após poucos passos, estava à frente da fogueira. A chama intensa que ardia aqueceu-me, libertando-me, mesmo que por alguns segundos apenas, do frio noturno. Lancei em suas labaredas um enorme pedaço de bife, e iniciei minha prece aos deuses.

"Hades... Obrigado por me manter vivo até agora.", que ridículo. É claro que esse velho maldito não via a hora de aprisionar para sempre no submundo. Mas às vezes era interessante louvar aos deuses, para que esses tivessem o mínimo de piedade de nossas almas.

Retornei à minha mesa, para o mesmo lugar em que estava há pouco. Comi minha refeição rapidamente, mas ao mesmo tempo tentando descobrir que ingrediente fora usado para produzir gosto tão estranho em um simples pedaço de frango. Acabei meu jantar enfim, levantando-me em seguida. Estava exausto e só precisava de uma boa noite de sono e que o frio cessasse por enquanto. O que não aconteceria assim tão cedo.



:: Legenda ::
Chuck
Thoughts
Others
Actions


:: Observações ::
Vestindo: Camisa azul ♦ Casaco preto ♦ Calça jeans ♦ Tênis preto
Feat.: Quíron ♦ Dionísio
Local: Refeitório
Horário: Noite
Clima: Frio
Temperatura: 11ºC


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Thanatos
Deuses Menores
Deuses Menores
avatar

Mensagens : 403
Data de inscrição : 03/05/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Sab 21 Jul 2012, 21:42

20 HP/MP
Atualizado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Chuck B. Heineken
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 16/05/2012
Idade : 20
Localização : Everywhere.

Ficha do personagem
Vida:
299/317  (299/317)
Energia:
302/317  (302/317)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Dom 22 Jul 2012, 18:23

Why is the world so unfair with the weird?


The Mess...

A manhã de treinos daquele dia havia me cansado consideravelmente e meus ferimentos, mesmo com os cuidados dos curandeiros, ainda ardiam em meu corpo. Sentado em minha mesa, eu observava o corte em meu braço. Não era muito profundo, mas doía tanto quanto se fosse. Obra de um cão infernal. Olhei ao meu redor. Todos já se alimentavam e conversavam. Eu deveria fazer o mesmo, exceto pela parte que se refere à conversa.

Com o prato em minhas mãos, comecei a preenchê-lo. Um pouco de macarronada, bife e salada. O gosto da salada era terrível. Mas eu era obrigado a colocá-la em minhas refeições por ordem dos seguidores de Asclépio. Levantei-me e comecei a andar pelo refeitório, em direção à fogueira central. Lancei ao fogo um enorme pedaço de bife e fiz minha prece rapidamente. O calor estava fazendo minhas feridas arderem mais.

"Hades... Meu pai, deus do Submundo. Aceite esta oferenda.", outra vez senti uma fraca brisa que soprava uma espécie de ar quente e áspero em meu rosto. Era o sinal que, às vezes, eu sentia. O sinal de que minha oferenda foi aceita de bom grato.

Retornei à minha mesa e comecei, enfim, minha refeição. Havia muito a fazer naquele dia, como alimentar Crusher, por isso acabei meu almoço rapidamente. Fitei alguns rostos de semideuses familiares pelo local. Finalmente abandonei o lugar, partindo em direção aos estábulos.



:: Legenda ::
Chuck
Thoughts
Others
Actions


:: Observações ::
Vestindo: Camisa azul ♦ Casaco preto ♦ Calça jeans ♦ Tênis preto
Feat.: Nobody
Local: Refeitório
Horário: Tarde
Clima: Quente
Temperatura: 23ºC


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Thanatos
Deuses Menores
Deuses Menores
avatar

Mensagens : 403
Data de inscrição : 03/05/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Dom 22 Jul 2012, 18:48




20 HP/MP
Atualizado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Chuck B. Heineken
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 16/05/2012
Idade : 20
Localização : Everywhere.

Ficha do personagem
Vida:
299/317  (299/317)
Energia:
302/317  (302/317)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Sab 04 Ago 2012, 16:00

Why is the world so unfair with the weird?


Dinner! \o/

Os dias no acampamento tornavam-se cada vez mais curtos, para a quantidade de atividades. Provavelmente, isso era, também, resultado do Solstício de Inverno. O frio já assolava o acampamento. E não há atividade melhor do que sentar-se na mesa de Hades, próximo à enorme fogueira do refeitório e saborear uma refeição saborosa. Geralmente, os outros campistas preferiam sentar-se à beira da fogueira, na área dos chalés, para se divertir ao som de risadas e uma melodia harmoniosa. Mas isso não era pra mim.

O refeitório estava cheio novamente. Mesas abarrotadas de campistas, outras vazias... Na nossa mesa, Meus irmãos tentavam se divertir a seu modo, como, por exemplo, observar a mais nova campista do acampamento. Uma filha de Perséfone recém-chegada, sozinha em sua mesa. Divertia-nos pensar que aquela garota era fruto de uma traição de Perséfone. E alegrava-nos muito mais pensar que Hades estaria furioso.

Meu olhar voltou-se para minha mesa, abandonando a visão alegre dos campistas no refeitório. No céu, estrelas cintilavam, por entre a fraca fumaça produzida pela enorme fogueira central. Peguei um prato rapidamente, visando aproximar-me um pouco mais dela. Em pouco tempo enchi-o com um pouco do que tinha de melhor ali. Um enorme pedaço de bife, arroz, algo que eu identifiquei como um purê e uma porção de batatas fritas.

Levantei-me então, aproximando-me da fogueira e lançando algumas batatas na mesma. Fitei as labaredas intrigantes, que pareciam formar imagens. Sussurrei algo, oferecendo as batatinhas fritas ao deus do submundo, ainda fitando as chamas. Finalmente, meneei a cabeça, tentando me libertar das estranhas alucinações e voltando para a minha mesa.

Em pouco tempo, meu prato estava vazio. A refeição, especialmente as batatas, alegrou-me um pouco. Eu estava satisfeito. Só precisava conseguir chegar ao chalé de Hades, antes de cair em sono profundo. Deixei o lugar com um fraco sorriso no rosto, lembrando-me das alucinações na fogueira. Será que eu deveria começar a duvidar de minha sanidade mental?



:: Legenda ::
Chuck
Thoughts
Others
Actions


:: Observações ::
Vestindo: Camisa preta ♦ Casaco marrom ♦ Calça jeans ♦ All-star preto
Feat.: Nobody
Local: Refeitório
Horário: Noite
Clima: Frio
Temperatura: 17ºC


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Thanatos
Deuses Menores
Deuses Menores
avatar

Mensagens : 403
Data de inscrição : 03/05/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Dom 05 Ago 2012, 18:34




N 20 hp/mp N

Atualizado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Chuck B. Heineken
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 16/05/2012
Idade : 20
Localização : Everywhere.

Ficha do personagem
Vida:
299/317  (299/317)
Energia:
302/317  (302/317)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Ter 04 Set 2012, 20:40

Why is the world so unfair with the weird?


Eat me!

As pessoas animadas ao meu redor corriam de um lado para o outro. Semideuses elétricos com o novo dia que surgia. No refeitório, a animação era sempre contagiante - para os outros, é claro -, e aquele dia não amanheceu diferente. Meu olhar fixara-se no pingente semelhante a uma garrafa de cerveja, ainda preso pela corrente m meu pescoço, mas sobre a palma da minha mão. As esmeraldas refletiam o brilho do sol. O colar passado de geração a geração era, muitas vezes, esquecido em meu pescoço. Tão esquecido quanto minha vida mortal. A única coisa que trouxera para este lugar foi meu nome e a língua francesa, a qual poucos conheciam.

Meus olhos abandonaram o colar, passando a fitar a mesa de café da manhã dos filhos de Hades. Minhas meio-irmãs já saboreavam as delícias daquela mesa. Antes que perdesse aquela refeição maravilhosa, peguei meu prato, adicionando a ele algumas torradas com geléia e pasta de amendoim, um ovo frito e várias fatias de bacon. Culpava-me por isso. Nesse passo, logo morreria. Mas quando se trata de uma vida meio-sangue, onde tudo passa tão rápido - inclusive o tempo -, é melhor aproveitar tudo enquanto podemos.

Levantei-me subitamente, com um salto. Mais uma vez me via à frente daquela fogueira. Fogueira que aquecia até mesmos minhas entranhas, meu coração petrificado... Em compensação à minha falta de bom senso, ao colocar uma pilha de tiras de bacon em meu prato, lancei parte deles para que as chamas envolvessem-nos, agradando aos deuses.

"Hades, aceite essa oferenda em agradecimento à sua proteção.", agradecia a meu pai. Embora não soubesse se este realmente estava ao meu lado e não tivesse apreço algum pelos deuses. Mas me era conveniente estar do lado deles.

Depois dessa breve prece, retornei ao meu lugar na mesa de Hades. Pensar em meu pai me tirava o apetite. Mas é claro que eu não perderia uma ótima refeição por alguém que nem mesmo deve lembrar que eu existo. Comecei pelas torradas deliciosas, embora a pasta de amendoim me parecesse vencida. Quando finalmente estava cheio e meu prato completamente vazio, a maioria dos campistas já deixava o local. E eu fiz o mesmo. Levantei-me abandonando a mesa, assim como minhas irmãs. Talvez treinasse um pouco naquela manhã, ou trabalhasse nos campos de morango. A verdade era que o dia estava quente demais para permanecer no chalé...



:: Legenda ::
Chuck
Thoughts
Others
Actions


:: Observações ::
Vestindo: Camisa branca ♦ Casaco preto ♦ Calça jeans ♦ Tênis All-star
Feat.: Nobody
Local: Refeitório
Horário: Manhã
Clima: Ensolarado
Temperatura: 20ºC


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Thanatos
Deuses Menores
Deuses Menores
avatar

Mensagens : 403
Data de inscrição : 03/05/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Ter 04 Set 2012, 20:51


N 20 hp/mp N

Atualizado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Blair C. Morgenstern
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos
avatar

Mensagens : 117
Data de inscrição : 23/04/2012
Idade : 22
Localização : Procure.

Ficha do personagem
Vida:
100/120  (100/120)
Energia:
135/135  (135/135)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Seg 10 Set 2012, 20:40

Breakfast


۞ One Post
۞ Tomando café
۞ Refeitório | Acampamento


De alguma forma, eu não queria levantar da cama hoje, mas o silêncio do chalé me obrigava a levantar e sair. Aquilo já me incomodava há tempos. Talvez eu ainda não houvesse me acostumado, pois minha antiga casa era um pouco animada, comparando com o silêncio deste chalé. Se o silêncio me incomodava a pouco, agora ficar parada olhando para o teto, passou a me incomodar mais que o próprio silêncio. Virei-me na cama, olhando para as outras camas dali. Não tinha ninguém.

Estava tudo arrumado e eu era a única ali. Suspirei, obrigando-me a levantar. Sentei na cama e espreguicei-me, arrumando a cama logo em seguida. Peguei algumas roupas, indo em direção ao banheiro onde fiz minha higiene matinal. Quase meia hora depois, sai do banheiro e do chalé. Precisava comer, pois noite passada não havia comido nada e, para não desmaiar, necessitava tomar café. Então parti para o refeitório. Quando entrei no pavilhão, os campistas já se encontravam, comendo, conversando e/ou servindo-se. Parei de enrolar e fui até a mesa, pegando um prato e colocando alguns waffles, pãezinhos, frutas e peguei um suco.

Dirigi-me até a fogueira que existia ali, parando em frente a ela. O fogo crepitava calmamente para uma manhã um pouco agitada, mas não queria ficar olhando o fogo. Peguei alguns pãezinhos e joguei no fogo, vendo-os queimar. Obrigada... Pai, pensei, assim que joguei os pãezinhos e fui me sentar na mesa do chalé de meu pai, comendo meu café da manhã. Mesmo sem saber o por que de ainda agradecê-lo, talvez pelo fato de não estar totalmente brava com ele.


____


☠ Blair Claire Morgenstern 
Daughter of Poseidon Ceifadora 19 anos YourWorst Nightmare


 
:3:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Thanatos
Deuses Menores
Deuses Menores
avatar

Mensagens : 403
Data de inscrição : 03/05/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Refeitório   Ter 11 Set 2012, 23:18


N 20 hp/mp N

Atualizada
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Refeitório   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Refeitório
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Refeitório
» Cozinha do Exercito e Salão de Refeitório
» Refeitório
» Refeitório
» Refeitório

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Acampamento Meio-Sangue :: Refeitório-
Ir para: