InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Atenção deuses! Há um aviso no Staff Loungue para vocês, entrem e leiam.

Important: Seu avatar é registrado? Ainda não?! Evite levantes, corra aqui: [MENINOS | MENINAS].
EM REFORMA, AGUARDEM! Novidades virão, algo que já estava mais do que na hora, não acham?!

Compartilhe | 
 

 O Ladrão Misterioso ~ [Missão Externa: Porthos R. Marshall ~ Louise V. Williams]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Asclépio
Deuses Menores
Deuses Menores
avatar

Mensagens : 11
Data de inscrição : 19/10/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: O Ladrão Misterioso ~ [Missão Externa: Porthos R. Marshall ~ Louise V. Williams]   Qui 25 Out 2012, 18:10


O Ladrão Misterioso
Quíron havia chamado os campistas Porthos e Louise aquela manhã para uma conversa séria. Assim que os semideuses entraram na Casa Grande, se depararam com a grande mesa que costumeiramente ficava ali ocupada pelo Sr. D e pelo centauro branco. Assim que ambos se sentaram junto aos seus anfitriões, o treinador arqueiro começou a falar, trocando o peso do corpo de uma pata frenteira para outra.

-Olá garotos, que bom que vieram. - ele soltou um sorriso casual, fitando ambos como se estivesse os analisando . - Há muito tempo vocês não fazem uma missão para o acampamento, então, que tal fazer isso agora? - ele não esperou a resposta. - Vão para Nova York. Lá, dizem que uma pessoa anda roubando coisas sorrateiramente. Ninguém conhece a aparência do ladrão. Parece que isso é algum trabalho dos monstros. Devem investigar isso, e se for realmente o que estou supondo, acabe com o sujeito, e tentem fazer o mínimo de destruição possível. Receberão recompensas generosas quando retornarem. Dispensados.

Os dois saíram do edifício e deram de cara com Argos, o motorista cheio de olhos do acampamento. O homem acompanhou os dois semideuses até a vã e levou-os para Manhattan o mais rápido possível. Agora, ali estavam Porthos e Louise, em frente ao Empire State, com um caso curioso para resolver.

Citação :
◆ Os campistas tem 3 dias para postar.
◆ Todas as regras do fórum em relação a premiação e avaliação deverão e vão ser respeitadas.
◆ Não há ordem de postagem.
◆ Cenário e NPCs são narrados apenas pelo narrador.
◆ No final do post, coloque todos os itens e poderes utilizados em quote ou spoiler.
◆ Tempo: O sol morno da manhã ilumina sutilmente a cidade. Não há nenhuma nuvem no seu, e uma brisa fresca surge no oeste.

◆ Alternativas e Dicas:
- Interroguem as pessoas;
- Procurem a polícia;
- Procurem saber os locais assaltados;
- Procurem saber os itens assaltados;
- Procurem saber o perfil do ladrão.

◆ Objetivo: Descobrir a identidade do ladrão, e se ele tiver alguma relação com monstros, matá-lo.
Thanks, Dricca - Terra de Ninguém e Aglomerado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Porthos R. Marshall
Filhos de Apolo
Filhos de Apolo
avatar

Mensagens : 23
Data de inscrição : 17/10/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: O Ladrão Misterioso ~ [Missão Externa: Porthos R. Marshall ~ Louise V. Williams]   Qui 25 Out 2012, 20:10

O investigador... Ou quase isso.
Shoot to thrill, play to kill
Too many women with too many pills, yeah



--------------------------------







Era uma calma manhã ensolarada quando eu havia sido mandado para uma missão. Literalmente mandado, afinal, Quiron não havia perguntado se eu queria ou não aquela missão, ele apenas me chamou, falou sobre o que se tratava, não tive tempo de questionar nem protestar, quando percebi estava em frente ao Empires State junto a Louise, uma campista, filha de Poseidon. Ainda estava um pouco confuso com a missão, pus o que eu já sabia no lugar. Haviam X números de lojas assaltadas, X itens levados... Não sabia muita coisa, na verdade nada, mas a forma mais rápida e fácil, não tão fácil assim, de conseguir informações sobre o caso era indo a policia. O que me preocupava era o fato de sermos simples adolescentes indo a uma delegacia perguntando sobre um caso especifico, o que tem de problema nisso ? Nenhum policial, bom, em sã consciência daria informações sobre qualquer coisa relacionada a crimes e etc à dois adolescentes, mas de qualquer forma, era a unica opção que tínhamos.


- Hey Louise! Vamos a policia primeiro... Acho que... Como não sabemos quem foi assaltado nem o que levaram não tem muito o que possamos fazer. - Disse em tom mais animado que pude, sorri levemente para a garota e então minha expressão voltou a ficar seria, suspirei e olhei para os lados como se tentasse descobrir onde eu estava, só que logo que lembrei que estava a frente do Empires State quase quis me bater por isso, o gigantesco edifício bem a minha frente enquanto eu procurava algum ponto de partida! Comecei a andar. Ia em direção à onde eu lembrava que estava a delegacia mais próxima, virando algumas ruas estaríamos lá em instantes. Ia andando calmamente, estava bem humorado, enquanto pensava na missão, não parecia ser difícil... Talvez um filho de hermes revoltado? Acho que não, mas... Caso um mostro, dependendo do mesmo, isso poderia ser problemático, afinal, eu era novato no acampamento, aquela era minha primeira missão, apesar de não estar nervoso, a pressão psicológica que eu punha sobre mim era grande.


Chegamos na delegacia, aquele lugar cheirava a donuts, ao momento em que entramos pela porta esperei que não tivéssemos chamado muita atenção, era tudo que nós não queríamos. Procurei um policial em qualquer lugar com o olhar e fui até o mais próximo. - Hey cara, sera que poderia me ajudar aqui? - Disse, tentando soar animado e descontraído - Sou um estudante de jornalismo e procuro informações para um trabalho sobre, pelo que ouvi falar, varias lojas assaltadas por um ladrão desconhecido aqui em New York, a policia suspeita que o ladrão é comum em todos os assaltos não é?! - falei animado, como se estivesse prestes a saber algo o qual eu trabalhara há anos. - alias, eu sou Robert e essa é Emilly, minha amiga. Se pudesse nos ajudar cara... Seria ótimo. - Terminei, tentando manter a animação. Talvez desse certo, havia inventado aquilo naquele momento, agora apenas torcia para que o policial caísse em minha historia e que a Louise entrasse na conversa de forma que tudo desse certo.


Citação :
Itens:
— Raio de sol: arco longo, feito de carvalho e envolto em uma energia dourada, emana uma aura morna e envolvente como o calor do sol. Não possuiu corda, gerando a mesma com um gesto do semi-deus, assim como a flecha, que é feita de energia pura, mas pode ser utilizado com flechas físicas, nesse caso a corda surgirá automaticamente com o encaixe do projétil.
— Acompanha uma aljava de couro, leve e trabalhada, com 300 flechas com pontas de ouro. A aljava ilumina em caso de escuridão. Unidos, se transformam em um colar com um pingente de um sol.
— Relógio Solar :Um relógio de pulso com o desenho de um sol, os ponteiros são amarelos e ondulados, imitando raios solares. Nunca está errado. O poder dele é simples, mas fantástico, lhe ajuda a controlar a energia solar, diminuindo os custos de MP em 50%.
— Espada solar: Espada de oro celestial, emite um brilho dourado sempre que é empunhada. O brilho não pode ser "desligado", funcionando como uma lanterna. Em batalha, pode assumir uma aura de fogo, atribuindo esse elemento aos golpes. # rodadas, até 3 vezes por missão.
— Escudo Metálico [Escudo totalmente construído em aço reforçado com bronze, seu peso compensa a boa proteção que confere]


CODED BY: IG de SA

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Louise V. Williams
Filhos de Poseidon
Filhos de Poseidon
avatar

Mensagens : 726
Data de inscrição : 24/09/2012
Idade : 21
Localização : Um Williams sempre paga suas dívidas.

Ficha do personagem
Vida:
130/130  (130/130)
Energia:
130/130  (130/130)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: O Ladrão Misterioso ~ [Missão Externa: Porthos R. Marshall ~ Louise V. Williams]   Sex 26 Out 2012, 17:05





Never give up dreaming












Dormira muito mal na noite passada, meus pensamentos eram um tanto atormentadores, pesadelos e lembranças do passado. Estava tornando-se mais difícil meu convívio no acampamento, mas ainda me sentia em casa, este era meu lar. Nesta manhã, Quíron me chamou para uma missão com um filho de Apolo, um tal de Porthos, não sabia quem era, na verdade, havia nos mandado, não tínhamos escolha. Ao saber disso, logo corri para o chalé de Poseidon para pegar as armas que possuía, seria uma tola em ir sem item algum. Fui encaminhada para a Casa Grande, onde o próprio centauro passou as informações. Um sujeito que ninguém sabia quem era estava fazendo uma série de assaltos em Nova York, poderia ser um monstro, mas isso era tão filho de Hermes, como o deus, suas habilidades para furtar são incríveis. Afinal, o que poderíamos fazer diante de uma confusão dessas? Procurar por alguma delegacia e pedir por informações? Até parece que policiais iriam confiar em dois jovens fazendo perguntas pelo tais assaltos. Senti-me completamente incapaz de fazer alguma coisa nessa missão, esperava que Porthos tivesse pensando em algo que pudesse ajudar.

Argos, um sujeito de vários olhos espalhados pelo corpo nos levou para Manhattan, fora uma breve viajem, que seguimos em silêncio, pensando em alguma solução para aquela missão. Argos deixou-nos em frente ao Empire State. - Hey Louise! Vamos a policia primeiro... Acho que... Como não sabemos quem foi assaltado nem o que levaram não tem muito o que possamos fazer. - disse o garoto animado, com um leve sorriso em seus lábios. Tentei sorrir, mas infelizmente não consegui. O garoto voltou-se a ficar sério, soltando um suspiro. Observei o grande edifício por alguns instantes, nunca estivera naquele lugar, pouco sabia sobre ele. Acompanhei o garoto enquanto ele caminhava, esperava que ele reconhecesse o local, e soubesse onde ficava a delegacia mais próxima. De novo, sentia-me impotente. O que era tudo isso? Um semi-deus idiota querendo chamar atenção ou um monstro estúpido causando confusão? Quando o pegasse... era o que mais desejava neste momento, agora que me encontrava longe do acampamento, eu mais queria era voltar para lá. Pensei em minha capacidade em luta, que era pouca, como reagiria á um ataque?

'' Não seja tola, Louise, é forte o bastante para isso!'', disse minha consciência, mantendo-me mais calma. Chegando a delegacia, adentramos ao local, na esperança que alguém pudesse nos informar dos assaltos ocorridos. O local cheirava a comida, algo como... Donuts! Sem chamar atenção, nos aproximamos do policial mais próximo.- Hey cara, sera que poderia me ajudar aqui? - começou o filho de Apolo, soando mais animado, e continuou - Sou um estudante de jornalismo e procuro informações para um trabalho sobre, pelo que ouvi falar, varias lojas assaltadas por um ladrão desconhecido aqui em New York, a policia suspeita que o ladrão é comum em todos os assaltos não é?! - perguntou tudo de uma vez, perguntei-me como o policial agiria a tantas perguntas. Como ele, sorria gentilmente para o policial, passando segurança para o mesmo.- Alias, eu sou Robert e essa é Emilly, minha amiga. Se pudesse nos ajudar cara... Seria ótimo. - tinha que admitir que o cara tinha muita imaginação, fora uma história bem elaborada. Então, me juntei a ele. Abri um sorriso mais largo em meus lábios, me aproximando um pouco mais do policial, me sentia como uma filha de Afrodite, ou sei lá. - E então? Pode nos ajudar? - perguntei gentilmente, erguendo uma sobrancelha.

Armas&Itens:
 



Post: 001 ~ Clothes: Me obrigue qq ~ Lyrics: Not not not ~ Notes: Delegacia; ~
Thanks, Lollipop @ Sugaravatars




____

I am confused, fighting myself Wanting to give in, needing your help. Outside I don't know you, but inside I'm fucked.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Asclépio
Deuses Menores
Deuses Menores
avatar

Mensagens : 11
Data de inscrição : 19/10/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: O Ladrão Misterioso ~ [Missão Externa: Porthos R. Marshall ~ Louise V. Williams]   Sex 26 Out 2012, 21:59


O Ladrão Misterioso #1
Porthos e Louis resolveram começar pela polícia. Como já conhecia o caminho, o filho de Apolo conduziu a companheira até a delegacia, que não ficava muito longe dali. Quando ambos chegaram ao local, o semideus encobriu os dois campistas dizendo que eram jornalistas, e queriam saber um pouco sobre o caso do ladrão misterioso. Quando prestaram atenção à pessoa a sua frente, dirigiam-se a um policial balconista que precisava de um banco altíssimo para dar conta de parecer uma pessoa normal atrás do balcão. Era um anão, com certeza, e vê-lo em roupas de policial era no mínimo cômico.

O anão olhou para ambos com as sobrancelhas arqueadas, desconfiado, enquanto analisava os supostos jornalistas com olhos de águia. Ele passou a mão em seus cabelos crespos desajeitados e soltou um suspiro leve, como se pensasse em quem iria prender e torturar primeiro.

- Me diga por que eu deveria dizer isso a você, jornalista. - o policiou pigarreou, um som parecido com uma garça fazendo um parto. - Você não me parece muito convencedor.

Citação :
◆ Os campistas tem 3 dias para postar.
◆ Todas as regras do fórum em relação a premiação e avaliação deverão e vão ser respeitadas.
◆ Não há ordem de postagem.
◆ Cenário e NPCs são narrados apenas pelo narrador.
◆ No final do post, coloque todos os itens e poderes utilizados em quote ou spoiler.
◆ Tempo: O sol morno da manhã ilumina sutilmente a cidade. Não há nenhuma nuvem no seu, e uma brisa fresca surge no oeste.

◆ Alternativas e Dicas:
- Interroguem as pessoas;
- Procurem a polícia;
- Procurem saber os locais assaltados;
- Procurem saber os itens assaltados;
- Procurem saber o perfil do ladrão.

◆ Objetivo: Descobrir a identidade do ladrão, e se ele tiver alguma relação com monstros, matá-lo.

Thanks, Dricca - Terra de Ninguém e Aglomerado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Porthos R. Marshall
Filhos de Apolo
Filhos de Apolo
avatar

Mensagens : 23
Data de inscrição : 17/10/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: O Ladrão Misterioso ~ [Missão Externa: Porthos R. Marshall ~ Louise V. Williams]   Dom 28 Out 2012, 18:15

Ousado... É... Talvez um pouco demais.
Bang !



--------------------------------







O homem era um anão. Eu observava-o estudando, parecendo animado enquanto esperava sua resposta até que ele me respondeu. "Me diga por que eu deveria dizer isso a você, jornalista. Você não me parece muito convencedor. " disse ele. Pensei, até que ri ironicamente enquanto continuava a estuda-lo, reparava em sua aparência, ele era um anão, me parecia não estar muito feliz nem animado com o trabalho que fazia. Encarou-me, virei o corpo, ficando de frente para a garota, torcia para que ela entendesse o que eu estava fazendo, encostei as costas no balcão e então virei meu rosto para ele, ainda rindo, porem abafando o riso, até que fiquei serio. Encarava-o, parando de rir e deixando apenas um sorriso irônico no rosto.


- Hey cara... Vamos lá, você não quer meu dinheiro, não é disso, que tão me ajudar porque é uma pessoa legal e compreensiva e porque gostaria de ajudar um estudante necessitado ? - Disse. Naquele momento imaginei quantas pessoas foram presas por aquele homem, por tentarem suborna-lo. O sujeito aparentava ser mal-humorado e rabugento, apenas esperando alguma presa para abocanhar.


Mantive-me encarando-o, tentava parecer tão intimidador quanto ele, porem na verdade, ele era uma das poucas alternativas que tínhamos.
Na verdade, nem eu sabia realmente o que eu estava fazendo. O homem aparentava esperar um desafio, decidi dar esse desafio pra ele, porem caso ele recusasse... Não saberia qual seria meu próximo passo. Mas, apesar de ousado e ariscado, era melhor que ser preso por tentar subornar um policial.


Citação :
Itens:
— Raio de sol: arco longo, feito de carvalho e envolto em uma energia dourada, emana uma aura morna e envolvente como o calor do sol. Não possuiu corda, gerando a mesma com um gesto do semi-deus, assim como a flecha, que é feita de energia pura, mas pode ser utilizado com flechas físicas, nesse caso a corda surgirá automaticamente com o encaixe do projétil.
— Acompanha uma aljava de couro, leve e trabalhada, com 300 flechas com pontas de ouro. A aljava ilumina em caso de escuridão. Unidos, se transformam em um colar com um pingente de um sol.
— Relógio Solar :Um relógio de pulso com o desenho de um sol, os ponteiros são amarelos e ondulados, imitando raios solares. Nunca está errado. O poder dele é simples, mas fantástico, lhe ajuda a controlar a energia solar, diminuindo os custos de MP em 50%.
— Espada solar: Espada de oro celestial, emite um brilho dourado sempre que é empunhada. O brilho não pode ser "desligado", funcionando como uma lanterna. Em batalha, pode assumir uma aura de fogo, atribuindo esse elemento aos golpes. # rodadas, até 3 vezes por missão.
— Escudo Metálico [Escudo totalmente construído em aço reforçado com bronze, seu peso compensa a boa proteção que confere]


CODED BY: IG de SA

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Louise V. Williams
Filhos de Poseidon
Filhos de Poseidon
avatar

Mensagens : 726
Data de inscrição : 24/09/2012
Idade : 21
Localização : Um Williams sempre paga suas dívidas.

Ficha do personagem
Vida:
130/130  (130/130)
Energia:
130/130  (130/130)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: O Ladrão Misterioso ~ [Missão Externa: Porthos R. Marshall ~ Louise V. Williams]   Seg 29 Out 2012, 16:18





Never give up dreaming












Percebi que o policial era na verdade um anão, em uma situação diferente não me negaria a rir, seria tão grosseiro de minha parte debochar do policial? Preferi então continuar observando o policial, com a expressão indiferente. - Me diga por que eu deveria dizer isso a você, jornalista. - o policiou pigarreou, fez-se um som tão estranho que me daria um ataque de risos, porém, sabia muito bem esconder o que sentia - Você não me parece muito convencedor. - Que anão mais mal humorado! Deveria estar infeliz com seu trabalho, tinha que admitir que como semi-deusa, nunca me sentia entediada, apenas solitária. Porthos virou-se para me encarar, fitei seus olhos azuis por um instante, dei um leve aceno com a cabeça para que somente ele percebesse e voltei a encarar o policial. - Hey cara... Vamos lá, você não quer meu dinheiro, não é disso, que tão me ajudar porque é uma pessoa legal e compreensiva e porque gostaria de ajudar um estudante necessitado ? - insistiu Porthos novamente, comprimi os lábios brevemente, realmente estava perdendo a paciência pela espera.

Porthos estaria disposto a subornar o policial? Tinha apenas alguns miseres dólares em meu bolso esquerdo do jeans, não seria grande ajuda, porém, estávamos tentando de todas as formas possuir algumas informações do policial. Era bem estranho ter dois jovens perguntando por assuntos confidenciais na policia, mas qual é, o que poderíamos fazer. Porthos continuava encará-lo, tentando pelo menos ser intimidador, tanto quando o anão. O que tínhamos na manga? Nada, era nossa única alternativa era encher o policial até que ele cedesse, caso contrário, se tornaria ainda mais difícil obter informações precisas de outra fonte.

Armas&Itens:
 



Post: 002 ~ Clothes: Me obrigue qq ~ Lyrics: Not not not ~ Notes: Delegacia; ~
Thanks, Lollipop @ Sugaravatars




____

I am confused, fighting myself Wanting to give in, needing your help. Outside I don't know you, but inside I'm fucked.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Asclépio
Deuses Menores
Deuses Menores
avatar

Mensagens : 11
Data de inscrição : 19/10/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: O Ladrão Misterioso ~ [Missão Externa: Porthos R. Marshall ~ Louise V. Williams]   Ter 06 Nov 2012, 12:46


O Ladrão Misterioso #2
O policial fingia estar atento ao que Porthos falava, e a única exceção que denunciava o total desinteresse do anão era o sorriso sarcástico em seus lábios. Assim que o loiro terminou de falar, o pequeno corpulento soltou uma gigantesca gargalhada, que parecia uma contínua tosse. Porém, a risada desapareceu na mesma velocidade com que surgiu, dando lugar a uma expressão indiferente.

Ele parecia pensar... algo o incomodava naqueles dois. Claro que eram filhos de deuses gregos. O garoto era fácil dizer: loiro de olhos azuis, expressivo, extrovertido e sarcástico - Apolo. Mas a garota... Hermes, talvez? Ele não sabia. Mas ela o incomodava de certa forma, como se ela fosse algo como... diferente, ou especial.

- Semideuses, tão tolos que não conseguem usar a cabeça antes de começar o suborno. - o anão parecia se divertir com a fala. Porém, não demonstrou isso quando buscou o revólver preto que tinha na cintura, apontando-o na direção da cabeça de Porthos sem hesitar, com firmeza. - Bem, cria de Apolo, antes que vocês se metam numa tremenda enrascada, você poderia me dizer o que vocês estão fazendo aqui?

Com um tique metálico, o anão recarregou a arma e levou o indicador ao gatilho. Seus olhos cintilaram, sádicos. Ele não estava brincando.

Citação :
◆ Os campistas tem 3 dias para postar.
◆ Todas as regras do fórum em relação a premiação e avaliação deverão e vão ser respeitadas.
◆ Não há ordem de postagem.
◆ Cenário e NPCs são narrados apenas pelo narrador.
◆ No final do post, coloque todos os itens e poderes utilizados em quote ou spoiler.
◆ Tempo: O sol morno da manhã ilumina sutilmente a cidade. Não há nenhuma nuvem no seu, e uma brisa fresca surge no oeste.

◆ Alternativas e Dicas:
- Interroguem as pessoas;
- Procurem a polícia;
- Procurem saber os locais assaltados;
- Procurem saber os itens assaltados;
- Procurem saber o perfil do ladrão.

◆ Objetivo: Descobrir a identidade do ladrão, e se ele tiver alguma relação com monstros, matá-lo.

Citação :
Perdoem-me a demora, por motivos pessoais precisei me ausentar do fórum por alguns dias.
Thanks, Dricca - Terra de Ninguém e Aglomerado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Porthos R. Marshall
Filhos de Apolo
Filhos de Apolo
avatar

Mensagens : 23
Data de inscrição : 17/10/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: O Ladrão Misterioso ~ [Missão Externa: Porthos R. Marshall ~ Louise V. Williams]   Dom 11 Nov 2012, 08:13

Cada um luta com a arma que tem.
Se tiver alguma ...



--------------------------------







Rindo da minha cara? Como assim ? Finalmente começava a falar.
-Semideuses, tão tolos que não conseguem usar a cabeça antes de começar o suborno. Bem, cria de Apolo, antes que vocês se metam numa tremenda enrascada, você poderia me dizer o que vocês estão fazendo aqui? - Lindo isso, havia uma arma apontada para minha cabeça e um anão super revoltado. Não acreditava no que eu estava ouvindo, nem ao menos havia tentado suborna-lo, ele era louco ?!
Que irônico, justo o que eu pensava. Aquele cara não era humano, obviamente, não saberia que somos semideuses se fosse. Fiquei um pouco irritado, "Hey cara, sabia que a policia de New York não recruta anões ?" pensei, e quase falei, e sim, já havia pesquisado sobre isso há algum tempo. Respirei fundo, odiava o fato de ter uma arma apontada para mim, e eu sem opção nenhuma se não começar a falar.


- Abaixe isso cara, pra que toda essa indelicadeza? Mas vamos lá, basicamente fomos enviados para uma missão cujo o objetivo é encontrar o suspeito ladrão de todas essas lojas que foram roubadas, talvez o mesmo ladrão, talvez monstros, feliz?! - Disse irritado, não gostava do fato de ter que falar algo sobre a missão para um estranho... Ele poderia ser o próprio ladrão ou amigo do mesmo, o que resultaria na minha morte naquele momento.
Observava o rosto do homem com uma expressão seria, enquanto tentava esconder a raiva, até que tranquilizei-me, ou tentei parecer relaxado. Suspirei, então olhei para o chão e dei alguns passos para os lados, passava os olhos pelo balcão de ponta a ponta, procurando algo. Tentava aparentar total indiferença com o fato da arma estar apontada para minha cabeça.


- Tem um pouco de água ai ? Estou com sede, pode pelo menos me dar água antes de me matar ? Não quero morrer com sede. - Disse, sarcástico e de saco cheio, comecei a me perguntar se a garota teria entendido, o que obviamente teria feito. Bocejei, cada vez tentando parecer menos tenso, enquanto esperava sua resposta.


Citação :
Itens:
— Raio de sol: arco longo, feito de carvalho e envolto em uma energia dourada, emana uma aura morna e envolvente como o calor do sol. Não possuiu corda, gerando a mesma com um gesto do semi-deus, assim como a flecha, que é feita de energia pura, mas pode ser utilizado com flechas físicas, nesse caso a corda surgirá automaticamente com o encaixe do projétil.
— Acompanha uma aljava de couro, leve e trabalhada, com 300 flechas com pontas de ouro. A aljava ilumina em caso de escuridão. Unidos, se transformam em um colar com um pingente de um sol.
— Relógio Solar :Um relógio de pulso com o desenho de um sol, os ponteiros são amarelos e ondulados, imitando raios solares. Nunca está errado. O poder dele é simples, mas fantástico, lhe ajuda a controlar a energia solar, diminuindo os custos de MP em 50%.
— Espada solar: Espada de oro celestial, emite um brilho dourado sempre que é empunhada. O brilho não pode ser "desligado", funcionando como uma lanterna. Em batalha, pode assumir uma aura de fogo, atribuindo esse elemento aos golpes. # rodadas, até 3 vezes por missão.
— Escudo Metálico [Escudo totalmente construído em aço reforçado com bronze, seu peso compensa a boa proteção que confere]


CODED BY: IG de SA

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Louise V. Williams
Filhos de Poseidon
Filhos de Poseidon
avatar

Mensagens : 726
Data de inscrição : 24/09/2012
Idade : 21
Localização : Um Williams sempre paga suas dívidas.

Ficha do personagem
Vida:
130/130  (130/130)
Energia:
130/130  (130/130)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: O Ladrão Misterioso ~ [Missão Externa: Porthos R. Marshall ~ Louise V. Williams]   Dom 11 Nov 2012, 14:36





Never give up dreaming












- Semideuses, tão tolos que não conseguem usar a cabeça antes de começar o suborno.- Nisso o anão pegou um revolver na cintura, sem hesitar, apontou para Porthos. - Bem, cria de Apolo, antes que vocês se metam numa tremenda enrascada, você poderia me dizer o que vocês estão fazendo aqui? - o anão recarregou a arma, seu tom era sério. Ok, o que estava acontecendo aqui? Estava sendo completamente ignorada no diálogo dos dois. Como ele sabia que Porthos era um filho de Apolo? E mais, com certeza ele não sabia quem eu era, tinha certa vantagem, aquele baixinho não sabia o que era ter uma cria de Poseidon com raiva. Porém, temia aquele anão com aquele revolver, perguntava-me qual seria a resposta de Porthos perante aquela situação. Se ele atirasse em Porthos, teria tempo para fugir? Ou o atacaria com minha espada, não tinha grande experiência com ela, mas por uma razão desconhecida, tinha grande habilidade com espadas.

- Abaixe isso cara, pra que toda essa indelicadeza? Mas vamos lá, basicamente fomos enviados para uma missão cujo o objetivo é encontrar o suspeito ladrão de todas essas lojas que foram roubadas, talvez o mesmo ladrão, talvez monstros, feliz?! - disse Porthos, irritado. Que idiota, ele ainda não havia entendido que o anão estava apontando a arma para ele, teria que falar com mais educação, não? Continuei parada, umedeci os lábios com a língua, minha garganta encontrava-se seca, necessitava mais de água do que já precisei em toda minha vida, era uma situação de risco, e qualquer coisa errada que acontecesse, poderia provocar a morte de Porthos, tinha que fazer alguma coisa, mesmo que isso significasse colocar minha vida em risco. Ouvi a prole de Apolo suspirar, então ele olhou para o chão, dando alguns passos para o lado, ele então olhou para o balcão, á procura de algo desconhecido por minha pessoa. O que ele estava fazendo? Pelos deuses.

- Tem um pouco de água ai ? Estou com sede, pode pelo menos me dar água antes de me matar ? Não quero morrer com sede. - perguntou ele, bocejando. Desejava que ele calasse a porcaria da boca e ajudasse em alguma coisa! Respirei fundo, decidindo falar. - Senhor policial, estou surpresa que tenha tantas informações sobre nós, pelo que vejo. Fomos enviados, pelo que Porthos disse, para esta missão. Estamos por conta própria caso alguma coisa nos aconteça, queremos apenas obter informações suficientes para que possamos continuar com nossa investigação. Se o senhor puder nos ajudar, que assim seja, caso contrário, nos retiramos daqui. - soltei um longo suspiro, fitando o anão - Poderia nos ajudar, por favor? Facilitaria nosso trabalho - continuei, colocando-me ao lado de Porthos, dando um beliscão em seu braço, repreendendo - o.


Armas&Itens:
 



Post: 003 ~ Clothes: Me obrigue qq ~ Lyrics: Not not not ~ Notes: Delegacia; ~
Thanks, Lollipop @ Sugaravatars




____

I am confused, fighting myself Wanting to give in, needing your help. Outside I don't know you, but inside I'm fucked.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Asclépio
Deuses Menores
Deuses Menores
avatar

Mensagens : 11
Data de inscrição : 19/10/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: O Ladrão Misterioso ~ [Missão Externa: Porthos R. Marshall ~ Louise V. Williams]   Ter 13 Nov 2012, 12:20


O Ladrão Misterioso #3
O anão, pela primeira vez, hesitou. A arma, antes firme e ameaçadora em sua mão, tremeu levemente após a resposta de Porthos a sua pergunta, sendo reforçado pela garota. Seus olhos se dirigiram ao chão por alguns microssegundos quase imperceptíveis, enquanto ele refletia sobre o fato. Antes que fizesse qualquer besteira, fixou o revólver em seu cinto mais uma vez. Não havia porque ficar bravo com dois semideuses do Acampamento Meio-Sangue. Talvez estivesse ficando paranoico demais. Mais não podia perder a postura, se seus superiores descobrissem, ele estaria frito.

- Olhem, vou deixar vocês irem, antes que tudo fique pior. - o policial abaixou o tom de voz de repente, procurando discrição, alternando o olhar entre os dois garotos. - Não posso arriscar que...

De repente, algo parecido com um sibilo ecoou da porta que ficava atrás do balcão. O anão, com um sobressalto, pulou por sobre os dois meio-sangues. Apesar de ser pequeno, era pesado o suficiente para jogar ambos no chão, que com um baque surdo, caíram. O policial, nervoso, olhou para trás quando um vulto estranho passou atrás da porta, e desapareceu, levando com ele o sibilo medonho que pôde ser ouvido pelos três ali presentes.

O homem se levantou e tirou a poeira das roupas, fitando os dois jovens com um gigantesco receio. Agora, sem o balcão na sua frente, ele parecia bem maior do que aparentava.

- É melhor vocês irem. - ele deu mais uma olhada para trás, verificando se nenhum outro vulto vinha. - Agora!

Citação :
◆ Os campistas tem 3 dias para postar.
◆ Todas as regras do fórum em relação a premiação e avaliação deverão e vão ser respeitadas.
◆ Não há ordem de postagem.
◆ Cenário e NPCs são narrados apenas pelo narrador.
◆ No final do post, coloque todos os itens e poderes utilizados em quote ou spoiler.
◆ Tempo: O sol morno da manhã ilumina sutilmente a cidade. Não há nenhuma nuvem no seu, e uma brisa fresca surge no oeste.

◆ Alternativas e Dicas:
- Interroguem as pessoas;
- Procurem a polícia;
- Procurem saber os locais assaltados;
- Procurem saber os itens assaltados;
- Procurem saber o perfil do ladrão.

◆ Objetivo: Descobrir a identidade do ladrão, e se ele tiver alguma relação com monstros, matá-lo.
Thanks, Dricca - Terra de Ninguém e Aglomerado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mnemósine
Deuses Menores
Deuses Menores
avatar

Mensagens : 384
Data de inscrição : 23/04/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: O Ladrão Misterioso ~ [Missão Externa: Porthos R. Marshall ~ Louise V. Williams]   Ter 12 Fev 2013, 14:04

Missão cancelada - os semideuses não postaram.

____

A.k.a.:
 


“Um povo sem memória é um povo sem história. E um povo sem história está fadado a cometer, no presente e no futuro, os mesmos erros do passado”.
(Emília Viotti da Costa, historiadora)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: O Ladrão Misterioso ~ [Missão Externa: Porthos R. Marshall ~ Louise V. Williams]   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O Ladrão Misterioso ~ [Missão Externa: Porthos R. Marshall ~ Louise V. Williams]
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Missão de Alexia
» Bingo Book Missões
» Missão de rank C - Aula de Ninjutsu!
» Missão 3: A procura de Ivo
» [Missão Rank C] Captura do Ladrão de Armas

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Tártaro :: Missões Canceladas/Concluídas-
Ir para: