InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Atenção deuses! Há um aviso no Staff Loungue para vocês, entrem e leiam.

Important: Seu avatar é registrado? Ainda não?! Evite levantes, corra aqui: [MENINOS | MENINAS].
EM REFORMA, AGUARDEM! Novidades virão, algo que já estava mais do que na hora, não acham?!

Compartilhe | 
 

 Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
Arya W. Lewins
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 20
Localização : Ali, aqui, lá, em todo lugar. Faz alguma diferença?

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Dom 02 Dez 2012, 09:39

Relembrando a primeira mensagem :

E se toda a sua vida, você tivesse vivido a sua vida em um mundo pequeno como uma caixa? E se um dia, simplesmente lhe dissessem "você não é mais necessária" e você fosse forçada a desaparecer?

A época é fevereiro de 2222 e a protagonista da história é uma menina chamada Okamine, uma espécie de lenda urbana também chamada de "Dançarina das Sombras". Ela não tem a menor ideia de quem seja ou do que aconteceu com ela, mas a dois anos ela vive a sua vida tranquilamente vagando pela cidade de Aozora, um protótipo de metrópole flutuante do futuro, como um fantasma ou um ser inexistente.

Mesmo assim, coisas começam a mudar na utopia de Aozora. A partir de incidentes estranhos, assassinatos e crimes começam a virar coisas comuns.

Após conhecer um estranho garoto de cabelos prateados chamado Shiro que perdeu as memórias e presenciar a morte de duas crianças, Okamine é forçada a abandonar a sua vida "tranquila" e conhecer mais sobre os mistérios obscuros que cercam a cidade e a verdade sobre o seu passado.


Fontes de inspiração:

  • No. 6
  • Kagerou Project
  • Bookmark of Demise Project
  • Durarara
  • Kingdom Hearts


Avisos:

  • Esse é um universo criado inteiramente por mim. Mesmo recebendo inspiração de outros lugares, a história não está relacionada a essas obras.
  • Por favor, não leia se tiver menos de dezoito neurônios. A minha paciência para explicar é pouca.

____


Long time ago

I had a beautiful long black hair
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://4hana.tumblr.com/

AutorMensagem
Arya W. Lewins
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 20
Localização : Ali, aqui, lá, em todo lugar. Faz alguma diferença?

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Qua 05 Dez 2012, 06:18

capítulo vi
(parte ii): branco
Uma história sobre aqueles que ainda estão nesse mundo



Ele era Akira.
Mas, ao mesmo tempo, ele não era Akira.

Como posso explicar?
Se… se a existência dele fosse completamente apagada desse mundo… se eu não o tivesse conhecido naquele dia de primavera… nós nunca tivéssemos estudado e conversado juntos…
Aquele provavelmente seria Akira.

- O que está errado? - o garoto de cabelos brancos perguntou. Finalmente, eu percebi que estava chorando.
Tampei o meu rosto com as mãos, a enxugando. Eu sentia que já conhecia aquilo.

- Nada! - mostrei a língua da maneira mais arrogante que consegui para o menino. Por que… eu estava tão triste? - Mas já que você mencionou… já nós vimos?

- Ah, desculpa. Eu acho que te confundi com alguém. Eu sou Shiro, e você?

- Okamine…
O rosto dele se contorceu um pouco com essa palavra.

- Nome meio difícil, não?

- Não tenho outro. Terá que se acostumar - provoquei, cruzando os braços. Qual era o problema daquela personalidade que eu estava começando a fingir!?

- Nenhum um apelido ou… desculpe, eu não sei se vou conseguir lembrar disso.

- Agora que você mencionou… bem, algumas pessoas me chamam de Kurayami…

- Então vai ser isso. Yami. Você é a Yami - ele apontou para mim, com os olhos brilhando. Eu corei. Sério, qual o problema com aquele cara? - Ahn… eu quero um…
O grito interrompeu a fala dele.

O garoto de antes, Sora, surgiu de detrás da loja. Sua expressão era de total choque e… aquilo em suas roupas era…

- Shiro! Yoko… ela caiu e…

Sem mais explicações, Shiro saiu correndo para o lugar onde o menino e a garota haviam estado. Sem saber o que fazer, eu fui atrás deles.
Eu entendi as marcas de sangue nas roupas de Sora.

Havia uma pequena escada que levava a um edifício de vidro nas partes de trás do prédio. Lá em baixo, havia uma garota de cabelos negros com o pescoço em um ângulo estranho, deitada em uma poça de sangue.
Yoko, a menininha, jazia ali, morta. A cesta de vime e as estranhas coisas nela estavam espalhadas ao seu redor.

Não pude conter o grito.
Na minha vida, eu havia visto muitas mortes. Nenhuma delas me comoveu, pois eu não temia a morte. Mesmo assim, eu não podia me deixar de ficar chocada com a facilidade que aquela garotinha havia abandonado a vida.

- Não é uma mentira - me segredou o miasma em meio aquele mundo obscurecido.
Antes que as trevas se apossassem da minha mente, eu escutei Shiro comentar, chocado;

- Não… está cedo demais… por quê…?


――A sala de chat está vazia――

―Mekakushi entrou na sala―

Mekakushi diz:
Boa-noite.

Mekakushi diz: Hoje, dia 22 de fevereiro, a probabilidade de um impostor aparecer é de 42%.

Mekakushi diz: Por favor, tomem cuidado.

Mekakushi diz: Boa-noite.

―Mekakushi saiu da sala―

――A sala de chat está vazia――



[/quote]

____


Long time ago

I had a beautiful long black hair
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://4hana.tumblr.com/
Logan Lee Fletcher
Filhos de Apolo
Filhos de Apolo
avatar

Mensagens : 49
Data de inscrição : 25/10/2012
Idade : 23
Localização : Descubra se puder

Ficha do personagem
Vida:
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Qui 06 Dez 2012, 11:22

Suspense Arya-chan *oooo*

____


Logan Lee Fletcher
Embaixador do sol -- 17 anos -- Filho de Apolo -- Jenna S2
Thanks Thay Vengeance @ Cupcake Graphics
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lilian Froze
Filhos de Nêmesis
Filhos de Nêmesis
avatar

Mensagens : 120
Data de inscrição : 28/04/2012
Idade : 20
Localização : Longe de tudo.

Ficha do personagem
Vida:
148/158  (148/158)
Energia:
128/158  (128/158)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Qui 06 Dez 2012, 18:17

――A sala de chat está vazia――

―Yuno entrou na sala―

Yuno diz: Oh God, aí não é um universo alternativo! E a Yoko morreu DDD: que triste Ç.Ç

Yuno diz: Um impostor? Então Sora é um impostor ou esse impostor aparecerá no próximo capítulo em que Yami (*-*)/Shiro/Sora narrar... Suspense, suspense

Yuno diz: Mekakushi-kun sempre fazendo o suspense da coisa *-* ele é meu, ok, Arya-sama? u.u

―Yuno saiu da sala―

――A sala de chat está vazia――

____


Lilian {Takuto} Froze
Once upon a time :: I've loved someone :: But today... :: I want you all to disappear
Thanks Thay Vengeance@ Cupcake Graphics

...:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arya W. Lewins
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 20
Localização : Ali, aqui, lá, em todo lugar. Faz alguma diferença?

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Seg 10 Dez 2012, 21:59

capítulo vii: céu
Uma história sobre um dia de verão repetido




Eu gostaria de saber qual fora o começo.
O começo original.

Aquele dia que vinha se repetindo por décadas. Aquela maldição que pairava sobre nos dois. Eu realmente me surpreendo disso todas as vezes, mas eu tenho uma lembrança. É realmente espantoso, mas eu acho que foi lá que tudo começou.


―Os meus olhos estavam desorientados. O mundo mudou para monocromático em um instante. No meio de tudo isso, o céu azul e sem nuvens e vermelho… sinal vermelho e……! O intenso contraste emitido apenas por essas duas cores queimava a parte de trás da minha retina.

O que era aquilo se espalhando na minha frente, eu me perguntava.

A voz enlouquecidas das cigarras chorando penetrava em meus ouvidos.
O cheiro de ferro se misturava com o seu perfume.
Sem perceber, os meus sentimentos se destroçavam no interior de meu cérebro, me deixando confuso, como um soco.

Na faixa de pedestres, haviam marcas de pneus que pareciam queimadas e o seu pequeno corpo tinha aproximadamente o mesmo tamanho que a linha vermelha desenhada por ele. Não era como se eu estivesse indo para fazer alguma coisa naquele momento, mas uma vez que eu corria para o seu lado, eu podia sentir o gelo envolver a minha garganta, olhos, nariz e cabeça e a realidade desabar em cima de mim, dura.

A pessoa na minha frente não era você.
Não era o você com quem eu estava conversando apenas alguns minutos atrás.
Era apenas um pedaço de algo vermelho.
Não importa o que todos diziam, aquela não era você.

…eu comecei a me sentir nauseado e a minha cabeça doía horrivelmente. Minha visão estava turva, como eu estivesse tentando abrir os olhos em baixo d'água, submerso e ela estivesse escorrendo a partir de um dos meus meus olhos, deixando marcas no asfalto. Agora parecia que a água estava gotejando de ambos os olhos.

Eu movi a minha boca para tentar falar com você, mas, eu não tenho certeza se ela foi abafada pelo som das cigarras ou se a minha voz não saiu desde o começo, mas eu não conseguia escutar nada.

Eu tinha que contar a você.
Eu havia decidido recentemente tentar contar para você.
Eu tinha que correr e contar para você!

O miasma estava balançando, perto de você.
Ele simplesmente ficou lá, como se estivesse nos ridicularizando ou ficando no caminho entre eu e você.

Por favor, não fique no caminho. Agora, eu finalmente posso contar para ela.
Você pode rir de mim o quanto quiser depois, mas por favor, não fique no nosso caminho agora.

Está realmente muito tarde e você provavelmente vai sentir nojo, mas……

O jeito que você era egoísta, mas só um pouco…
E o seu péssimo habito de sempre me bater por qualquer motivo quando ficava envergonhada…
Além do mais, o cheiro dos seus cabelos quando eles balançavam no vento…
―Eu havia amado muito tudo aquilo.
――E, acima de tudo, havia amado você


Eu não sei se aquela havia sido a primeira vez que eu vi você morrer.
Eu me lembro claramente, porém, que aquela havia sido a primeira vez que eu havia visto ele.

Na sala de chat, no dia 15 de agosto, pouco depois da meia noite, lá estava ele…

―Mekakushi entrou na sala―

Mekakushi diz:
Boa-noite.

Mekakushi diz: Hoje, dia 15 de agosto, a probabilidade do miasma obscurecer o mundo é 100%

Mekakushi diz: Por favor, tomem cuidado.

Mekakushi diz: Boa-noite.

―Mekakushi saiu da sala―



Eu não sei se você se lembrava daquilo como eu.
Eu só sabia que você sempre se sacrificava no final.

Se você sabe que tudo aquilo continua acontecendo, é realmente forte.

- Bom-dia - você disse. A sua voz teve um efeito calmante no meu agitado. Toda vez que eu olhava os seus olhos brilhantes, me dava uma imensa vontade de chorar. De contar a você como eu me sentia. De conversar com você sobre o que estava acontecendo. Mas naquele momento, eu fiquei feliz; por alguns minutos, aquele era um mundo onde existia apenas nós dois.

- Bom-dia, Yoko - eu forcei um sorriso. De certa forma, não importava tanto assim. Se… se eu falasse metade do que eu gostaria de dizer nas próximas horas, talvez tudo aquilo não importasse quanto assim. - Te fiz esperar demais?

- Não. Eu acabei de chegar - comentou a garota com um sorriso. Estendi a minha mão e ela a segurou com firmeza. Ficamos daquela maneira por algum tempo, enquanto eu tinha certeza que te perderia outra vez caso soltasse. - Ei… Sora… Você se lembra do segredo que eu ia te contar?

- Segredo? Que segredo?

- Ah, esqueça. Mas… eu te conto mais tarde - ela comentou. A sua expressão era um tanto quanto misteriosa.
De mãos dadas, fomos para a floricultura.

____


Long time ago

I had a beautiful long black hair


Última edição por Arya W. Lewins em Seg 10 Dez 2012, 22:09, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://4hana.tumblr.com/
Arya W. Lewins
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 20
Localização : Ali, aqui, lá, em todo lugar. Faz alguma diferença?

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Seg 10 Dez 2012, 22:09

capítulo viii: mar


Uma história sobre um dia de verão que se tornou um inverno frio


Eu havia tido um sonho horrível, desagradável. Um sonho onde você desapareceu bem diante de meus olhos.

Eu havia tido aquele sonho de novo e de novo.
Aquele sonho havia sido tudo o que eu havia tido ontem.

Eu gostaria de saber quantas vezes já havia sido hoje.
Eu gostaria de saber quantas vezes já havia se passado ontem.

Eu gostaria de saber quantas vezes havíamos conversado naquele mesmo parque.
Aquela poderia ser a primeira vez para você, mas para mim… eu já não sabia qual era aquela vez.
Eu já havia falado sobre aquilo com você também.
Eu já havia falado sobre aquilo varias vezes.
Todas as vezes, você acreditou em mim.
Você estava seriamente preocupado com aquilo.

Mas todas as vezes, você acabava morrendo no fim.
Todas as vezes que eu te contava sobre aquilo, você se preocupava e fazia uma cara triste.
Era por causa daquilo que eu havia me decidido… eu não contaria mais para você.

Você não precisa se preocupar. Eu estava bem.
E então, eu vim para esse tipo de momento onde estaríamos conversando no parque.

Estava tudo bem desde que eu pudesse ouvir a sua voz.
Embora você fosse falar a mesma coisa de sempre e eu já conhecesse cada frase palavra por palavra.
Mesmo assim, estava tudo bem.
Estava tudo bem pois tudo o que eu queria era que você falasse.

Enquanto eu estou escutando a sua voz, eu me sinto a vontade, sem ter que escutar essas cigarras barulhentas.
Porque eu comecei a escutar somente a sua voz.

Quando chequei o meu relógio, era por volta de 12:30.

- Devemos ir para casa mais cedo?

Quando eu peguei a sua mão, você corou terrivelmente enquanto a segurava.
Você realmente é assim, até no caminho do fim, não é?
É por isso que você não é popular com as garotas.

Bem, acho que esse é o tipo de coisa que apenas o tempo pode consertar.
Se é sobre o tempo, então, eu vou deixa-lo aqui para isto.
Obrigada por tudo, Sora.

Eu não podia lhe contar tudo o que vinha na minha mente. Se eu contasse, talvez você voltasse a ficar preocupado. Eu realmente não gostaria de ver aquela expressão triste na sua cara; eu gosto de quando você está sorrindo.
Esses foram os meus momentos favoritos desde aquele dia havia começado a se repetir.

Como eu pensei, as cigarras barulhentas…
Também o miasma, balançando em pé a minha frente…

…e o verão. Eu realmente odeio ele.

――Quando eu olhei para cima, a barra de ferro acertou-me entre os olhos no momento exato.


Desde que tudo havia começado, de alguma forma o inverno havia chegado.
Eu odeio o verão, mas eu odeio o inverno também.
A minha estação favorita é a primavera.

Eu me pergunto quantos anos haviam se passado e estávamos vivendo aquele mesmo dia.
Já esperando o que você iria falar, eu o aguardava no balanço, no parque de sempre.

Naquele instante, ele entrou no meu campo de visão. Dei um sorriso e me levantei, indo até ele.

- Shiro! Você veio mais cedo hoje! Por que nós não esperamos o Sora j……
Eu encarei o adolescente alto de cabelos negros.
Aquele não era o meu irmão.

Alguém que lembrava vagamente o meu irmão.
Alguém que eu já havia visto várias vezes antes.

Alguém que inúmeras vezes ficou no meu caminho.
Alguém que não deveria existir.

Ele olhava para mim, chocado. Nos olhos dourados do jovem, era claro que eu não deveria estar ali. Paralisado, ele simplesmente me encarava.
Eu suspirei uma vez. Duas vezes. Então eu o encarei de volta com os olhos mais assassinos que pude.

- Eu não sei por que você está aqui, mas por favor.… fique longe de Sora. E sequer pense em tocar no meu irmão.

____


Long time ago

I had a beautiful long black hair
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://4hana.tumblr.com/
Ash K. Tsukiyomi
Filhos de Melinoe
Filhos de Melinoe
avatar

Mensagens : 46
Data de inscrição : 27/10/2012
Idade : 22
Localização : Encontre-me tentando se encaixar em algum lugar, mesmo sabendo que nunca conseguirei

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Qui 13 Dez 2012, 11:14

Arya, eu apaguei o meu comentário e vou escrever outro -q

Estou adorando ler a sua fic e quero que continue com as partes dos chat's porque elas são incríveis e eu rio alto com elas q

Você escreve muito bem. Parabéns

Agora, acho que ficou cansada de ler o meu comentário, de tantos "manolin's" que teve q

Tenha um bom-dia q

P.S.: "Quando eu olhei para cima, a barra de ferro acertou-me entre os olhos no momento exato." >>> -sqn

____



não abram herp' q:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tobias B. Scherer
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos
avatar

Mensagens : 61
Data de inscrição : 08/12/2012
Idade : 22

Ficha do personagem
Vida:
168/183  (168/183)
Energia:
158/183  (158/183)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Qui 13 Dez 2012, 15:15

Bem, primeiramente, gostaria de parabeniza-la pela sua brilhante história, Arya. Suspense emoldurado por romance, com um toque sutil de horror. Muito bom mesmo. Sem mencionar a sua grande habilidade na escrita, que prende a atenção do começo ao fim.

Agora, minhas impressões:

Bem, primeiramente, vou ser sincero. Eu tive grande dificuldade em entender. Se não fosse sua ajuda eu jamais teria entendido, então, muito obrigado. Quanto à história, bem, no começo eu achei que não iria gostar tanto, romance nunca foi meu estilo preferido de história, mas realmente devo admitir que estou gostando muito da história. Eu estava pensando em re-ler os primeiros capítulos para conferir algumas coisas.

Agora, como solicitado, minhas "teorias":

Eu não tenho nada muuuuuito grande, apenas sobre o Distrito onde eles estão. Durante minha leitura, eu me perguntei: "Será que, este é o distrito dos Mortos?" Onde todos que já morreram estão? Mas, durante conversas com você descartei está ideia, mas foi algo que me chamou atenção. Bem, não tenho nenhuma teoria mais por enquanto, desculpe.

Meu personagem favorito:

Por enquanto, nenhum. Ainda não encontrei um personagem que realmente me cativasse, mas creio que isso mude rapidamente, nos próximos capítulos.


Bem, é isto por enquanto, tentei colocar tudo aqui, mas posso ter esquecido algo por favor não me assassine

____




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arya W. Lewins
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 20
Localização : Ali, aqui, lá, em todo lugar. Faz alguma diferença?

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Sab 15 Dez 2012, 08:15

capítulo ix: vermelho


A história de dois pontos de vista


Mesmo quando eu finalmente entendi, já era muito tarde quando eu soube.

O impostor de cabelos negros parecia me esperar na porta da floricultura.
Ele riu de um jeito desdenhoso.

- Quanto tempo - a sua voz estava carregada de zombaria, como sempre. Os seus lábios se curvaram ligeiramente em um pequeno sorriso sádico. - Como está indo o pequeno experimento de Mekaku?

- Mesmo dizendo isso, você não é o meu protótipo e precursor? - a minha voz estava livre de emoção.

- Sim, sim. Mesmo assim, eu sou inútil para ele, você não - o garoto deu ombros, indiferente. Me avaliando da cabeça aos pés, ele parecia se perguntar a ameaça que eu representava. - Eu fiquei sabendo que uma garota começou a visitar a loja. Seria odioso se ela entrasse nesses dias de miasma também, não é?

- Você está me ameaçando?

- Você se preocupa com ela? - seus olhos dourados eram frios. Eu devolvi o olhar com a mesma frieza. - Por favor, não me faça rir. Esse é o tipo de mundo injusto que vivemos; alguns não tem memórias e outros precisam viver com o peso constante das lembranças de outras pessoas

- O que você quer…

- Ooops. Parece que eu falei demais. Não importa - ele balançou a cabeça, como se estivesse irritado com alguma coisa. Por fim, o garoto de cabelos negros suspirou. - Por mais surpreendente que pareça, eu não vim aqui para acertar as contas com você hoje. Vim te dar um aviso, Shiro

- Que tipo de aviso?

- Você entende, não é? - a voz dele… pela primeira vez, eu pensei ter escutado algum ponto de tristeza em sua voz. Então ele voltou a falar em seu tom zombeteiro e sádico habitual e eu pensei que havia sido apenas uma ilusão. - Mesmo que você fizer alguma coisa, nada irá mudar. Você sabe que isso é realidade; uma irregularidade não vai acontecer. Essa é a verdade desse mundo.

Por um instante, eu o encarei sem entender muito bem.
Então a verdade me atingiu como uma faca.

A reação dele foi um largo sorriso desdenhoso, rindo da minha desgraça.

- Isso não existe! Um futuro onde estejam ambos vivos! Isso já foi decidido; é impossível impedir que o acidente aconteça!!

Eu…

Eu nunca compreendi os sentimentos humanos.
Talvez o simples fato daqueles dois serem um mistério para mim foi o que me incentivou a me aproximar deles, em um primeiro momento.
"Essa é a sua história antiga: uma pessoa solitária derrama as suas lagrimas. 'Eu quero te ver de novo', ela diz."

E tudo o que mais existe é um incrível espaço vazio, livre de qualquer memoria.

Mas agora quando eu procuro no canto da minha mente, há uma lembrança da qual mal me posso recordar. A lembrança de uma garota de cabelos negros chorando.
Toda vez que eu conto para ela a verdade, ela irá chorar. Mesmo que a verdade não mude, não importa quanto ela chore.
Como todas as outras coisas, eu posso nunca saber a razão dela estar chorando.
Por que ela chora com a verdade?


- Por que ela está tão desesperada?

- O que… Akane… não. Você não vai argumentar? Que chato isso.

Eu não consigo me lembrar de seu nome, ou a razão de você estar chorando — Mesmo agora.
Eu sou—


- Esse nome…
Há quanto tempo ela estava ali?

Yami e seus brilhantes olhos azuis nos encarava.
- Como você sabe… esse nome…?

____


Long time ago

I had a beautiful long black hair
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://4hana.tumblr.com/
Ash K. Tsukiyomi
Filhos de Melinoe
Filhos de Melinoe
avatar

Mensagens : 46
Data de inscrição : 27/10/2012
Idade : 22
Localização : Encontre-me tentando se encaixar em algum lugar, mesmo sabendo que nunca conseguirei

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Ter 18 Dez 2012, 10:33

MEUS DEUSES DO OLIMPO!
ARYA LEWINS Ò.Ó
COMO ASSIM VOCÊ PAROU BEM NESSA PARTE DA HISTÓRIA? eu vou te assassinar -sqn

De qualquer jeito...
Você continua escrevendo muito bem! Seus textos são incríveis e sempre fico impressionado a cada capítulo!
A história pode sim ser um pouco complicada de entender, mas depois de algum tempo, relendo a parte, é facilmente compreensível. Não que seja algo ruim ter que reler. Pessoalmente, eu adoro reler os seus textos, pois os mesmos são impressionantes.

Parabéns ^^

[ Viu? O meu comentário foi maior dessa vez q ]

____



não abram herp' q:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tobias B. Scherer
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos
avatar

Mensagens : 61
Data de inscrição : 08/12/2012
Idade : 22

Ficha do personagem
Vida:
168/183  (168/183)
Energia:
158/183  (158/183)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Ter 18 Dez 2012, 11:50

Bem, não tenho muito a dizer sobre este capítulo. Apenas que aguardo pelo próximo, para a resolução do mistério.

Creio ter entendido a primeira parte em que o impostor diz que Shiro e outro alguém (que creio ser Yoko) não poderiam ficar vivos ao mesmo tempo, na mesma realidade. No entanto, eu faço bastante confusão com os nomes então, a chance de estar errado é de 75%. Como o Ash disse, é preciso re-ler a história, e eu farei isso em breve, porque creio que possa ir me acostumando com nomes e ambientes e logo a história apareça como um clarão em minha mente, mas, nunca se sabe não é?

Um pouco depois, pelo que entendi, Akane (ou Yami) apareceu no local da conversa de Shiro e do Impostor, e ficou surpresa pelo Impostor saber seu nome. As falas intercaladas eu não compreendi bem desta vez... Seria Sora? Que quando conta para Yoko a verdade ela chora, pois um dos dois acaba sempre morrendo naquele dia que se repete? Bem, por enquanto é isso.

Acho que não é preciso sequer comentar de sua escrita magnifica, e grande criatividade, realmente, parabéns, Arya.

sei que tá tudo errado, mas não me mate, ok, Arya?

____




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arya W. Lewins
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 20
Localização : Ali, aqui, lá, em todo lugar. Faz alguma diferença?

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Sex 21 Dez 2012, 21:25

capítulo extra: sekai

A história sobre um novo mundo

LEMBRETE: ESSE CAPÍTULO É APENAS UMA PARTE TIRADA DO AOZORA ORIGINAL, QUE FOI ESCRITO COMO ONE-SHOT E QUE SERÁ PUBLICADO COMO "Epilogo, Parte I; Sekai", "Epilogo, Parte II; Olhos Vendados" E "Final Alternativo; Dois suspiros caminhando"
ELE SERÁ CURTO, APENAS UMA COMEMORAÇÃO AO DIA 21 DE DEZEMBRO.
TOMAREI O MAXIMO DE CUIDADO PARA RETIRAR TODOS OS SPOILERS.

POR FAVOR, AGUARDEM O CAPÍTULO 10, "Capítulo 10; Querida Okamine"

Sinceramente, eu não sei se deveria postar isso como one-shot aqui no fórum ou se eu posto aqui mesmo.



――A sala de chat está vazia――

―Sekai entrou na sala―

Sekai diz: Os velhos deuses estão mortos.

Sekai diz: Agora, as suas crianças se divertem queimando seus livros extras.

Sekai diz: Ainda está cedo.

Sekai diz: Você não pode dormir ainda.

Sekai diz: Rápido.

Sekai diz: Não há tempo para pensar nisso.

Sekai diz: Simplesmente aceite o miasma.

Sekai diz: Ouça nenhum mal. Diga nenhum mal.

Sekai diz: Permita o mundo vendar os seus olhos e veja nenhum mal.

―Sekai saiu da sala―

――A sala de chat está vazia――



A cor da janela anunciava o fim da noite.
A garota de cabelos prateados deu um pequeno sorriso.

Os olhos cinzentos do menino piscaram.
Com que regras ela estava jogando?

Em sua frente, ela se deleitava examinando o tabuleiro hexagonal. Uma mistura de peças de xadrez e dama estavam espalhadas pela mesa e ela segurava alegremente cartas de algo que parecia tarot.

O garoto resolveu se aproximar.
Ela o escutou e virou a cabeça, seus olhos azuis reluzindo. O esboço de riso em seu rosto se alargou e a menininha virou a cadeira de rodas.

- Bem-vindo de volta!

- Estou em casa - ele admitiu. Contornando a mesa, se sentou na cadeira na extremidade oposta de onde a garota estava e examinou o tabuleiro - Está jogando o que?

- Primeiro, houveram quatro deuses - ela se lembrou, com um riso travesso no rosto.

- Mas eles não podiam realizar os milagres que os motivaram a chegar aos seus tronos - o menino se lembrou, encarando o tabuleiro. Aquela ideia… - Mas o que isso tem a ver com o jogo?

- Cinco crianças então foram concebidas - ela continuou a narrar, como se não tivesse sido interrompida. Jogando uma carta na mesa, no centro do tabuleiro que parecia ser a única área desocupada, ela ficou pensativo - Um genial menino e a sua valente companheira. Seus nomes foram esquecidos em duzentos anos de existência. Eles são os dois amantes, os dois inteiros que se encaixam.

Fazia sentido.
Duas cartas foram despejadas sobre a mesa, de uma vez.

- E então as duas metades que se completam. Caos dentro da Ordem. Ordem dentro do Caos - ela deu um pequeno suspiro com memorias desagradáveis. O garoto de olhos cinzentos não teve escolha senão rir - Eles deram muito, mas muito trabalho… A lua, a astucia para encontrar a irregularidade e o sol, a habilidade de aceitar a vida como ela é e viver contente. Mas mesmo assim, eles tiveram que ser guiados, aqueles dois. Então entra a menina.

Outra carta.
O garoto suspirou, já sabendo qual seria o descarte daquela vez.
Ele concordava plenamente.

- A estrela. O passado encontrou o presente e mostrou novos caminhos. E então, entre os cinco, os três novos deuses desse mundo foram escolhidos.

- Espera, você não está dizendo que…

- Sim - ela lhe entregou a carta, sorrindo. Seus fios prateados pareciam balançar como teias de aranha - Duas metades formam o inteiro. Sol e lua formaram o mundo que foi guiado pela estrela. Mas o mundo mudou e a estrela perdeu o brilho. Você sabe o que isso significa?

- Você é doida - ele também tinha um risinho no rosto.

- O próximo jogo deve ser interessante.

―Riku entrou na sala entrou na sala―

Zion diz: Olá, Riku!

Miku diz: Droga!

Miku diz: Tente chegar na hora combinada pelo menos uma vez!

Riku diz: Desculpa, desculpa

Riku diz: E então, onde estão os outros?

Zion diz: Estavam todos aqui alguns minutos atrás.

Miku diz: Você se atrasou tanto que eles saíram.

Miku diz: Estávamos combinando de sair algum dia desses.

Riku diz: Eeeh, sério?

Riku diz: Miku, me passe os detalhes alguma hora!

Zion diz: Eu passo!

Zion diz: Falando nisso, Riku-san

Zion diz: Já se acostumou com a sua casa?

Riku diz: Sim, eu acho

Riku diz: É uma cidade nova, de qualquer jeito

Riku diz: Zion, você ainda me deve um passeio pelo bairro!

Miku diz: Vocês se conhecem na real?

Zion diz: Sim, estudamos na mesma escola

Zion diz: Miku-chan, você falou que ia se transferir para o Colégio Tateyama esses dias

Zion diz: Somos do segundo ano de lá

Miku diz: Ah, entendo

Riku diz: Sala de Ciências Preparatórias

―Sekai saiu da sala―


Riku diz: É bem legal lá, a turma é pequena

Miku diz: @Sekai, havia alguém assim no chat?

Zion diz: Vai saber…

Zion diz: Desculpa, terei que me deslogar!

―Zion saiu da sala―



Faltavam poucos dias para o Natal.
Mesmo que o mundo tenha começado a se mover em um dia quente de verão, quando tudo foi planejado, faltavam poucos dias para o Natal.
Novamente, era dia 21 de dezembro, pouco antes da meia-noite.

Isso foi a dois anos atrás.
Mal sabíamos nós que nossa vida iria mudar.
Nossa vida absolutamente normal…
Onde nada mudava, nunca…

Naquele tabuleiro com apenas peões dançando ao ritmo de uma deusa impiedosa, todos tentávamos virar uma peça com algum valor.

As vezes, a mudança é inesperada.
As vezes, lutamos para algo mudar.
As vezes, nos arrependemos sem aviso prévio.

E lá, abandonada em um canto, a carta do tolo que confia.
Esse foi o fim de uma história sobre o jogo daqueles que desafiaram o miasma.
Agora a história onde um peão roca e se torna rei começou.
[

____


Long time ago

I had a beautiful long black hair
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://4hana.tumblr.com/
Tobias B. Scherer
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos
avatar

Mensagens : 61
Data de inscrição : 08/12/2012
Idade : 22

Ficha do personagem
Vida:
168/183  (168/183)
Energia:
158/183  (158/183)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Sex 21 Dez 2012, 22:53

Queijos, queijos e mais queijos tra la la la laaa, thanks Arya *000*

Muito bem, agora o post...


Bem, a primeira teoria seria a de que, as 5 crianças citadas pela menina tratam-se dos personagens atuais da trama (Shiro, Akane, Sora, Yoko, Kuro). Os dois amantes, os dois que se completam... Bem, no começo eu tendi a acreditar em Akira e Akane, mas como dito por você, apenas os vivos, então... Sora e Yoko? Segundo você, existem grandes indícios ( momento L.... as chances são de 89%). Também creio que os dois protagonistas deste capitulo sejam de 2422, ou algo para frente.

Quando ela se refere a Lua e Sol, tive uma grande lembrança de Akira e Akane e vou explicar... A Akane, enxerga o Akira dentro de Shiro, as memórias talvez... É astuciosa... Já o Sol aceita a vida e a viver contente, me lembra Akira dizendo que vive sem arrependimentos... Pode estar errado, mas é o melhor que tenho por enquanto... Poderia ser Akane e Shiro também....

A estrela... Aquela que os guia... Uma menina... Em minha teoria só restou Kuro ( vou castrar seu personagem ok? -sqn ) então, juntando com outra coisa dita por ela, pode ser alguém do começo da história que não da mais as caras por aqui. Bem, não me lembro de ninguém, infelizmente... Poderia ser essa garota na cadeira de rodas também...

Você comentou sobre muitas lutas e mortes, e a menina falou sobre uma seleção de deuses, então creio que haja uma ligação like a Jogos Vorazes...

Quanto ao final, creio que se refira aos dois protagonistas, ou até mesmo, um passado distante....

Bem, é isso...desculpa pela demora XD

____




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arya W. Lewins
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 20
Localização : Ali, aqui, lá, em todo lugar. Faz alguma diferença?

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Seg 24 Dez 2012, 08:27

capítulo x: querida okamine


A história sobre ele e ela


O pânico me espreitava silenciosamente, como a sombra da morte fazia antes.
Agora aquele ser tenebroso que seguia os meus passos não existia mais.

Quando eu tampei a boca, senti o frio da mascara em meu rosto. A despeito do contato com o meu corpo, o metal não estava quente, nunca estava.
Os meus sentimentos me atingiram como um soco.

- A… Ak――!
Eu tentava gritar o nome dele, mas a voz não saia.

Dois Shiros…
Mesmo assim, o garoto de cabelos escuros me lembrava dele, ainda mais que o albino. A semelhança era perturbadora, mas algo estava errado…

Aqueles olhos dourados tinham um brilho cruel.

- Ora, ora… se é a nossa querida Okamine…
Ele se aproximou e eu me senti presa entre dois imãs de polaridades iguais.

Enquanto alguma coisa dentro de minha cabeça me mandava desesperadamente fugir, algo me impelia até o menino. Lagrimas se formavam em meus olhos e eu piscava tão rapidamente que formava uma brisa.

A minha cabeça estava confusa.
Aquele era o Shiro, mas ao mesmo tempo não era o Shiro, como um retrato que havia sido feito em negativo.
Porém, como o Shiro, ele me lembrava desesperadamente de Akira.

- Não a toque.
O garoto de cabelos brancos segurou o ombro dele, o impedindo de se aproximar mais. O clima entre os dois era visivelmente tenso e algo que não era o medo levava o meu coração a boca.

Eu me sentia paralisada. Era como se eu estivesse em um ponto desconfortável entre o sol e o espaço gelado ou a lua.
Ao mesmo tempo, o calor e o frio me eram insuportáveis, mas se eu chegasse mais perto do sol, iria me queimar e apenas o enregelamento me aguardava a distancia.

- Por quê? Você vai me impedir? - provocou o garoto de cabelos negros, com um sorrisinho debochante no rosto. - Você sequer consegue salvar a vida daqueles dois. Pensando bem, seria melhor você desistir. Eu te avisei, uma irregularidade não vai acontecer.

Shiro afastou a mão como se uma corrente elétrica tivesse percorrido o seu corpo. Eu estava tremula, sem conseguir focar direito a minha visão.
Por que eu estava reagindo daquela maneira!?

O garoto de cabelos negros cruzou a pequena distancia que nos separava até que pudesse me tocar caso estendesse o braço.
Gentilmente, ele tocou o meu rosto. O calor febril de sua mão era extremamente nostálgico.
Naquele instante, eu vi os seus olhos. Aquela expressão era de imensa tristeza, de alguém que estava prestes a chorar.

Eu segurei o folego. Sim, aquilo era doloroso.

- Você é ainda mais fofa em pessoa, A… Okamine-chan.
Os meus lábios tremeram.
O menino de olhos dourados desviou o rosto e parou de me tocar.

Os seus lábios se moveram, mas som nenhum saiu. Eu tentei lê-los, mas a frase que eu compreendi não chegava a ter muito sentido.

"Estou feliz que você esteja bem."

Ele por fim se afastou e encarou Shiro.

- Bem, eu prometi a um certo alguém que não podia fazer mal a vocês três. Acho que isso também inclui ela - ele deu um sorriso sombrio e encarou o garoto de cabelos brancos, como se debochasse dele. - Mas lembre-se… você não pode fugir dela. Nenhum de nós pode. Até mais, experimento fracassado!

- Oe, espere―!

- Foi um prazer te conhecer, Okamine!
Ele se afastava em direção a rua.

Eu simplesmente não fui capaz de me mover, assim como da última vez.
Na última vez, porém, o meu corpo não me deixava fazer nada.
Agora algo diferente me mantinha presa ao chão.

Naquele instante, eu estendi a minha mão, a manga negra tremulando ao vento invernal.
Shiro delicadamente tocou o meu ombro.

- Yami… tem alguma coisa escorrendo em seu rosto…

Eu enxuguei as lagrimas, que haviam começado a gotejar sem motivo aparente.

____


Long time ago

I had a beautiful long black hair
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://4hana.tumblr.com/
Tobias B. Scherer
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos
avatar

Mensagens : 61
Data de inscrição : 08/12/2012
Idade : 22

Ficha do personagem
Vida:
168/183  (168/183)
Energia:
158/183  (158/183)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Seg 24 Dez 2012, 10:00

Muito interessante, Arya... Uma boa ponte para o futuro da Fic. Eu tenho algumas teorias para o futuro, espero chegar perto da resposta desta vez...

Pelo que entendi, Kuro e Shiro tem alguns conhecimentos que Okamine não tem sobre algo envolvendo a mesma e os dois garotos. No entanto, Shiro e Kuro parecem ter uma opinião diferente entre si. Shiro parece não gostar das coisas como estão que quer mudá-las, mas segundo Kuro isso é inútil. Creio eu que se trate de algo relacionado à Organização citada no começo (ou não, posso estar viajando lindamente aqui) ou algum poder superior que "decida os destinos" dos envolvidos. Kuro parece se divertir com os fatos que estão por vir, mas parece não querer mal para Okamine... Kuro fala sobre Shiro ser "uma experiencia que deu errado" o que me leva a teoria de clonagem (dita por você em algum momento, mas não sei se aplica aqui) ou algum outro tipo de experiencia que leve Okamine a enxergar alguma semelhança entre os dois e Akira (não entrarei em muitos detalhes quanto à isso, pois creio não ter algo plausivel para isso).

Bem, quanto ao meu personagem favorito, creio que seja o Shiro ou a Okamine, ainda não decidi ao certo, espero decidir logo.

Bem, sem mais....Meus parabéns Arya, uma ótima história.

____




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arya W. Lewins
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 20
Localização : Ali, aqui, lá, em todo lugar. Faz alguma diferença?

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Seg 24 Dez 2012, 11:47

capítulo xi: as verdades por trás do branco


A história sobre ele


- Comece a falar - ela instruiu.

Eu desviei o olhar.
Yami estava assustadora, se eu precisasse defini-la em uma palavra.

Os seus olhos azuis me encaravam, brilhantes. A sensação que eu tinha é que ela olhava para dentro da minha alma e revirava o meu intimo, o que realmente me intimidou.
Estávamos na estufa atrás da loja, onde Yoko cuidava das flores. Havíamos colocado uma mesa e algumas cadeiras lá recentemente por ideia de Sora, já que ele e a menina só ajudavam por lá.

Okamine Kurayami agora estava sentada em uma delas, com os pés calçando botas negras em cima da mesa. Eu suspirei, tentando manter a calma.

- Eu só quero que você fique longe dele - expliquei, escolhendo as palavras com cuidado. Eu não duvidava muito que ela podia… ahn, qual era o termo certo? Me bater, deveria ser isso. Ela com certeza me socaria se eu falasse algo indelicado. - Ele só é assim 40% do tempo. Normalmente ele está torturando e assassinando alguém por ai. Seus alvos preferidos são garotas, assim como você.

- Eu não acho que ele seja uma pessoa má no fim das contas.

- Como eu disse… não seja enganada por ele - a minha voz era um pouco suplicante, mas eu tinha um sentimento estranho pela menina.
Era a mesma vontade de protegê-la que eu sentia por Yoko e Sora, porém…

- Desculpa, Shiro. Alguém capaz de fazer aquela expressão não pode ser tão ruim assim…

- Yami! - no impulso, eu me levantei e a cadeira caiu para trás. Batendo as mãos na mesa, eu perdi o controle sobre a minha língua. - Por favor, entenda. Aquele cara é perigoso! Você parece exercer algum controle sobre ele, mas ele não é h…

- Ele não é o que?

- Esqueça - pedi, desviando o olhar. - Só… só fique longe dele, ok?

- Desculpa, Shiro… eu não posso prometer isso - o tom dela era incrivelmente triste. A menina abriu a boca uma ou duas vezes antes de falar. - Quando eu acordei nesse mundo, eu… eu não sabia quem eu era. Comecei a achar que todas as minhas memórias de antes eram uma mentira, mas agora que eu sei que ele existe há uma chance e…!

- Ok, eu entendi - desviei o olhar mais uma vez. Tentava organizar os pensamentos, enquanto a garota de cabelos cianos parecia inquieta a minha frente. Seus olhos índigos demonstravam a sua surpresa. - Apenas não fique muito amiga dele. Se… se você quer saber mais sobre si mesma, eu acho que posso ajudar. Eu tenho sérios assuntos com ele também.

- Sério!? Muito obrigada, Shiro! - ela tirou os pés da mesa e o seu rosto se abriu em um largo sorriso. Eu não pude me sentir estranho com aquilo.
Os meus lábios se curvaram em um pequeno sorriso também. Os nossos olhares se cruzaram e a menina virou o rosto de lado levemente.

- Eu… eu só tenho uma última pergunta. Você poderia responde-la?

- Ah, sim - aquilo meio que me pegou de surpresa. Eu ajeitei a cadeira me sentei, envergonhado em perceber que ainda estava em pé. - O que é?

- Responda sinceramente, ok? - ela tomou folego. - Shiro… você é humano?

Tsc.
Eu mordi o meu lábio, pensativo. De novo, tinha que tomar cuidado com as palavras.
Dessa vez, para não feri-la demais.

- Eu sou…

―Mekakushi entrou na sala―

―Kagome entrou na sala―

Mekakushi diz:
Então

Mekakushi diz: No fim é verdade que você está viva.

Kagome diz: Sim, eu voltei do inferno.

Mekakushi diz: Você se importaria de me dizer como estão as nossas crianças?

Kagome diz: Elas cresceram e viraram belos jovens.

Kagome diz: Mesmo assim, eles ainda não sabem nada sobre si mesmos.

Kagome diz: Nada sobre tudo em si.

Mekakushi diz: Entendo.

Mekakushi diz: E então?

Mekakushi diz: E a garota que brilha como o sol?

Mekakushi diz: Ela continuará quieta?

―Kohaku entrou na sala―

Kohaku diz:
Ela não é o sol.

Kohaku diz: O brilho do sol é pequeno e insignificante.

Kohaku diz: Ela é uma estrela.

Kohaku diz: E eu sei que ela não ficará quieta.

Kohaku diz: Não com o que está acontecendo.

―Kohaku saiu da sala―


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://4hana.tumblr.com/
Tobias B. Scherer
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos
avatar

Mensagens : 61
Data de inscrição : 08/12/2012
Idade : 22

Ficha do personagem
Vida:
168/183  (168/183)
Energia:
158/183  (158/183)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Seg 24 Dez 2012, 12:14

Olha eu aqui mais uma vez \o\

Vamos lá... Capitulo bem interessante... Curto e objetivo. O que eu acho do futuro? Bem, este vai ser mais simples, peço desculpas. Creio que Okamine tenha conciencia das suas memórias, mas no entanto, não saiba direito de onde elas vem, o que significam ou qualquer outra coisa e ela vê em Kuro uma esperança de que possa esclarecer tudo sobre si, mesmo que isso tenha seus riscos. Shiro sabe destes risco e, devido à sua ligação com Akira (memórias), ele esteja ligado com Okamine (pela Akane), creio. Se pode existir algo entre eles (independente de Akane e Akira), não sei... O que Shiro e Kuro podem ser? Os deuses das cartas e das histórias, crianças lendárias, Batman e Robin logo descobriremos, creio.

O pessoal do chat, realmente, eu achei que eles estavam ali apenas para quebrar o gelo, mas parece que eles tem algo muito importante pela frente.

Bem, estou na esperado do próximo capitulo, continue sempre escrevendo bem assim, Arya.

____




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arya W. Lewins
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 20
Localização : Ali, aqui, lá, em todo lugar. Faz alguma diferença?

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Seg 24 Dez 2012, 13:16

capítulo xii: as mentiras por trás do preto


A história sobre ele II


Ela havia vindo de novo.
Eu suspirei, tentando coloca-lo sobre controle.

De novo, de novo e de novo.
Não importava quantas vezes o miasma escurecesse o mundo…
O quanto eu a pedisse para ficar longe…
O quanto eu tentava espanta-la…
Ela sempre voltava.

Mesmo assim, eu não entendia o que passava em sua mente.
Ela havia falado com o Shiro, não?
Aquela garota deveria me odiar naquele ponto ou coisa assim.

Haviam ótimos motivos para ela ficar longe de mim. O fato de eu não entender por que ela sempre voltava me irritava.

A sombra negra parou na minha frente, suas vestes pretas a disfarçando na escuridão da manhã. Suas íris de uma cor parecida com indigo tinham uma coloração arroxeada por causa dos vidros avermelhados que protegiam os olhos e ofereciam uma brecha para a visão. Seus cabelos azuis estavam ocultos pelo capuz, embora algumas mechas estivessem caídas sobre os seus ombros.
Parcialmente escondido pelas sombras, eu virei o meu rosto para o outro lado enquanto ela se aproximava.

Mesmo assim, já era tarde demais.

- Você veio - eu disse, me levantando. Antes que sequer eu tivesse tempo em pensar em fugir dela, a garota me encurralou. Eu havia brigado com ela uma ou duas vezes nos últimos dias e já havia aprendido que não era uma boa ideia.

- Eu vou vir até que você pare de me ignorar - ela disse com simplicidade, tirando a mascara. Os fios cianos de seus cabelos flutuaram com o vento quando o capuz caiu, revelando os seus olhos que brilhavam como duas lanternas em meio da noite.

Mordi o meu lábio, irritado.
Não era que eu queria ignora-la, simplesmente não podia me dar o luxo de ficar perto dela. A garota era a chave que abria as portas daquele odioso ser dentro de mim. Se Shiori descobrisse que eu havia perdido o controle de novo, ela provavelmente me descartaria.
E então, ela iria atrás dele.

No fim, a única opção que me restava era ficar longe dela.
Pelo bem deles, para que tivessem as suas melhores chances e o seu futuro não estivesse destruído para sempre.

"Aqui vem a pior noite", me adverti enquanto movia lentamente a minha mão…
E então rapidamente, passei a apertar o pescoço dela.
A menina me encarou com uma expressão indecifrável, como se eu estivesse falando algo que a desagradasse, mas só isso.

- …No final, você só quer se apegar a mim, não é? - perguntei, irritado. Aquilo não seria o suficiente para me deixar com raiva, mas o pior eram os possíveis motivos dela. Disfarcei todos os meus sentimentos com um sorriso que parecia me matar por dentro. - Porque Akira morreu e Shiro não tem memórias, você vem atrás de mim? …Que egoísta da sua parte.

Eu a encarei, com tristeza. Por mais que eu tentasse fingir, eu não tinha tanto controle dos sentimentos daquela maneira.
Como humanos podiam conviver com aquilo?

- É verdade que eu tenho as memórias de Akira, mas isso é tudo. Eu não sou nem "Akira" nem "Shiro". Eu sou "ninguém" para você, Akane.

O rosto da menina se contorceu em uma expressão de raiva. Ela começou a deslizar lentamente sua mão até a minha.

- Ninguém?

- O que…
Eu comecei a relaxar o aperto ao redor de seu pescoço. Simplesmente, a encarava chocado.

- Não diga coisas estupidas!
Ela caiu no chão com um ruido leve, como se quase não tivesse peso. Ela segurava a minha mão com força, mas não era como se quisesse me machucar. Havia algo gentil em seu toque frio e a menina me encarava com irritação.

- …Está certo. Eu ainda não me recuperei do encontro com Shiro. Quando eu finalmente fui capaz de encontra-lo, ele não tinha memórias. Eu comecei a ficar deprimida e a duvidar dos dias com Akira. É por isso que eu fiquei feliz de conhecer você.
A sua expressão mudava rapidamente. Da raiva inicial, a gentileza e a tristeza. Seus olhos brilhavam ainda mais, talvez pelo amanhecer que vinha lentamente ou por causa das lágrimas que se formavam em seus olhos.
Um meio sorriso tomou conta de sua face.

- É repentino, mas eu estou feliz. Embora os dias que eu passei com Akira tenham acabado, as memorias permanecem. Fiquei contente pelo fato que aquilo não era uma mentira. Mas o que me deixou mais feliz foi você que me chamou de Akane ― a despeito da minha aparência e de tudo estar diferente de antes - o sorriso dela se apagou, dominado por uma expressão séria. Mesmo assim, eu ― ou melhor, Akira ― conhecia bem o suficiente aquela garota para dizer que havia felicidade em seus olhos. - Então para mim… para Okamine, a única pessoa que conhece Akane agora é "você".

- Por que…

Por que você aceita isso? Mesmo que eu tenha as memórias dele, eu não sou Akira. Sequer sou o Shiro que você conhece. Mesmo que eu seja ninguém, que eu seja apenas uma imitação — Por que você me aceita?


Eu estava assustado em encarar os seus sentimentos; eu queria fugir. No entanto, os seus olhos de um azul brilhante me capturaram, me impossibilitando de fugir.
A menina desviou o olhar.

- Bem, eu acho que já esclareci tudo o que precisava com você - ela disse, a sua voz soando extremamente clara. Eu estava paralisado, sem conseguir me mexer. - Desculpe se eu ocupei demais o seu tempo, mesmo sem saber o seu nome… Shiro disse que é Kuro. Algum problema se eu te chamar assim?

Eu não pude responder.
Ela simplesmente cerrou o punho e alguma coisa escorreu pelo o seu rosto.

Dando costas para mim, ela foi em direção ao dia que amanhecia.
Eu queria gritar e ir atrás dela, mas eu não percebi exatamente o que eu queria dizer antes que fosse tarde demais.

Desviando o olhar para o chão, eu vi a mascara que a menina usava caída. Um dos olhos estava rachado.

Meus verdadeiros sentimentos—?!

- Akane!
Eu corri.

____


Long time ago

I had a beautiful long black hair
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://4hana.tumblr.com/
Tobias B. Scherer
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos
avatar

Mensagens : 61
Data de inscrição : 08/12/2012
Idade : 22

Ficha do personagem
Vida:
168/183  (168/183)
Energia:
158/183  (158/183)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Seg 24 Dez 2012, 13:58

Três capítulos em um dia Arya, meus parabéns \o\

Bem, vou ser rápido. O que são Shiro e Kuro? Depois de refletir um pouco... Androides? Humanoides ou similares? Foram criados sem memórias, para que fossem depositados memórias humanas neles e por isso que Kuro disse para Shiro que ele é "uma experiencia que deu errado" e por isso ele não tem memórias, como dito por Okamine? Provavelmente não, mas... Kuro está preocupado por ser um impostor, será que ele pode ser uma cópia de Shiro, "uma versão melhorada" onde as memórias do Akira foram colocadas para evitar de serem colocadas no Shiro? Eu devo estar viajando mas... Bem, uma coisa é certa, ainda tem muitos mistérios rolando na fic.

Bem, como já dito anteriormente, boa sorte, Arya e continue escrevendo bem assim \o\

____




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arya W. Lewins
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 20
Localização : Ali, aqui, lá, em todo lugar. Faz alguma diferença?

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Ter 25 Dez 2012, 23:15

capítulo xiii: o calor da sua mão direita


A história sobre o barulho das cigarras


- Itai! Itai! - o garoto gritava, irritado - Eu não a amo! Akira ama! Quero dizer, AMAVA! Aquele idiota nunca contou para ela! Ele estragou todas as suas chances de ser verdadeiramente feliz antes de morrer! Estupido humanos!


Aquela simples memória me dava vontade de rir.
Fora por causa daquilo que eu concordara ajudar Kuro no inicio das contas.

Eu entendia que ele se importava com a Okamine. Eu compreendia os seus sentimentos.
Eu me preocupava da mesma maneira com Sora.


Para a nossa surpresa, já era noite.
Nada aconteceu aquele dia.

A nossa felicidade não podia ser mais obvia enquanto andávamos pelo parque.
Distraída, me sentei no balanço.

- Você está sorrindo - confessou Sora, um pouco tímido, parando na minha frente.
Eu dei um pequeno impulso com os meus pés, de forma que ficasse mais perto do garoto.

A cor dos olhos dele me fascinava. Dependendo da luz, poderiam parecer de um vermelho-acastanhado, como uma granada. Agora, no escuro, estavam escuros como a madeira de nogueira.
- Você também - havia uma entonação travessa e moleca em minha voz. Eu o encarava em tom de desafio.

Meus pés não tocavam mais o solo e a gravidade me puxou para trás, me afastando do menino. Sora deu um passo a frente e tropeçou de leve.
Eu ri, me levantando de um salto e caindo de leve em cima dele.

- Yoko…!

- Sora! - eu ri chamando o nome dele. Assim como a voz, a silhueta, o jeito de andar e tudo no garoto, aquilo era outra coisa que me acalmava. O meu sorriso diminuiu um pouco e eu afundei o meu rosto na roupa do garoto. - Sora…
Não se preocupe… eu protegerei você

- Ah, é mesmo! Eu me lembrei!

- O que…

Eu peguei a mão do garoto enquanto me afastava rapidamente dele, agradecendo por estar escuro. Encostando de leve a palma da minha mão direita na esquerde dele, eu sorriso.

- Eeeh! As suas mãos são grandes, Sora!

- Mas qual é o…

Ele se calou no instante que eu entrelacei suavemente os meus dedos com os dele, sorrido.
O garoto piscou uma, duas vezes; então, repetiu o gesto.

- Okamine me mostrou isso ontem. Dizem que quando as suas mãos são seguradas repentinamente, o seu coração bate mais devagar e…
Com o braço livre, ele agarrou o meu pulso que estava repousando suavemente do lado esquerdo do meu corpo.
Meu rosto ficou vermelho.

- E-Está batendo mais rápido? - ele perguntou, o rosto tão corado quanto o meu. Desviei o olhar.

- Sim…
Aquela coisa quente pingou na minha luva.
E gotejou de novo e de novo.

Tomando coragem, eu encarei o rosto de Sora.

- Sora, o que…

- Desculpa - ele deu um pequeno sorriso tímido. Normalmente, eu pensaria que era por causa daquilo que ele não era popular com as garotas, mas alguma coisa totalmente inundava o meu coração agora.
Tristeza.

- É que… o dia foi bem divertido, não? Eu, você, Shiro e até a Okamine. E… todos nós estamos bem, por isso… por isso eu estou feliz. Estou feliz que você esteja aqui, Yoko…
Naquele instante, também havia algo escorrendo a partir de meus olhos.

Eu não tenho muita certeza de quem tomou a iniciativa naquele instante.
Se Sora me abraçou porque precisava de um apoio ou eu o abracei pois queria consola-lo,

Nós ficamos daquele jeito por um período incalculável de tempo, chorando.
Eu provavelmente não deveria ter dito aquilo, mas as palavras simplesmente saltaram de minha boca antes que eu pudesse controla-las.

- Eu… gosto de você.

Me afastei por acidente.
Idiota, você estragou as suas chances dele ter entendido errado.

- A sua mão! - tentei me justificar, rapidamente. Por que, diabos, eu estava suando tanto naquele frio? - Ela é… macia e… quente e… são realmente bonitas! Eu realmente gostaria de ter esse tipo de mão…

- Ha… haha… - ele deu um sorriso, rindo um pouco. Eu desviei o olhar, de forma que eu pareci realmente patética. - Eu também gosto muito das suas mãos, Yoko!

- Eh…
Eu havia me esquecido que estávamos de mãos dadas.

- Eu realmente gosto delas.

- S-Se é assim que você diz… - eu acho que ele também desviou o olhar nesse ponto. Consegui senti-lo se mover a partir de seu braço e… aquilo era um pouco estranho, no final.

- Está ficando tarde. Acho que seria bom irmos para casa.

—————


Até o ponto de ônibus, ele me tratou com indiferença.
Provavelmente Sora não considerava aquilo estranho no final das contas, talvez eu estivesse apenas fantasiando.

Arrumando alguma coragem, eu o olhei pelo canto do olho. Era o Sora que eu sempre havia visto, não o pedaço de algo vermelho que habitava os meus pesadelos.

No final, eu acho que era aquilo. Eu estava sozinha ali, não podia contar para o garoto. Não de novo.
Toda vez que eu lhe contava a verdade, ele acabava morrendo no final.

—a noite descrevia algum sonho deslumbrante—
—a manhã engloba uma esperança brilhante—

Não havia ninguém para dizer aquelas coisas.
Eu realmente odiaria se houvesse.
Nós dois provavelmente já havíamos visto o pior. Odiava que adultos me olhassem como se eu fosse alguma criança ingênua e desprotegida e quisessem me proteger de suas maneiras fúteis e inúteis.

Ele me despertou de meus devaneios me dando um beijo na bochecha.
Antes que eu pudesse ameaçar Sora de morte ou bater nele, o garoto me encarou com uma expressão preocupada.

- Hm… apenas tome cuidado no caminho de casa, ok? Você é bastante distraída, preste atenção onde você está pisando!

- O q……
Antes que eu pudesse questiona-lo mais, o garoto saiu correndo.

Aquelas palavras simplesmente me deixaram mais distraída.
Pois, no caminho para casa, eu escorreguei o pé.

Naquele dia 22 de fevereiro, pouco antes da meia-noite, eu vi um brilho vermelho e cruel preencher o céu negro e sem estrelas.
Daquele instante, eu tenho a memória de uma cigarra cantando em meio ao inverno.

―A sala de chat está vazia―

―Kagome entrou na sala―

Kagome diz:
Hoje, dia 22 de fevereiro.

Kagome diz: Várias pessoas falharam em dizer o que gostariam.

Kagome diz: Provavelmente, elas perderam a única chance que teriam na vida.

Kagome diz: Isso causará pessoas depressivas e uma alta taxa de suicídios amanhã.

Kagome diz: Por favor, tomem cuidado.

Kagome diz: Boa-noite.

―Kagome saiu da sala―

―A sala de chat está vazia―



____


Long time ago

I had a beautiful long black hair
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://4hana.tumblr.com/
Tobias B. Scherer
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos
avatar

Mensagens : 61
Data de inscrição : 08/12/2012
Idade : 22

Ficha do personagem
Vida:
168/183  (168/183)
Energia:
158/183  (158/183)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Qua 26 Dez 2012, 10:24

Arya, você não precisa levar um tiro ¬¬

Bem, vamos lá. Este capítulo foi bom, afinal, um dos tópicos da fic é Romance, não é? Enquanto eu lia, eu pensava "Se o Sora e a Yoko falassem ao mesmo tempo, os dois morreriam, ou os dois sobreviveriam?" Foi mais ou menos o que aconteceu, creio eu. Yoko foi mais direto, mas talvez Sora não tenha entendido perfeitamente. Sora deu um beijo em sua bochecha, que talvez possa ser considerado o mesmo que Yoko fez. A conversa sobre as mãos pode ser similar, de forma tímida.

Creio não ter qualquer teoria para este capítulo, desculpe, Arya.


____




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arya W. Lewins
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 20
Localização : Ali, aqui, lá, em todo lugar. Faz alguma diferença?

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Sex 28 Dez 2012, 09:27

não é um capítulo: arya vai viajar


Leiam, recados importantes


―Karumi entrou na sala―

Karumi diz:
Ohayo, minna-sama \o\

Karumi diz: Aqui é a Arya /o/

Karumi diz: Vocês estão bem?

Karumi diz: Sim, é isso. Eu vou viajar hoje.

Karumi diz: Infelizmente, só vou voltar na terça ;-------;

Karumi diz: Sem novos capítulos até lá então.

Karumi diz: Ah, e uma boa noticia para as pessoas que gostam do Mekakushi.

Karumi diz: TALVEZ, somente TALVEZ ele ganhe um capítulo especial onde o nosso assustador quebra-gelo será o narrador.

Karumi diz: Provavelmente será a visão externa do capítulo 17, assim como o capítulo 2 foi a visão externa do capítulo 1.

Karumi diz: E provavelmente o Kuro será parcialmente vendido ao fanservice.

Karumi diz: FÃS DO SHIRO, NÃO ME MATEM!! PROMETO FAZER ELE APARECER MAIS!

Karumi diz: Ah, sim, agora o que interessa...

Karumi diz: Por favor, me ajudem a escolher os nomes dos novos personagens /o/

Karumi diz: Na versão original de Aozora, Shiro se chamava Sora e o Kuro era o antagonista chamado "No.i" e os dois novos personagens que seriam apresentados nos próximos 2/3 capítulos seriam chamados de Kuroi e Shiro.

Karumi diz: Pelo nome dos dois protagonistas masculinos, isso não é mais possível.

Karumi diz: Então eu quero ajuda para escolher o nome desses novos personagens \o\

Karumi diz: Eles iam se chamar Roxas e Kyoko, mas alguém provavelmente vai me cobrar Keyblades e eu vou dar um tiro 'u'

Karumi diz: Então a proposta; criem dois nomes de personagem, um feminino e um masculino.

Karumi diz: Eles precisam ser relacionados ao céu e ao oceano de alguma maneira, ou serem qualquer anagrama ou mistura de letras que envolva A - O - S - R (masculino) ou O - O - Y - K (feminino).

Karumi diz: Muito obrigada!

Karumi diz: Se eu não encontrar nenhum nome que me agrade, decidirei entre Saro e Kyoo e Roxas e Kyoko.

Karumi diz: Até mais!

Karumi diz: Eu prometo o capítulo 14 para terça ou quarta que vêm.

Karumi diz: Não me abandonem nesse tempo.

―Karumi saiu da sala―



____


Long time ago

I had a beautiful long black hair
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://4hana.tumblr.com/
Tobias B. Scherer
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos
avatar

Mensagens : 61
Data de inscrição : 08/12/2012
Idade : 22

Ficha do personagem
Vida:
168/183  (168/183)
Energia:
158/183  (158/183)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Sab 29 Dez 2012, 19:35

na boa, eu to sem ideia nenhuma Yao ming

Bem, vamos lá.... Não me mate pelos nomes, Arya XD

Relacionados ao Céu e Oceano:

Bem, pela experiencia obtida lendo sua fic, creio que você queira pares de "1 oceano X 1 céu" mesmo que, qualquer coisa, só ir juntando os pares.

Eu fiz algumas pesquisas sobre mitologia oriental (japonesa pra ser mais preciso) pois os restantes dos nomes da fic me lembram isso, enton, espero que isso ajude \o\

Ameno (céu - derivado de Amenonuhoko, conhecida como a lança do céu - masculino) / Koro (oceano - bem parece que durante uma passagem da mitologia é criada a ilha de Onokoro, no meio do oceano, mas eu não entendi perfeitamente, creio ser feminino)

Hoko (céu - o mesmo de cima, creio que seja feminino) / Onoko (oceano - o mesmo de cima, talvez masculino)

Olha, eu não achei mais nada quanto a este tipo de mitologia, enton vou seguir com outras mitologias e tal XD

Lyr (oceano - derivado de Manannan Mac Lyr, na mitologia Celta era o responsavel pelos mares e oceanos - masculino) / Dom ( derivado de Domnu, era a rainha dos céus na mitologia Celta - feminino)

Ocano (oceano - derivado de Oceano, na mitologia grega era o imenso rio que rodeava a terra -avá- - masculino) / Ura (céu - derivado de Urano, na mitologia grega era a personificação do céu - feminino)

Olha, todas as comparações mitologicas foram EXTREMAMENTE superficiais, pois eu não me aprofundei muito nas pesquisas

Agora com combinações:

Sora e Yoko ¬¬

Raiso (??) - Shyrioko (esse ficou péssimo)

Koras (ficaria melhor sem o S, mas..) - Koyo (e.e)

Urakatso (de onde eu to tirando essas coisas? --'') - Sokoy

Bem, foi o que consegui e.e

Agora, anagramas

Quat (adiantando cada uma das letras S - O -R -A em 2 e combinado, temos isto) - Maqq (mesmo truque)

Cawa (pegando todas as letras do nome e contando seu lugar no alfabeto, seguindo de divisão por 2, depois organizando temos isto) - Coss (adiantando 3 letras e organizando)

Anagramas podem ser infinitos, mas eu vou parar aqui e.e

Pois bem, como pode ver, sou terrivel com nomes, anagramas e precisões mitológicas, mas, eu tentei né e.e

Se me permite, gostei de Roxas e Kyoko \o\

Bem, boa sorte, Arya.

Ensinamentos de Anagramas aprendidos com mestre BB, mas eu fui um mal aluno

____




Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arya W. Lewins
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 105
Data de inscrição : 23/09/2012
Idade : 20
Localização : Ali, aqui, lá, em todo lugar. Faz alguma diferença?

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Qui 03 Jan 2013, 08:31

capítulo xiv: o frio que eu senti aquele dia

A história sobre o barulho das cigarras II


Ela gosta da minha mão?
Ela gosta… de mim?


Não era uma mão bonita.
Talvez as unhas fossem um pouco mais bem cuidadas que as dos outros caras, mas não era algo perfeito. Simplesmente, ela implicava em cuidar delas.
Havia um dedo também.
Ah, e aquela cicatriz que eu tinha, logo no meio do espaço entre o polegar e o indicador.

Aqueles pensamentos encontravam um jeito de ficar contornando em minha cabeça. Saiam de Yoko e iam para a minha própria idiotice, apenas para me lembrar novamente de Yoko.
Com os ombros caídos, satisfeitos apenas por estarem abaixados, eu havia aceitado aquele estilo de vida havia algum tempo.

Eu caminhava olhando para os meus próprios pés. Talvez assim eu não tropeçasse em algo no caminho e caísse, mas eu estava sujeito a cometer os mesmos erros do passado ou me chocar contra um obstaculo que eu não havia visto.

Naquele momento, eu havia me permitido olhar para frente, nem que fosse só um pouco.
Mesmo assim, o futuro não parecia mais promissor.

Em algum ponto do passado, nós havíamos crescido.
Eu nunca havia contado quantos dias haviam se repetido desde que tudo aquilo havia começado. Quantos meses. Quantos anos, décadas.

Nossos corpos continuavam jovens, mas as nossas mentes haviam envelhecido. Não adiantava me proteger, pois eu já havia visto o pior.
Não sabendo de nada, apenas que eu não era mais uma criança, eu continuava nesse caminho.
Nesse caminho onde ninguém mais andava.

Enquanto caminhava para casa, observava a minha respiração se condensar e formar teias de aranha em meio ao ar. Eu estava um pouco irritado comigo mesmo naquele instante.
Em parte por ser idiota.
Em parte por não entender.

Aquilo era uma irregularidade?
Aquele dia finalmente havia acabado?

Ignorando o frágil barulho de derretimento provido pela neve que virava água em contato com a minha pele, eu me questionava se as minhas palavras mereciam ser ditas.
Se aquele dia chegara ao seu fim…
Suspirei.

A continuação… sim, pensaríamos nisso depois.


Atravessando a rua, aquela era uma das raras cenas que íamos para casa sozinhos.
As ruas desertas naquela hora, parecia que aquele era um mundo onde só existia eu.

Hesitando um momento, parei.

Olhando para trás, eu me perguntava o que havia sido aquela sensação, como se alguém estivesse me observando e mirando o meu intimo.
Eu me pergunto se aquela seria mais uma noite normal de inverno se eu não tivesse feito aquilo.

Não senti o impacto, apenas a sensação de estar sem peso, flutuando em meio as céus.
Aquele segundo que a imagem do chão passou diante de meus olhos, eu me lembro do familiar brilho de alguma coisa vermelha se espalhado.

Como se risse de mim, uma cigarra havia começado a cantar na noite de inverno.

____


Long time ago

I had a beautiful long black hair
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://4hana.tumblr.com/
Lilian Froze
Filhos de Nêmesis
Filhos de Nêmesis
avatar

Mensagens : 120
Data de inscrição : 28/04/2012
Idade : 20
Localização : Longe de tudo.

Ficha do personagem
Vida:
148/158  (148/158)
Energia:
128/158  (128/158)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Ter 08 Jan 2013, 19:18

――A sala de chat está vazia――

―Yuno entrou na sala―

Yuno diz: NÃO! Eu não morri! Humf u.u Acharam que iam se livrar de mim? Agora, vou fazer somente esse post de comentários para não ter que ouvir um "pare de floodar" ¬¬ Essa entrada no chat foi para comentar: capítulo vii: céu

Yuno diz: Meeeekakushi, o amor da minha vida! Sempre sabendo de tudo, orgulho!

Yuno diz: Meu... To confusa agora. Minha cabeça está até doendo O.o no capítulo anterior, a Yoko morreu dia 22 de fevereiro e nesse, ela morreu dia 15 de agosto!

Yuno diz: Hmm... Sora está dizendo que ela sempre se sacrifica... Então ela sempre morre?! Que coisa estranha. Nhá, quero saber T.T

―Yuno saiu da sala―

――A sala de chat está vazia――



――A sala de chat está vazia――

―Yuno entrou na sala―

Yuno diz: Boa-noite (~le like Mekakushi LOL)... Agora o comentário sobre: capítulo viii: mar

Yuno diz: O Mekakushi não apareceu nesse capítulo, sua má u.u

Yuno diz: Pelo o que eu entendi, essa é a Yoko...? Eu lembro que o Shiro tem um cara igual à ele, quem é mesmo? O nome foi-me embora >.< Lembro também da descrição, que eu não vou colocar aqui, vai que dá spoiler? hahaha xD

Yuno diz:ESPEEEEERA! Como assim o Sora que morre no final?! Não era a Yoko que morre no final?! aaaaah ~SYSTEM FAIL~ Hmm, só se for revezando, porém eu não sei.

Yuno diz: Ah, também odeio o verão ¬¬ mas prefiro o outono à primavera.

―Yuno saiu da sala―

――A sala de chat está vazia――


――A sala de chat está vazia――

―Yuno entrou na sala―

Yuno diz: Boa-noite (~le like Mekakushi LOL)... Agora o comentário sobre: capítulo ix: vermelho

Yuno diz: O Mekakushi não apareceu nesse capítulo, sua má u.u [2]

Yuno diz: O Shiro e sua sósia conversando sobre a principal QUE EU ESQUECI O NOME! ME MATEM! Enfim, eles são como Sora e Yoko, né? Confinados em um círculo de destino, morte e miasma...?

Yuno diz: Experimentos do Mekakushi? Eu SABIA! Sabia que ele era mais foda do que se imaginava! E se ele criou a todos nesse mundo? Por isso que ele sabe te tudo!

Yuno diz: Bom... Pro próximo ^^

―Yuno saiu da sala―

――A sala de chat está vazia――


――A sala de chat está vazia――

―Yuno entrou na sala―

Yuno diz: Boa-noite (~le like Mekakushi LOL)... Agora o comentário sobre: capítulo extra: sekai

Yuno diz: Certo... As cinco cartas são os cinco principais: Sora, Yoko, Shiro, e os outros dois que eu esqueci o nome *fuçando nos outros comentários* Ah! Akane (Okamine?) e Kuro! Que alívio lembrar dos nomes deles! Obrigada, Tobias =) hahahaha. O destino deles interfere em todo tabuleiro de damas e xadrez.

Yuno diz: Hmmm, se essa menina fosse um tanto mais fria e se fosse um menino, arriscaria o nome dela: Mekakushi. Ambos se mostram controladores e grandes sábios desse mundo (além de Mekakushi ter seu nome no título, o que o torna muito importante! Já o garoto que chegou quando ela estava... Jogando(?), não me remeteu a ninguém, talvez a alguém do chat?

Yuno diz: Por falar no chat, eu ainda não entendi direito. Primeiro, ele parece algo totalmente informal sobre pessoas que não parecem (mas tem) ter importância alguma na narrativa, depois aparece o Mekakushi para botar seriedade naquilo! Urg! Confusão!

Yuno diz: Ele é uma one-shot que só me deixou mais interessada nessa coisa toda! Hehe ^^

―Yuno saiu da sala―

――A sala de chat está vazia――


――A sala de chat está vazia――

―Yuno entrou na sala―

Yuno diz: Boa-noite (~le like Mekakushi LOL)... Agora o comentário sobre: capítulo x: querida okamine

Yuno diz: SHIRO E KURO SÃO ALGUM TIPO DE REENCARNAÇÃO DE AKIRA! Pronto, falei. E a Okamine é a reencarnação de Akane, something like this. Algo sobre isso de morte em que um lembra e o outro não (só eu lembrei de Fallen?)

Yuno diz: Como Kuro disse em outro capítulo, tem as pessoas que voltam à vida com a memória apagada, e aquelas que voltam à vida fadadas a viver com o peso do passado.

Yuno diz: Por falar no chat, eu ainda não entendi direito. Primeiro, ele parece algo totalmente informal sobre pessoas que não parecem (mas tem) ter importância alguma na narrativa, depois aparece o Mekakushi para botar seriedade naquilo! Urg! Confusão!

Yuno diz: Ele é uma one-shot que só me deixou mais interessada nessa coisa toda! Hehe ^^

Yuno diz: Volto a comentar amanhã, ou mais tarde =3

―Yuno saiu da sala―

――A sala de chat está vazia――

____


Lilian {Takuto} Froze
Once upon a time :: I've loved someone :: But today... :: I want you all to disappear
Thanks Thay Vengeance@ Cupcake Graphics

...:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lilian Froze
Filhos de Nêmesis
Filhos de Nêmesis
avatar

Mensagens : 120
Data de inscrição : 28/04/2012
Idade : 20
Localização : Longe de tudo.

Ficha do personagem
Vida:
148/158  (148/158)
Energia:
128/158  (128/158)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   Qua 09 Jan 2013, 09:53

――A sala de chat está vazia――

―Yuno entrou na sala―

Yuno diz: Boa-tarde. Esse comentário será sobre: capítulo xi: as verdades por trás do branco

Yuno diz: Bom, aqui é sempre reservado para Mekakushi... Ele veio *-* e Kagome, prepare-se para morrer, maldita u.u

Yuno diz: "Por favor, entenda. Aquele cara é perigoso! Você parece exercer algum controle sobre ele, mas ele não é h…" >> Humano. Ponto. Nem você, Shiro, seu mentiroso! Vocês dois não são humanos e ponto. Okamine, você renasceu e não lembra de nada, mas você é Akane, A-K-A-N-E! Você já conhecia esses dois, que juntos eram Akira. Só sei de uma coisa, você sempre morre... Sempre que descobrem o que eles são, você morre. Então, cuidado com as suas perguntas.

Yuno diz: Eeeepa! O chat está se provando ainda mais sinistro! Kohaku também sabe das coisas? Que chat é esse? E a estrela que guia os outros é a Okamine, isso está claro.

Yuno diz: A chance de Kagome ser assassinada é de 80%. Tomem cuidado.

―Yuno saiu da sala―

――A sala de chat está vazia――



――A sala de chat está vazia――

―Yuno entrou na sala―

Yuno diz: Boa-tarde. Esse comentário será sobre: capítulo xii: as mentiras por trás do preto

Yuno diz: Mekakushi não apareceu ç.ç

Yuno diz:Hmm, Shiro perdeu as memórias, mas Kuro lembra de tudo... Mas ele não se considera Akira, como se fosse uma imitação barata. Ele fica muito confuso quando está com Okamine – que agora lembra que seu nome já foi Akane?! –, sente raiva e amor ao mesmo tempo... Por isso que tentou estrangulá-la e, por isso, que gritou o nome dela no final.

Yuno diz: Que lindo *-* agora você me deixou em dúvida nos shippers ¬¬ Kusou!

―Yuno saiu da sala―

――A sala de chat está vazia――


――A sala de chat está vazia――

―Yuno entrou na sala―

Yuno diz: Boa-tarde. Esse comentário será sobre: capítulo xiii: o calor da sua mão direita

Yuno diz: Mekakushi não apareceu ç.ç e a Kagome-bitch fez o trabalho no lugar dele! Mata! Mata! Mata!

Yuno diz: Kawaii *-* eles dois são tão bonitinhos! Mas, pelo o que a Kagome disse, foi a última chance que eles tiveram de dizer que se amavam... E que, dia 23, um deles irá cometer suicídio... Por que?!

Yuno diz: Se bem que eles disseram, do jeito inocente deles... Será que ocorrerá a morte? As cigarras viraram um agouro de morte... Pelo menos, nessa fic sim. Elas representam o começo do miasma... Yoko e Sora, zelem por suas vidas.

―Yuno saiu da sala―

――A sala de chat está vazia――


――A sala de chat está vazia――

―Yuno entrou na sala―

Yuno diz: Boa-tarde. Esse comentário será sobre: capítulo xiv: o frio que eu senti aquele dia (comentários adicionais: posso debater nomes contigo no chat e YEEEEEEEEEEESSSSSSSS, capítulo do Mekakushiiiiii *----------------*)

Yuno diz: Mekakushi não apareceu ç.ç terceiro capítulo seguido!

Yuno diz: Hmmm, Sora deve ter captado a mensagem de que a Yoko gosta dele, será que isso foi errôneo? Será que olhar para frente foi um erro?

Yuno diz: Bom, olhar para trás foi um erro, afinal, alguém matou Sora! Ele caiu de cara no chão, coberto de rubro. Em dúvida se a mulher que ele ama o ama também, ele morreu com essa pequena angústia e se achando um idiota... Cigarras de Hades, malditos insetos do miasma!

―Yuno saiu da sala―

――A sala de chat está vazia――

____


Lilian {Takuto} Froze
Once upon a time :: I've loved someone :: But today... :: I want you all to disappear
Thanks Thay Vengeance@ Cupcake Graphics

...:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Blindfold Blue Sky ♦ Aozora Mekakushi ♦ Slice of Life | Romance | Ficção Cientifica
Voltar ao Topo 
Página 2 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
 Tópicos similares
-
» [LEAK] Troye Sivan - Blue Moon
» [LANÇADO BETA 2] Blue Media Player 2
» Blue and Black
» PAUSED [OFF TOPIC]
» S Blue S #85 - As 3 Calamidades de Kaidou!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Área Off :: Fan-fics e Fan-arts :: Outras Fan-fics-
Ir para: