InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Atenção deuses! Há um aviso no Staff Loungue para vocês, entrem e leiam.

Important: Seu avatar é registrado? Ainda não?! Evite levantes, corra aqui: [MENINOS | MENINAS].
EM REFORMA, AGUARDEM! Novidades virão, algo que já estava mais do que na hora, não acham?!

Compartilhe | 
 

 Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
Arya W. Lewins
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 19
Localização : Ali, aqui, lá, em todo lugar. Faz alguma diferença?

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Dom 02 Dez 2012, 09:39

E se toda a sua vida, você tivesse vivido a sua vida em um mundo pequeno como uma caixa? E se um dia, simplesmente lhe dissessem "você não é mais necessária" e você fosse forçada a desaparecer?

A época é fevereiro de 2222 e a protagonista da história é uma menina chamada Okamine, uma espécie de lenda urbana também chamada de "Dançarina das Sombras". Ela não tem a menor ideia de quem seja ou do que aconteceu com ela, mas a dois anos ela vive a sua vida tranquilamente vagando pela cidade de Aozora, um protótipo de metrópole flutuante do futuro, como um fantasma ou um ser inexistente.

Mesmo assim, coisas começam a mudar na utopia de Aozora. A partir de incidentes estranhos, assassinatos e crimes começam a virar coisas comuns.

Após conhecer um estranho garoto de cabelos prateados chamado Shiro que perdeu as memórias e presenciar a morte de duas crianças, Okamine é forçada a abandonar a sua vida "tranquila" e conhecer mais sobre os mistérios obscuros que cercam a cidade e a verdade sobre o seu passado.


Fontes de inspiração:

  • No. 6
  • Kagerou Project
  • Bookmark of Demise Project
  • Durarara
  • Kingdom Hearts


Avisos:

  • Esse é um universo criado inteiramente por mim. Mesmo recebendo inspiração de outros lugares, a história não está relacionada a essas obras.
  • Por favor, não leia se tiver menos de dezoito neurônios. A minha paciência para explicar é pouca.

____


Long time ago

I had a beautiful long black hair
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://4hana.tumblr.com/
Pedro Neuhaus
Filhos de Quione
Filhos de Quione
avatar

Mensagens : 84
Data de inscrição : 19/07/2012
Localização : Pelo mundo.

Ficha do personagem
Vida:
60/118  (60/118)
Energia:
60/118  (60/118)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Dom 02 Dez 2012, 10:00

Õ/ Quero continuações!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Logan Lee Fletcher
Filhos de Apolo
Filhos de Apolo
avatar

Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/10/2012
Idade : 22
Localização : Descubra se puder

Ficha do personagem
Vida:
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Dom 02 Dez 2012, 10:03

Somos 2.

____


Logan Lee Fletcher
Embaixador do sol -- 17 anos -- Filho de Apolo -- Jenna S2
Thanks Thay Vengeance @ Cupcake Graphics
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arya W. Lewins
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 19
Localização : Ali, aqui, lá, em todo lugar. Faz alguma diferença?

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Dom 02 Dez 2012, 11:18

capítulo i: as sombras da noite
Uma história sobre o seu próprio comum



Depois daquele mundo acabar, todos os dias foram diferentes e divertidos. Sim, eu fui verdadeiramente capaz de "abrir meus olhos". Por causa daquela pessoa, o meu mundo mudou para melhor.

Mesmo assim, o mundo continua sendo um lugar sádico. Ele acaba com você, apenas para se mostrar um lugar maravilhoso.
Até hoje, eu não fui capaz de dizer tudo o que eu queria.

Se… se eu pudesse voltar para aquele tempo, eu me pergunto por um momento se esse tipo de futuro realmente teria acontecido.
Se naquele dia eu não tivesse te conhecido… bem, esse seria um mundo incrivelmente chato.

…Aquele dia completamente normal…
Eu cocei os meus olhos vermelhos.
…Aquele sufocante dia de verão…

Eu não me esquecerei amanhã, também.
Então, vamos ter uma conversa cara-a-cara.


――A sala de chat está vazia――

―Takane entrou na sala―

Takane diz: Há, eu sou a primeira aqui hoje!

Takane diz: Se bem que não há ninguém…

Takane diz: Uau, isso é deprimente!!

―Fuyuki entrou na sala―

Takane diz: AQUI ESTÁ!!! (ノ◕ヮ◕)ノ*:・゚✧

Fuyuki diz: Ah, Takane-san. Bom-dia! (^▼^)

―Kohaku entrou na sala―

Kohaku diz: Ah, droga. Os dois doidos já chegaram.

Takane diz: Oi para você também, Haku-kun (-_-)

Fuyuki diz: Ko-chan! Quanto tempo (^o^)



A minha 【sombra】 estava mais comprida do que o usual naquele dia ao por-do-sol.
Toda a minha vida, eu vivera apenas como uma espectadora. Mesmo assim, eu havia me apegado há algumas coisas. O jeito que a última neve caia silenciosamente pela cidade antes do começo da primavera; aquele parque com um pequeno lago, agora congelado.

Era uma pena se despedir deles agora.
As pessoas diziam que estava tudo bem, que eu logo me esqueceria de tudo aquilo. Só haviam passado dois anos, afinal.
Aqueles dois anos eram a minha vida inteira. Eu ia lá desde que 【nasci】. Desde que acordei naquele tipo de 【mundo】 e comecei a exercer a minha 【função】 no 【trabalho】.

Eu não sei por que fiz isso. Era apenas parte de mim.
"Seu nome é Okamine. Você tem dezesseis anos e você é necessária para tudo isso. Sinta-se honrada por ser a pessoa mais nova a ganhar esse 【trabalho】. Tenha um bom dia, tome cuidado".

Era tudo aquilo que eu sabia sobre mim.
Com o passar do tempo, eu descobri várias coisas. Como sobreviver na cidade, como aproveitar os melhores dias do ano. Coisas desse tipo.

Eu me mexi, mas a 【sombra】 continuou parada.


Kohaku diz: De qualquer maneira, não tenho tempo de bancar a babá agora. (-___-)

Kohaku diz: Já ouviram falar da Kurayami Maihime, a "Dançarina das Sombras"?

Takane diz: Ah, aquela lenda da internet? (-_-Wink,

Takane diz: Haku-kun, você acredita nisso? Sério?? (-__-')

Fuyuki diz: Do que vocês estão falando? Parece legal ◕ ¸ ◕

Kohaku diz: É um boato que tem circulado em Aozora. Muito estranho.

Kohaku diz: Uma garota de cabelos pintados de azul e corpo pequeno. Ela nunca fala com ninguém, mas sempre está em algum lugar da cidade. Dizem que ela desaparece assim que tentam falar com ela.

Fuyuki diz: Ela é tímida? Essa tal de Kura-chan parece ser fofinha…

Takane diz: Ei! Isso é só um boato!

Kohaku diz: Poderia ser uma garota, mas não é o que dizem.

Fuyuki diz: Eh? (@_@)

Kohaku diz: Shiori diz que ela é uma espécie de monstro.



Eu olhei para o céu, o som dos fones de ouvido prateados chegando a minhas orelhas. Enquanto eu estava entediada, escutando a rádio, eu assistia o sol se por ao ritmo de uma melodia sombria.

Em 72 segundos, aquela grande estrela sumiria.
Então, em 92 segundos, a cidade ficaria completamente escura.

Me pergunto quantos segundos demorariam para as sombras da noite se apossarem daquele mundo.

Dando um pouco de impulso, comecei a balançar lentamente. O meu celular não havia tocado o dia inteiro; se eu recebesse algum【trabalho】 aquela noite, seria realmente incomodo. Diziam que havia um novo restaurante no 【Distrito Central】 que era muito bom. Eu estava ansiosa para provar a comida de lá.

Como se o mundo estivesse disposto a colaborar para o meu mal-humor, o aparelho de vidro tocou em minha bolsa. Retirei de lá o retângulo fino e transparente que era usado para basicamente tudo: dinheiro, comunicação, acessar a internet, chave de casa. Nas duas extremidades mais estreitas, haviam partes de metal da mesma cor que os meus fones de ouvido. Na "de baixo", estava presa uma correntinha negra, como uma pulseira.
Com o meu toque, a face voltada para mim ficou opaca. Lá apareceu a mesma imagem que aparecia todos os dias, desde que eu acordara. Era uma pintura de uma praia, com um pequeno ponto preto e branco em uma extremidade.

Pelo menos era o que eu achava, nunca havia visto o mar antes.
Chegando rapidamente o e-mail, percebi que realmente se tratava de um 【trabalho】. Era realmente inconveniente, mas eu precisava fazer.

Me levantei, colocando o celular no bolso.


Fuyuki diz: Monstro? (?__?)

Takane diz: Eu acho isso idiotice. Coisas como monstros não existem!

Takane diz: Falando nisso, quem é Shiori?

Kohaku diz: Sim, um monstro.

Kohaku diz: Sempre usando uma mascara de gás antiga sobre o pescoço e vestida de preto.

Fuyuki diz: Ela tem corpo, mas não tem sombra…

Takane diz: Como eu disse, isso não é possível!

Fuyuki diz: Ela é um fantasma?

Kohaku diz: Não sei.

Kohaku diz: Mas eu vi ela.



O metal da mascara fria fez cócegas no meu rosto enquanto eu me mexia.
A 【sombra】 havia ficado em algum lugar lá atrás.

Aquele dia chegava ao seu fim.
Enquanto as trevas atingiam o seu auge e eu andava silenciosamente pela calçada, eu via o miasma se espalhando. Era simplesmente uma sensação estranha, mas ele ficava cada vez mais forte enquanto eu ia para o centro da cidade.

A imensidão negra do céu sem estrelas se fundia com os edifícios escuros.
As luzes da cidade me cegavam.
O barulho era simplesmente ensurdecedor.

Aquele era o 【mundo】 que havia se tornado meu.

E mesmo assim, eu era simplesmente mais alguém perdida no mar de pessoas.


Fuyuki diz: Agora que você falou…

Fuyuki diz: Uma garota pequena e mascara de gás, sem contar o cabelo…

Fuyuki diz: Acho que eu vi alguém assim hoje.

Kohaku diz: Eh? Sério? Aonde?

Fuyuki diz: Foi no 【Distrito Kanra】, perto de um parque. Acho que havia uma floricultura por lá também, ou coisa assim.

Kohaku diz: Por volta das sete?

Takane diz: Eu também vi alguém assim por lá nesse horário!

Fuyuki diz: Sério? (>//<)

Fuyuki diz: As vezes passamos um pelo outro sem percebermos!

Takane diz: Verdade…

Takane diz: QUE CRUEL!! (=>益<=)

Takane diz: Desculpem, gente

Takane diz: Eu tenho trabalho amanhã!

Takane diz: Terei que deslogar.

Fuyuki diz: Boa-noite (^_~)

Kohaku diz: Espera…

―Takane saiu da sala―

Kohaku diz: Sério? Então eu também vou embora

―Kohaku saiu da sala―

Fuyuki diz: Eh!?

Fuyuki diz: Não me deixem sozinho!

―Fuyuki saiu da sala―

――A sala de chat está vazia――

―Mekakushi entrou na sala―

Mekakushi diz:
Boa-noite.

Mekakushi diz: Hoje, dia 22 de fevereiro, a probabilidade da miasma obscurecer o mundo é 100%

Mekakushi diz: Por favor, tomem cuidado.

Mekakushi diz: Boa-noite.

―Mekakushi saiu da sala―

――A sala de chat está vazia――




____


Long time ago

I had a beautiful long black hair
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://4hana.tumblr.com/
Lilian Froze
Filhos de Nêmesis
Filhos de Nêmesis
avatar

Mensagens : 120
Data de inscrição : 28/04/2012
Idade : 20
Localização : Longe de tudo.

Ficha do personagem
Vida:
148/158  (148/158)
Energia:
128/158  (128/158)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Dom 02 Dez 2012, 13:15

Sugoi *-* muito interessante!
Ansiosa para o próximo capítulo ^^

____


Lilian {Takuto} Froze
Once upon a time :: I've loved someone :: But today... :: I want you all to disappear
Thanks Thay Vengeance@ Cupcake Graphics

...:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ash K. Tsukiyomi
Filhos de Melinoe
Filhos de Melinoe
avatar

Mensagens : 46
Data de inscrição : 27/10/2012
Idade : 22
Localização : Encontre-me tentando se encaixar em algum lugar, mesmo sabendo que nunca conseguirei

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Dom 02 Dez 2012, 13:43

Tá muito bom, Arya 'u'
Continue agora mesmo 'u' q

____



não abram herp' q:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Fernand B. Oster
Curandeiros de Asclépio
Curandeiros de Asclépio
avatar

Mensagens : 321
Data de inscrição : 28/09/2012
Idade : 21
Localização : CHB

Ficha do personagem
Vida:
106/108  (106/108)
Energia:
108/108  (108/108)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Dom 02 Dez 2012, 14:09

Muito legal, Arita *O*
Continue :3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arya W. Lewins
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 19
Localização : Ali, aqui, lá, em todo lugar. Faz alguma diferença?

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Dom 02 Dez 2012, 14:19

Sobre o último capítulo:

Na parte que está escrito "Fuyuki diz: Ela tem corpo, mas não tem sombra…", por favor, ignorem.
O certo seria "Kohaku".

Muito obrigada pela atenção.


capítulo ii: as sombras da noite
(visão externa)
Uma história sobre o seu próprio comum II



A 【sombra】 parou, oculta nas trevas.
Sua figura sem substancia estava paralisada. Ela tentava se mover, mas era simplesmente impossível.

O que 【aquela】 pessoa estava fazendo ali?, perguntou-se a 【sombra】. O 【corpo】 ligado a ela não estava muito diferente. Cada célula do meu ser parecia gritar de panico.
Que 【ele】 não percebesse que ela estava ali, por favor…

Tarde demais. As memórias já começavam a fluir pela minha mente. 【Ela】 estava totalmente diferente da última vez, mas eu sabia que elas eram a mesma pessoa. O mesmo jeito de se sentar, o mesmo olhar arrogante que era mal-compreendido pela maioria das pessoas. A mesma máscara estranha e os mesmos fones de ouvido da ultima vez que os dois haviam se visto.

Não que eu a conhecesse. Na realidade, era a primeira vez que eu a via. Mas 【ele】 a havia conhecido e a sua relação com ela era bem irritante. Toda vez que eu me 【lembrava】 daquilo, me dava uma imensa vontade de quebrar alguma coisa.
"Animais fracos gostam de andar em grupos", era tudo que eu conseguia pensar na época.

O que ela havia feito com os cabelos? Estavam bem curtos comparados a antes. E os seus olhos…
Me freei antes que começasse a pensar igual a 【aquele】 cara.

Os ruídos de passos atrás de mim me alarmaram e 【ela】 percebeu o sútil movimento que eu havia feito. Não… pense direito! Aquilo não poderia ser possível; ela era apenas uma garota humana, sem qualquer habilidade que a sobressaísse. Aquilo era impensável, só isso…

【Ela】 se levantou.
O jeito que 【ela】 andava com os braços ligeiramente abertos, como se estivesse prestes a voar, me deu uma péssima sensação, acompanhada de uma 【memória】 desagradável. Sim, ela não duraria muito naquele mundo, não se fosse a mesma pessoa.

Aquilo me tranquilizou por um instante.
Foi o suficiente para que 【aquele】 ser odiável voltasse a tona.

Impelido pelos instintos que eram de outra pessoa, eu comecei a correr atrás 【dela】. Toda a razão e vontade que eu tinha haviam me abandonado; o que me guiava agora pela noite escura eram as memórias 【deles】.
De novo, eu tive vontade de vomitar, mas nada disso passou pela minha cabeça no momento. Eu queria alcançar aquela menina; eu queria para-la e encara-la de frente.
Mas aqueles não eram os meus 【pensamentos】.
Aquelas eram as ideias 【dele】.

Então, eu gritei o nome dela pela escuridão da noite, desesperado. A minha voz saiu um tom mais fina do que o usual e isso me enraiveceu. A minha mão não era suficiente para agarra-la, e então…
【Aquela】 pessoa foi engolida pela multidão de pessoas que iam para casa naquele momento. As 【memórias】 em minha mente voltaram a ser apenas um lugar calmo.

Elas não haviam desaparecido completamente. Estava tudo bem, elas nunca desapareciam. Mas agora, 【ele】 não podia me atacar. Era apenas uma 【sombra】 pertencente ao passado.

Passado aquele momento, eu pude relaxar. Me misturei com as pessoas, não era difícil. Ninguém reparava em uma 【imitação】. Aquelas pessoas completamente normais continuavam a passar por mim, enquanto eu andava na direção contraria a elas.

Meu celular tocou. Sem pressa, levei a mão ao bolso e atendi com um sorriso no rosto. Não que eu estive feliz ou empolgado com a ligação que eu acabara de receber, era simples alivio. Se ela estava me ligando, aquilo significava…

- Ah, Shiori. Está bem cedo para um【trabalho】, o que você…
A minha voz sumiu.
O meu sorriso foi substituído por uma expressão de desdem.

- Entendido - ah, aquela noite… - Vou acabar com isso rapidamente. 【Central】, você disse?

Aquela noite, lentamente, era preenchida com miasma.
Aquele era um mundo simplesmente ordinário demais.

Por isso, alguém estava puxando os fios das sombras.

____


Long time ago

I had a beautiful long black hair
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://4hana.tumblr.com/
Lilian Froze
Filhos de Nêmesis
Filhos de Nêmesis
avatar

Mensagens : 120
Data de inscrição : 28/04/2012
Idade : 20
Localização : Longe de tudo.

Ficha do personagem
Vida:
148/158  (148/158)
Energia:
128/158  (128/158)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Dom 02 Dez 2012, 14:26

O.O suspense, suspense O_O
Agora fiquei com uma dúvida gigantesca na minha cabeça, embaralhou tudo @.@

Esperando o próximo ^O^

____


Lilian {Takuto} Froze
Once upon a time :: I've loved someone :: But today... :: I want you all to disappear
Thanks Thay Vengeance@ Cupcake Graphics

...:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Administração SO
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos
avatar

Mensagens : 284
Data de inscrição : 23/04/2012
Idade : 20
Localização : Troninho Sagrado do Olimpo 'o'

Ficha do personagem
Vida:
9999/9999  (9999/9999)
Energia:
9999/9999  (9999/9999)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Dom 02 Dez 2012, 14:42

lhendo. *OOOOOOOOOOOOOO*
quero keyblades. q

____

The seductive god of forges Cool
Hefesto
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://santuarioolimpiano.forumeiros.com
Logan Lee Fletcher
Filhos de Apolo
Filhos de Apolo
avatar

Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/10/2012
Idade : 22
Localização : Descubra se puder

Ficha do personagem
Vida:
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Dom 02 Dez 2012, 17:07

Poste mais Arya-chan. 'u'

____


Logan Lee Fletcher
Embaixador do sol -- 17 anos -- Filho de Apolo -- Jenna S2
Thanks Thay Vengeance @ Cupcake Graphics
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Melissa Phoebe
Filhos de Afrodite
Filhos de Afrodite
avatar

Mensagens : 28
Data de inscrição : 15/11/2012
Idade : 23

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Dom 02 Dez 2012, 17:49

Me empolguei quando li no começo já "Kingdom Hearts", é pois é fã da série.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arya W. Lewins
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 19
Localização : Ali, aqui, lá, em todo lugar. Faz alguma diferença?

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Seg 03 Dez 2012, 13:59

capítulo iii: prata
Uma história sobre duas pessoas que se tropeçam



Eu acordei com o barulho irritante do meu despertador.
Reunindo coragem, eu estiquei a minha mão para fora da cama, tateando ao redor procurando o meu celular.
Após desligar o aparelho, eu conferi as horas dando um grande suspiro.

…aquilo era estranho. Não, isso é muito, muito estranho. É definitivamente estranho.
No final das contas, eu deveria ter dormido pelo menos umas onze horas.

Mesmo assim, por qual razão no mundo eu estava tão sonolenta? Isso é injusto. Mesmo que eu quisesse ser uma garota alta e esbelta, com uma vida social agitada, como pagamento, meu corpo compensou as minhas ações arranjando um jeito de ser realmente pequeno.

Alguma coisa não estava certa. Você está apenas tentando dizer que não é bonita o suficiente… De qualquer maneira, uma vez acordada eu apenas iria trabalhar; porém, eu ainda teria que pagar uma indenização.

A fadiga se apossou do meu corpo inteiro. "Espere!, se você não dormir mais, você vai morrer! Pense sobre isso novamente!"; um sinal de perigo foi emitido.
Meu cérebro recebeu o alerta e começou a pensar em "um jeito confortável de continuar na cama".

Eu fechei os olhos por um instante.
Então me levantei bruscamente, olhando o celular com mais atenção.

Não havia nenhuma mensagem ou ligação perdida. Suspirei, aliviada, e entrei na internet rapidamente. O mesmo login e senha de sempre me acalmaram, mas eu não sabia exatamente porque estava nervosa.

―Takane entrou na sala―

Fuyuki diz: Ta-chan! (ノ◕ヮ◕)ノ

Takane diz: Bom-dia, Yuki

Takane diz: O Kohaku não está aqui?

Takane diz: Que raro…

Fuyuki diz: Ele deslogou agora pouco.

Fuyuki diz: Falando no Ko-chan…



Suspirei e coloquei o celular no bolso. A minha casa era um típico apartamento do 【Distrito Kanra】, o setor onde moravam os estudantes de ensino médio e faculdade. Não era muita coisa; apenas uma cama, uma comoda e uma escrivania que eram separados da cozinha por uma porta de rolar.

Começando a criar coragem e sair do abrigo protetor dos lençóis da cama, eu pensava no que eu poderia fazer para o café-da-manhã. Tamagoyaki parecia uma boa. Se eu fizesse mais, poderia almoçar aquilo também…

O celular tocou. A minha mão ágil conferiu o e-mail.

De: ID oculta
Assunto: Trabalho.

Bom-dia.
Kurayami-san; de muito me ajudaram os seus 【serviços】. Hoje, precisarei deles novamente.

As 22:22, a chance do objeto de entrega aparecer no 【Distrito Kanra】 é de 82.5%
Espere mais informações quando a hora chegar. Pagaremos adiantado.

Por favor, tome cuidado.
Bom-dia.



Um cliente antigo, huh?
Por um momento, pensei em recusar. Haviam poucas informações demais para que eu pudesse executar o meu 【trabalho】. Eu era uma 【entregadora】; em outras palavras, entregava qualquer coisa desde que fosse paga para aquilo.

Um novo e-mail chegou. Novamente, eu o conferi.
A primeira coisa que mostrava nele era a quantia de dinheiro que me seria paga caso eu aceitasse o 【trabalho】. Era quase duas vezes a taxa normal que eu cobrava para serviços mais difíceis.
Rolei um pouco a tela. Havia anexado um mapa, mostrando onde eu deveria esperar; o parque de sempre, bem perto da minha casa.

Ah, Sr. Cliente… você sabia satisfazer as pessoas daquele 【trabalho】.

Fiz as contas rapidamente.
Sem contar o 【trabalho】 que eu havia acabado de receber, aquele era o meu primeiro dia de folga em 288 dias.

Lentamente, me joguei de volta na cama.


―Fuyuki te mandou uma mensagem privada―


Fuyuki diz: Takane-san… você já ouviu falar do 【Serviço de Entrega da Meia-Noite】?



Qual era o problema com aqueles boatos?
Mesmo que aquilo fosse o meu 【trabalho】, eu não podia aceitar aqueles mitos ridículos da internet.


Takane diz: Até você está nisso!?

Takane diz: Bem…

Takane diz: Acho que sim.

Takane diz: O que era, mesmo?

Fuyuki diz: Dizem que é um serviço de entrega que funciona da meia-noite á meia-noite.

Fuyuki diz: Está sempre funcionando, mas os custos são absurdos.

Fuyuki diz: Eles entregam coisas incríveis, também. Dizem que são os responsáveis por limpar a cidade dos cadáveres de assassinatos…

Takane diz: Nada de mais lendas urbanas!

Takane diz: Então, qual é o ponto?

Fuyuki diz: Ko-chan.

Fuyuki diz: Ele disse que a 【Kurayami Maihime】 é uma 【entregadora】.

Takane diz: O que?

Fuyuki diz: Engraçado, não?

Fuyuki diz: Ah, tenho que ir trabalhar.

Fuyuki diz: Até de noite!

―Fuyuki saiu da sala―



O som vindo dos fones de ouvido não era suficiente para me acalmar.
Todo o meu corpo tremia. Agora, o que antes passava de curiosidade, tornou-se um alarme real. Aquilo não podia ser mais de uma lenda urbana da internet… podia? Eu reconhecia o meu titulo de 【Kurayami Maihime】, a 【Dançarina das Sombras】, mas descobrirem a minha 【função】 no 【trabalho】…

Eu arregacei a minha manga para olhar que horas eram no exato momento que os segundos se zeravam e o ciclo incessante destes recomeçava. Dez horas e vinte um minutos. Dez horas, vinte um minutos, um segundo. Dez horas, vinte e um minutos e três segundos.

Três milésimos, três segundos, três horas, três dias. O tempo continuava a correr…
Mas ainda a neve que caia a lindos cinco metros por segundo não foi capaz de desviar a minha atenção do que aconteceu setenta e nove segundos depois.

O ponteiro mais comprido do relógio pausou momentaneamente a sua dança na vigésima segunda casa.
As vinte e duas horas, vinte dois minutos e vinte e dois segundos do dia dois de fevereiro de 2222, duas coisas aconteceram ao mesmo tempo.

A primeira, o choro da garota que gritava as suas últimas palavras junto com a sua vida que se esvaia.
A segunda, o brilho de uma luz azul.

Eu comecei a correr, mas a minha mão transparente não podia alcança-lo.

Do lado decepcionante da pista, estava um garoto de cabelos prateados. Chocado, ele encarava o corpo das duas crianças; um cadáver borrado e coberto de sangue que deveria ter sido um garoto e a menininha, caída sobre o corpo deste.

Aquele garoto alto e estranho que olhava os dois mortos era Takanashi Akira.
Faltando pouco mais de uma sádica hora para a meia-noite, eu gritei para fora a minha vida.

Um segundo antes de eu perceber que era tarde demais, as minhas 【memórias】 se tornaram um lago agitado.


――A sala de chat está vazia――

―Mekakushi entrou na sala―

Mekakushi diz:
Boa-noite.

Mekakushi diz: Hoje, dia 22 de fevereiro, a probabilidade da morte pairar sobre o 【Distrito Kanra】 é de 99%

Mekakushi diz: Por favor, tomem cuidado.

Mekakushi diz: Boa-noite.

―Mekakushi saiu da sala―

――A sala de chat está vazia――




____


Long time ago

I had a beautiful long black hair
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://4hana.tumblr.com/
Fernand B. Oster
Curandeiros de Asclépio
Curandeiros de Asclépio
avatar

Mensagens : 321
Data de inscrição : 28/09/2012
Idade : 21
Localização : CHB

Ficha do personagem
Vida:
106/108  (106/108)
Energia:
108/108  (108/108)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Seg 03 Dez 2012, 14:30

CONTINUA *OOOOOOOO*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Logan Lee Fletcher
Filhos de Apolo
Filhos de Apolo
avatar

Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/10/2012
Idade : 22
Localização : Descubra se puder

Ficha do personagem
Vida:
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Seg 03 Dez 2012, 16:43

É impossivel parar de ler, Arya-chan Arigato gozaimasu por esta fic demais ^^

____


Logan Lee Fletcher
Embaixador do sol -- 17 anos -- Filho de Apolo -- Jenna S2
Thanks Thay Vengeance @ Cupcake Graphics
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kira L. K. Schramm
Filhos de Quione
Filhos de Quione
avatar

Mensagens : 174
Data de inscrição : 28/04/2012
Idade : 21
Localização : Chalé da Quiqui -qn

Ficha do personagem
Vida:
190/190  (190/190)
Energia:
180/180  (180/180)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Seg 03 Dez 2012, 18:31

ARYAAAAAAAAA QUE FIC DIVAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA *OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO*
AMEEEEEI *O* CONTINUA U.U
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lilian Froze
Filhos de Nêmesis
Filhos de Nêmesis
avatar

Mensagens : 120
Data de inscrição : 28/04/2012
Idade : 20
Localização : Longe de tudo.

Ficha do personagem
Vida:
148/158  (148/158)
Energia:
128/158  (128/158)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Ter 04 Dez 2012, 08:13

――A sala de chat está vazia――

―Yuno entrou na sala―

Yuno diz: OH SHIT, parte mais tensa do capítulo sempre nas mãos de Mekakushi u_u

Yuno diz: Não, ela não pode morrer Ç.Ç logo hoje que ela vai ganhar uma grana preta?! Que absurdo e-e'

Yuno diz: Enfim, esperando ansiosamente o próximo *-*

―Yuno saiu da sala―

――A sala de chat está vazia――


____


Lilian {Takuto} Froze
Once upon a time :: I've loved someone :: But today... :: I want you all to disappear
Thanks Thay Vengeance@ Cupcake Graphics

...:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arya W. Lewins
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 19
Localização : Ali, aqui, lá, em todo lugar. Faz alguma diferença?

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Ter 04 Dez 2012, 08:38

capítulo iv: takanashi akira
Uma história sobre aqueles que não mais existem



Eu decidi viver honestamente.
Desde quando eu era jovem, sempre me foi dito várias vezes "Não seria estranho se você morresse algum dia", e "É um milagre que você ainda esteja vivo".

E exatamente como me foi dito,
Mesmo agora, a sombra da morte continua a espreitar em baixo de mim.
Isso definitivamente não vai mudar.

Se eu continuar a viver assim, sem saber o que me espera no futuro, então eu vou viver sem nenhum arrependimento.



- Com certeza você está comendo bastante.
Esse foi o comentário que escapou de Akane, a minha única colega de classe, quando coloquei as sacolas de comida em cima da mesa.
A garota tinha uma aparência comum e um corpo pequeno, como uma boenca de porcelana. Seus cabelos negros eram presos em um coque feito com uma caneta, porém seus olhos de uma cor de avelã quase âmbar me prendiam com uma força gravitacional própria. O seu uniforme era diferente dos demais; basicamente, ela era forçada a usar a camisa e a saia que todas as outras estudantes, porém o resto eram coisas comuns, como os all-star vermelhos e a calça legging que havia debaixo da saia vermelha. Um dos 【privilégios】 da 【Sala de Ciências Preparatórias】.

Se alguém, fosse a família, o hospital local, a policia ou o governo decidisse que você precisava ser posto sobre vigilância, você automaticamente era transferido para aquela sala. O meu caso era uma cooperação entre os meus pais e o hospital, mas as circunstancias que levavam Akane para lá me eram desconhecidas.
De qualquer maneira, isso transformava a 【Sala de Ciências Preparatórias】 uma classe de três pessoas: nós dois e o professor.

Distraído, eu peguei um pão doce da sacola.

- Huh?

Akane apoiou a sua bochecha em seu punho fechado e me encarou, seu olhar amarelo se cruzando com o meu.
- São todos produtos novos da cafeteria - ela comentou, por fim. Na sua voz, havia a mesma irritação costumeira.

- Sim, eu achei que pudesse prova-los—

- …Você pode comer todos eles?

Aquela pergunta me pegou de surpresa. Eu hesitei um momento e então lentamente abaixei o pão, colocando-o sobre a mesa.

- Eu não sei.

- …

Ela se inclinou um pouco sobre o próprio corpo, de modo que ficasse em uma postura pensativa. O seu rosto estava parcialmente oculto.

- Hey, Aki… Você sabe, você tem que considerar as consequências mais… - a voz dela sumiu. Tossindo, ela continuou a frase - Você não tem nenhum remorso? Sabe, sobre o que pode acontecer depois?

- Hm… - eu limpei a minha boca com as costas da mão, em um gesto de covardia, adiando a minha resposta. Realmente, não era aquela uma conversa que eu gostaria de ter agora, por mais que ela fosse necessária - Não.

Akane parecia chocada. Rapidamente ela levantou o rosto e me encarou, direto nos olhos.
Aquele olhar, parecido com o de uma ave de rapina, parecia enxergar além de mim. A garota parecia estar lendo o meu intimo, ou coisa assim.

- V-Verdade?

Eu dei um pequeno sorriso e a impressão que eu tive era que ela gostaria de me matar.

- Sim. Porque, veja, eu posso morrer amanhã. Por isso, eu não penso muito no que vai acontecer a seguir.
Me virei para ela, retribuindo o olhar. Akane, como a minha 【doença】, não era algo que eu poderia fugir por muito mais tempo. Naquele dia, eu tomei uma decisão; a encararia de frente.
Coloquei as minhas mãos sobre os meus joelhos.

- Você sabe, mesmo se eu continuar vivendo todos os meus dias normalmente como hoje, não seria estranho se eu morresse algum dia. Se eu tiver um ataque amanhã, eu poderia morrer nesse exato momento. Mesmo se eu pensar no que farei no futuro, eu posso sequer ser capaz de realiza-lo.
Os meus joelhos doíam de tanto eu aperta-los. Os nós de meus dedos estavam brancos com a força que eu fazia para soar confiante e indiferente como aquilo.
Por mais que eu tentasse, não podia expor os meus verdadeiros sentimentos para Akane.

- Então é por isso que, em vez de pensar no que vai acontecer depois, eu tento viver o máximo possível agora. Assim eu não tenho nenhuma remorso.
Antes que eu percebesse o que tinha de errado com ela, ela tampou o rosto.

- Akane… ?
Eu a encarei, perplexo, por um longo momento. As lagrimas da menina escorriam por baixo de suas mãos, pela sua bochecha pálida. Eu rocei de leve a pele da minha mão na da dela.

- O que está errado…… ?

- Cala a boca!

- Por que você está chorando?

- Cala a boca! Eu não estou chorando!

Ela me atacou com as unhas, como se quisesse me afastar. Eu agarrei o pulso dela, finalmente vendo o seu rosto claramente. Era obvia a sua tristeza e aflição. Fungando, ela usou a mão livre para limpar o rosto molhado de lagrimas.

- Eu não estou chorando…
Ficamos daquela maneira até ela se acalmar. A partir do pulso da menina, eu escutava o seu coração bater, acelerado. Era incrivelmente frio, como os olhos dela.
Mesmo assim, ela era incrivelmente gentil.

- Hey, Aki… me diga…
Ela fechou a mão e a deslizou entre os meus dedos, entrelaçando os dela com os meus.

- A-Amanhã… nós definitivamente vamos nos encontrar na sala, desse jeito!, e estudar juntos, conversarmos juntos — me prometa isso …!

- Eu não posso…
Que sentimento… era aquele?

- Akane, você também sabe sobre a minha 【doença】, não sabe? É exatamente como eu disse mais cedo. Se eu morrer algum dia, não seria estranho. Por causa disso, mesmo amanhã — Eu não posso prometer isso para você.
Eu…

Eu espero que Akane compreenda. O medo e a verdade sobre a morte que se aproxima.
Algum dia, eu não terei mais futuro. Eu já aceitei isso.

Por isso, eu decidi encarar tudo isso honestamente, sem nenhum ressentimento. Mas mesmo assim…

Naquele dia que eu vi a sua cara enquanto você me olhava e eu contava a verdade… o meu coração não parava de apertar…



O desespero se apossou de mim no instante que eu abri os olhos.
A minha visão, a minha atenção e até mesmo a minha razão… aquilo tudo estava mudando.
Por que ele estava ali? Por que Akira não podia simplesmente aceitar os fatos e ficar quieto dentro da minha mente?

Era verdade que eu tinha as memorias daquele cara, mas eu não era ele. Eu era simplesmente……

Me encarei no espelho, meio receoso que eu visse um garoto pálido e doentio de cabelos castanhos e olhos cinzentos.
A única coisa que eu vi foi o brilho do âmbar intenso, os cabelos negros compridos e o meu rosto, como sempre.

Aliviado, suspirei, mas eu não percebi que ela havia entrado no quarto.

- Kuro…
Aquela voz foi o suficiente para me fazer congelar. Me virei, encarando a mulher de cabelos pretos e vermelhos. Por mais que parece ter uns doze anos, eu conhecia a sua verdadeira idade e do que ela era capaz.
Os seus olhos escarlates me encaravam com desdem.

- O que você está fazendo!?

- Shiori, eu…

- É aquele peão? - ela cruzou em poucos passos o quarto e, com violência, agarrou a minha camiseta. Lambendo os lábios como um prendador que se decidisse como preparar melhor a pequena presa que havia capturado, ela me encarou. Pouco mais de cinco centímetros separavam nossos narizes - Você entende a sua posição, certo? Você é uma reles 【imitação】. Um fracasso! Uma falha! Um erro! Mesmo assim, você 【vive】. Kuro, a quem você deve agradecer?

- V-Você…
Ela me jogou de volta na cama com a sua força absurda. Indo até a porta, ela me encarou com desprezo.

- Então por que você está assim? - a voz dela parecia cortar a minha alma, como uma lâmina de gelo - 【Imitações】 não são nada mais que 【sombras】… Será que você é idiota o bastante para tentar se tornar 【alguém】, Kuro? Ou será que você é fraco e 【ele】 está controlando você?

- Eu…!

- Você é 【ninguém】! Reflita sobre as suas ações e controle-o! Se não for capaz de sequer isso, você não tem mais utilidade para mim. Terei que buscar o 【original】? Me poupe desse trabalho, criança!

Ela deixou o quarto.
Me joguei de volta na cama.

Na realidade, eu não entendia.
Aquilo era uma fruta doce que ele me oferecia e o mel que ela exalava me atraia. Aquela fruta se chamava 【sentimentos】.
Mas eu ainda não entendia porque estava sentindo aquilo.

____


Long time ago

I had a beautiful long black hair
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://4hana.tumblr.com/
Lilian Froze
Filhos de Nêmesis
Filhos de Nêmesis
avatar

Mensagens : 120
Data de inscrição : 28/04/2012
Idade : 20
Localização : Longe de tudo.

Ficha do personagem
Vida:
148/158  (148/158)
Energia:
128/158  (128/158)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Ter 04 Dez 2012, 09:06

――A sala de chat está vazia――

―Yuno entrou na sala―

Yuno diz: Akira tem uma doença terminal, parece ser uma cópia controlado pela Shiori (que eu jurava que era um garoto quando você comentou sobre ela O.o estou impressionada) e agora criou sentimentos pela Akane! ... Sugoi *-*

Yuno diz: Certo certo... Só eu acho que a Akane pode ter sido aquela assassina sanguinária ou algo do tipo? Ou que aquela tosse mostra que ela tem uma doença rara e quase incurável e, por isso, não quer nem saber em falar de morte?

Yuno diz: Aaah, cade o Mekakushi para assustar todo mundo? u_ù

―Yuno saiu da sala―

――A sala de chat está vazia――

____


Lilian {Takuto} Froze
Once upon a time :: I've loved someone :: But today... :: I want you all to disappear
Thanks Thay Vengeance@ Cupcake Graphics

...:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arya W. Lewins
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 19
Localização : Ali, aqui, lá, em todo lugar. Faz alguma diferença?

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Ter 04 Dez 2012, 12:34

N/A: Obrigada por todos terem lido a fic até agora ^^

Lily ganhou o meu respeito, conseguindo adivinhar a verdade sobre a Akane com apenas uma pista que eu coloquei levianamente ^^
Eu logo providenciarei um esquema das relações da fic, apenas terminar o primeiro "arco" dela.



capítulo v: yorumi akane
Uma história sobre aqueles que não mais existem II



Para nós, nunca houve um amanhã. Nunca houve um futuro.
E, principalmente, nunca houve um passado para o qual pudéssemos olhar com orgulho, em busca de consolo.

E nunca acreditei que a minha 【incapacidade】 fosse algo que pusesse em risco a minha vida, todos estavam apenas exagerando quanto aquilo.
Porém, uma pequena parte de mim sabia que eu morreria um dia. Com ela controlando as minhas ações, eu sobrevivi um dia de cada vez.



Eu sempre estive sozinha. Até agora, eu não sou capaz de causar nada além de infelicidade.
E naquele dia… naquele dia, eu fui incapaz de fazer qualquer coisa.

Naquele dia 15 de agosto, quase 12:30, o tempo estava bom. Raios de sol tão brilhantes que poderiam me fazer sentir doente atingiam a minha face. Ao meu lado, caminhava um garoto alto de pele pálida. Ele parou por um momento e o imitei.

- Aki, está se sentindo bem? - eu não podia me deixar de me preocupar. Quando eu olhava aqueles dois olhos cinzentos e tristes, eu sentia um aperto no meu coração. Há muito tempo, eu estava preocupada que…
Eu interrompi os meus próprios pensamentos antes que começasse a chorar.
O garoto demorou um pouco antes de perceber que eu falava com ele.

- Ah, sim. Me desculpe - ele deu um sorriso amarelo. Eu o encarei, um pouco deprimida - Ah, não é sua culpa! Quer dizer… eu estou pensando… hoje saíram os resultados dos simulados, né?

- Sim. Quanto você tirou?

- Cem - ele comentou, com certo constrangimento. Eu comecei a rir, tentado parecer um pouco mais animada. Mesmo assim, ele tinha que acabar com aquilo - E você?

- O-Oitenta e nove.

- Incrível! - o rosto dele se iluminou enquanto ele me encarava - Você é incrível, Akane! Essa é uma nota bem alta, não é!?

- Eeeeh… eu acho… está mais para a média… - eu estava corando. Provavelmente, eu levaria uma bronca da minha avó, me perguntando porquê eu não tirara 100, ao chegar em casa. E aquele era mesmo o cara que havia fechado a prova?

- Ah, é mesmo! - ele sorriu e eu senti o calor me inundar. O esboço de um pequeno sorriso apareceu em meu rosto, mas eu desviei o olhar e recomecei a andar. Ele me seguiu - Semana que vem começa o recesso de verão, não é? Você vai fazer alguma coisa nas férias, Akane?

- Ah… não. E você?

- Não vou sair da cidade. Por quê?

- Podíamos fazer alguma coisa nas férias - disse, dando ombros. Eu gostei de estar na frente; assim, não havia risco de Akira ver o meu rosto corado - Ah, já sei! Sabe aquele parque de diversões? Vamos lá?

- Oh, boa ideia - ambos estávamos soando animados - Então… amanhã. Eu… eu tento te pegar na sua casa, e então nós vamos para lá!

- Ok! É uma promessa, n…!
Ele me encarou triste.
Paramos em um esquina.

Como se lesse os nossos sentimentos, uma chuva fina começou a cair.

- Me desculpe, Akane. Realmente… me desculpe… - a voz do garoto estava tremida. Eu o encarei, com um sorriso triste e dei um soco fraco em seu ombro.

- Está tudo bem, a culpa foi minha - murmurei. De alguma forma, parecia que o meu coração ia se rasgar. Como aquele estupido idiota podia dizer aquilo? Ele não percebia que eu… que eu… Eu… - Então… até logo?

- Sim, até logo.
Não eram as palavras que eu gostaria de falar.
Mas de qualquer maneira, mesmo que eu soubesse quais fossem, eu duvido que tivesse coragem para dize-las.

Enquanto eu observava Akira seguir pela esquina, eu rumei pela outra rua. Deixei a ideia aflorar na minha mente por um momento, então uma frase surgiu.

Os meus verdeiros… sentimentos…
Se eu o encarasse naquele momento…
Eu poderia dize-los…?

Disparando pela rua em direção ao lugar que Aki se dirigira, eu percebi tarde demais os edifícios que pareciam se contorcer.
O mundo se tornou monocromático.
A rua e as casas se tornaram distorcidas enquanto o chão se aproximava do meu rosto naquele momento impensável.
De todos as horas para eu ter um ataque, logo agora…!

Como se eu tivesse recebido um soco nas costelas, todo o ar foi expulso dos meus pulmões. Dobrei-me sobre mim, colocando a mão na boca enquanto tossia. O gosto de sangue invadiu a minha boca, enquanto o cuspia junto com saliva.

- Ah ….. ha ….. a— …. !!
Eu não podia respirar propriamente.
Quanto a mover meu corpo… bem, eu sequer conseguia contorcer os meus dedos.

O medo que eu tinha esquecido começou a tomar conta de minha mente.
E, ao mesmo tempo, uma sonolência razoável começou a tirar a minha consciência.

…. Não. ….. Não!

Com nenhuma forma de resistir e eu perdendo gradualmente a minha consciência, ambos os meus olhos assistiram a sombra da pessoa se aproximar na rua onde ninguém mais andava.
——Por que aquela pessoa estava ali? Mesmo assim, eu não era capaz de vê-la.

Mesmo sem sequer ser capaz de reconhecer a figura da sombra, eu percebi que o meu prazo final se aproximava.
Então, eu me lembrei das palavras de Aki; "Então é por isso que, em vez de pensar no que vai acontecer depois, eu tento viver o máximo possível agora. Assim eu não tenho nenhuma remorso."

Eu era realmente uma idiota. Mesmo que eu fosse falar alguma coisa relativamente simples, eu ainda demorava demais para falar.
Na minha consciência que desaparecia, eu continuava a recitar interminavelmente aquelas palavras…

Akira, eu te amo——


Algum dia, você finalmente está preparada para dizer adeus aquela vida, saudando a morte como uma igual.
Mesmo que eu não tivesse sido capaz de dizer tudo o que eu queria, eu aceitei o fim da minha vida.

Então, eu acordei naquele mundo.
Para nós, há um futuro. Há um amanhã.

Talvez eu tenha demorado um pouco para perceber isso, porém, eu não conseguia te achar.
Desde que eu acordei naquele dia de outono, eu te procurei. Antes que eu percebesse, porém, já era verão. E então, dois anos haviam se passado.

As minhas memórias simplesmente haviam ficado trancadas, aqui dentro.

Mas…



Eu finalmente…
te achei…
Akira…

____


Long time ago

I had a beautiful long black hair
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://4hana.tumblr.com/
Logan Lee Fletcher
Filhos de Apolo
Filhos de Apolo
avatar

Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/10/2012
Idade : 22
Localização : Descubra se puder

Ficha do personagem
Vida:
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Ter 04 Dez 2012, 13:25

Que dó G.G Continue Please!

____


Logan Lee Fletcher
Embaixador do sol -- 17 anos -- Filho de Apolo -- Jenna S2
Thanks Thay Vengeance @ Cupcake Graphics
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lilian Froze
Filhos de Nêmesis
Filhos de Nêmesis
avatar

Mensagens : 120
Data de inscrição : 28/04/2012
Idade : 20
Localização : Longe de tudo.

Ficha do personagem
Vida:
148/158  (148/158)
Energia:
128/158  (128/158)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Ter 04 Dez 2012, 13:28

――A sala de chat está vazia――

―Yuno entrou na sala―

Yuno diz: Akane... NÃO MORRA! u.u

Yuno diz: Ok, temos uma sombra misteriosa... Seria a morte? Talvez... Bom, suponho que isso vai afetar a relação Akira X Shiori, afinal, a mulher de quem Akira gosta vai morrer ç.ç'

Yuno diz: Mekakushi, você faz falta no fim do capítulo!

―Yuno saiu da sala―

――A sala de chat está vazia――

____


Lilian {Takuto} Froze
Once upon a time :: I've loved someone :: But today... :: I want you all to disappear
Thanks Thay Vengeance@ Cupcake Graphics

...:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Victoria Tayllor Gilbert
Caçadoras de Ártemis
Caçadoras de Ártemis
avatar

Mensagens : 5
Data de inscrição : 23/09/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Ter 04 Dez 2012, 14:02

É muito massa, to adorando ler

____

Killing is easy, the good is to suffer.

Victoria Tayllor | Daughter of Ares | Sweet and cute #JustNot

credits @
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arya W. Lewins
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 19
Localização : Ali, aqui, lá, em todo lugar. Faz alguma diferença?

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Ter 04 Dez 2012, 18:22

capítulo vi
(parte i): branco
Uma história sobre aqueles que ainda estão nesse mundo



Um sonho.
Aquilo fora… um sonho, certo?

Aquele cara…
Takanashi Akira…
Ele deveria estar morto…

Por que agora?
Por que depois de dois anos?

No final, nada daquilo havia acontecido… certo?

Nada mais importava naquele instante. Eu havia me arrumado rapidamente e saíra correndo pelas ruas. Eu realmente havia me convencido que tudo aquilo era um sonho quando cheguei ao parque. Não havia nenhuma chance daquilo realmente ter acontecido.

22 de fevereiro. As nuvens escuras se agitavam sobre a cidade, anunciando uma nevasca. Os meus pulmões clamavam por mais ar quando eu finalmente parei, vestindo as minhas roupas de inverno, em frente ao lago congelado.
Ah, por que eu estava tão agitada?
Aquilo era… simplesmente irracional. Tudo não passara de um sonho, certo?
Não havia jeito daqueles três estarem por ali, não é?

- Nee-san, você está perdida?

Eu me virei rapidamente e me dei de cara com um menino de cabelos castanho-claros, cor de avelã. Ele vestia um casaco de lona e calças jeans, carregando uma sacola de supermercado. Poderia chutar que ele tinha uns 12 anos, mas era um pouco alto para a idade. Quase do meu tamanho, não que isso fosse grande coisa. Seus olhos tinham um tom rútilo, incomum.
Quando eu vi, fiquei pálida.

- Você… ontem…

- Sim? - ele me olhou, um pouco confuso.
Eu não podia perguntar. Provavelmente ele acharia que eu era doida se perguntasse "Hey, ontem você foi atropelado aqui perto por um caminhão, por volta das dez da noite?"
Mas não havia duvidas. Aquele era o menino que havia morrido.

- Ah, sim. Desculpe - dei um sorriso. Eu não era boa naquela matéria, mas tentei me esforçar - Eu te confundi com alguém. Onde eu estou… exatamente? Não moro por aqui e… sim, eu estou perdida.

- Ah, então é isso… - o garoto assentiu, pensativo - Hey, Nee-san. Eu acabei de me mudar para cá, então não conheço bem os arredores. Mas eu sei de uma pessoa que sabe. Estou indo vê-la agora. Por que não vamos juntos?

- Ah, obrigada - eu fiz um pequeno gesto com a cabeça - Ah, a proposito, eu me chamo Okamine. Pare de me chamar de nee-san, dá vergonha.

- Eu me chamo Sora - disse o garoto, rindo.


- Ah, Sora! Finalmente, você se atrasou tanto que eu comecei a pensar que……
A garota que chamou pelo menino tinha cabelos negros e olhos de um castanho mais escuro que o dele. Pela voz, eu achei que ela fosse mais velha que ele; talvez um ano, ou alguns meses. Mesmo assim, era pelo menos uns dez centímetros menor que ele. Ela carregava uma cesta de vime, cheio de coisas que pareciam folhagens vermelhas.

- Ah, uma cliente! Você é uma cliente, não é?!

- De novo… onde eu estou?

A loja era repleta de coisas estranhas, que se pareciam folhas coloridas como a do cesto. Elas exalavam diversos aromas e eu me sentia meio perdida. Eu havia passado na frente daquele lugar uma centena de vezes, mas nunca entrara lá.

- Eh, não é obvio? Isso é uma floricultura - a garota sorriu - Eu vou deixar isso lá atrás. Sora, me ajude aqui. Shiro! Shiro onii-san! Temos uma cliente!
Então, ambos foram para os fundos da sala.

- Droga, Yoko. Pare de jogar o trabalho para mim e…
Naquele instante, eu senti um aperto no coração. O meu rosto ficou pálido. A minha visão parecia tremular, enquanto meus olhos tentavam desesperadamente encontrar o foco.

O garoto de cabelos prateados, presos em um pequeno rabo de cavalo. Havia uma cicatriz em baixo do seu olho de um tom carmesim, porem mais escuro. Seu porte era alto e atlético e ele parecia exalar saúde.
Naquele instante, uma lagrima percorreu o meu rosto.

Azul encontrou vermelho.
Eu abri a boca, tentando encontrar as palavras.
Aquilo era um sonho… certo?

- Ei, você… - o meu coração parou de bater - Você… nós já nos conhecemos?


――A sala de chat está vazia――

―Mekakushi entrou na sala―

Mekakushi diz:
Boa-noite.

Mekakushi diz: Hoje, dia 22 de fevereiro, há uma noticia especial.

Mekakushi diz: Estamos aqui para anunciar que uma vitima acaba de ser feita no 【Distrito Kanra】.

Mekakushi diz: a vítima é a pessoa que ia andando acompanhada enquanto carregava flores,

Mekakushi diz: a pessoa que vive com sua família em um apartamento e comprou um coelho,

Mekakushi diz: a pessoa que alcançou 10, 000 passos em seu contador de passos,

Mekakushi diz: a pessoa que fala diretamente com outras pessoas quando tem algo em mente.

Mekakushi diz: Que a sua alma descanse em paz.

Mekakushi diz: A chance do miasma parar de obscurecer o mundo hoje é de menos de 1%.

Mekakushi diz: Por favor, tomem cuidado.

Mekakushi diz: Boa-noite.

―Mekakushi saiu da sala―

――A sala de chat está vazia――




____


Long time ago

I had a beautiful long black hair
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://4hana.tumblr.com/
Lilian Froze
Filhos de Nêmesis
Filhos de Nêmesis
avatar

Mensagens : 120
Data de inscrição : 28/04/2012
Idade : 20
Localização : Longe de tudo.

Ficha do personagem
Vida:
148/158  (148/158)
Energia:
128/158  (128/158)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Ter 04 Dez 2012, 18:44

――A sala de chat está vazia――

―Yuno entrou na sala―

Yuno diz: MEKAKUSHI *-* você voltou! Seu lindo sinistro vem ni min... Sim, me botou medo O.O mas adorei, Mekakushi-kun *-*

Yuno diz: Okamine morreu? Não, isso não é possível. Nem o Shiro pode ter morrido! Arya-sama, você está, claramente, endoidando-me! A Okamine não pode ter morrido, no no no!

Yuno diz: Bom, aqui está sempre dedicado ao Mekakushi, mas como ele apareceu, estou esperando o próximo *-* ansiosamente u.u

―Yuno saiu da sala―

――A sala de chat está vazia――

____


Lilian {Takuto} Froze
Once upon a time :: I've loved someone :: But today... :: I want you all to disappear
Thanks Thay Vengeance@ Cupcake Graphics

...:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica
Voltar ao Topo 
Página 1 de 3Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
 Tópicos similares
-
» [LEAK] Troye Sivan - Blue Moon
» [LANÇADO BETA 2] Blue Media Player 2
» Blue and Black
» PAUSED [OFF TOPIC]
» S Blue S #85 - As 3 Calamidades de Kaidou!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Área Off :: Fan-fics e Fan-arts :: Outras Fan-fics-
Ir para: