InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Atenção deuses! Há um aviso no Staff Loungue para vocês, entrem e leiam.

Important: Seu avatar é registrado? Ainda não?! Evite levantes, corra aqui: [MENINOS | MENINAS].
EM REFORMA, AGUARDEM! Novidades virão, algo que já estava mais do que na hora, não acham?!

Compartilhe | 
 

 Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
Administração SO
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos
avatar

Mensagens : 284
Data de inscrição : 23/04/2012
Idade : 20
Localização : Troninho Sagrado do Olimpo 'o'

Ficha do personagem
Vida:
9999/9999  (9999/9999)
Energia:
9999/9999  (9999/9999)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Qua 25 Abr 2012, 14:00

Relembrando a primeira mensagem :



Alto da Colina


Na parte mais inóspita de Long Island, a beira da estrada, encontra-se a colina Meio-Sangue. O acidente geográfico serve ao acampamento Meio-Sangue como uma perfeita camuflagem. No topo, avista-se o pinheiro de Thalia, onde repousa o Velocino de Ouro que administra as fronteiras mágicas do acampamento. Por esse motivo, a colina a grama da colina é sempre verde e a flora é sempre abundante. Do topo, obtêm-se a visão de toda a extensão do acampamento. Em certos momentos do dia, é possível ver os sátiros perseguindo ninfas por entre as árvores da colina, que se misturam à vegetação da floresta.


Template by Chuck
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://santuarioolimpiano.forumeiros.com

AutorMensagem
Renata Santos
Filhos de Apolo
Filhos de Apolo
avatar

Mensagens : 6
Data de inscrição : 16/01/2013
Idade : 18

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Qui 17 Jan 2013, 17:09

Eu estava na escola com o meu amigo sátiro o jack, quando aconteceu o seguinte: eu estava passeando na sala de aula e dentro da sala tem uma janela meia grande e no corredor de fora da sala a um janelão grande pra dar vento, eu estudo no primeiro andar, e então eu estava passeando na sala como de costume e vi tipo um pássaro todo preto, mais era um preto intenso, como se olhasse pra ele e entrasse dentro dele e quando você entrasse seria trevas, e então eu estava tipo em transe e escutei uma voz a do jack: o meu melhor amigo, me chamando e ele disse: Renataa gritando como se eu não tivesse escutado ele e
ele pegou e mandou eu me sentar e eu me sentei. Graças a Deus o sinal toca, e ta na hora de eu ir pra casa. Quando coloco o pé direito fora da escola, não havia ninguém, então fui andando indo embora, derrepente aquele pássaro negro que vi estava me seguindo e pousou ao chão e se transformou em um homem muito feio, que se você olhasse pra ele ia querer vomitar. E então eu comecei a correr assustada e quando olhei pra trás ele não tava mais lá, achei que fosse o déficit de atenção que eu tenho, então jack apareceu do meu lado e disse que era pra eu ir com ele, e ele chamou um táxi no meio de um bairro tão esquisito que nem se quer um carro passava por lá, e achei estranho porque o táxi veio tão rápido assim que ele chamou, mais deixei isso pra lá, e perguntei o que tá acontecendo pra ele vim atrás de mim com a cara mais sinistra e apavorada ao mesmo tempo. E então ele disse que nós corriamos perigo e precisávoms chegar ao acampamento o mais rápido possível, e eu perguntei: que acampamento? e ele disse; o acampamento meio-sangue, e então falei sé tá maluco, como eu vou pra esse lugar sem saber aonde é e sem ter avisado a minha mãe? E ele falou: não se preocupe já falei com sua mãe, e suas coisas já estão lá no acampamento!! e eu disse: como é? jack diz: isso mesmo, mas não me pergunte como? e por que? e chega de perguntas, eu te esplico tudo quando nós chegarmos lá ok? e eu disse: tudo bem! e Jack falou: temos que chegar lá a salvos e seguros e é melhor você torçer por isso!! Então eu fiquei no meu canto calada. Quando chegamos lá saimos do táxi e tivemos que andar mais um pouquinho e finalmente chegamos lá!! Quando entrei ele me explicou tudo! Minha reação foi: que legaal, sempre me achei um pouco esquisita. Falei aquilo tudo como se fosse normal, mais ainda estava um leza sem entender um pouco. Conheci o acampamento e era tudo muito incrível, lá tinha um monte de chalés e era tudo tão grego e com muitos adolescentes mais ou menos da minha idade ou talvez mais velhos e parecidos uns com os outros, eu tive a sensação de tar em casa, não sei mais como explicar, parecia como se estivéssemos na floresta com chalés, e um monte de coisas de batalhas no meio da floresta!! E então Jack se aprezentou e disse que era um sátiro e disse que eu era uma semideusa e um monte de coisas que acabou minha deixando minha cabeça um saco de pancadas, e ele disse que tinha que se trocar e quando ele voltou: uau o homem bode!! e então Jack foi comigo e mim aprezentou Quiron e tudo mais. E essa foi minha chegada ao acampamento meio-sangue.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Emanuel Pereira
Filhos de Athena
Filhos de Athena
avatar

Mensagens : 5
Data de inscrição : 16/01/2013
Idade : 18
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Qui 17 Jan 2013, 17:32

Chegando ao acampamento

Eu não era normal. Sempre fui disléxico, com déficit de atenção e hiperativo. Eu era legal conversava com todos, mas tudo mudou. Eu era o palhaço da turma, sempre ia para a detenção, mas num dia a professora me chamou para fora e me levou para um quarto escuro, e se transformou numa coisa que não sei o nome... Era uma coisa feia, com asas de couro, garras pontudas e dentes afiados. Até que meu amigo Jack chegou e a atacou, nessa hora tive muito medo. Jack me disse:

- Emanuel, vamos embora, agora mesmo.
- Como e para onde? – eu perguntei.
- Com meu carro e na viagem, lhe conto para onde vamos.

Eu o sigo até o carro e ele acelera o Camaro 68 dele. Eu fico perguntando o tempo todo:
- Para onde vamos, por favor, me conte.
- Você não pode saber ainda.

Depois de 1 hora de viagem nós chegamos a uma colina verde e bonita, no alto tinha um pinheiro e um dragão enroscado nele. Jack tenta me levar pra cima, mas eu fico parado com medo que o dragão me atacasse:
- Ele não vai te atacar, Emanuel, ele está dormindo.
Depois disso ele consegue me convencer, vamos andando pela colina até chegar ao topo, lá dava para ver, uma casa grande, uma praia, um riacho, um anfiteatro, um lago, uma parede de escalada, vários chalés e uma arena. Fico olhando aquela vista linda até notar que Jack estava com uma calça felpuda, não, não era uma calça era as pernas dele:
- Jack, você é metade burro? – perguntei.
- Não seu idiota, metade bode, sou um sátiro. – respondeu Jack irritado.
-Ah, vista linda não é? – falo notando que ele estava olhando para minha cabeça.
- Não é a vista, você é um meio-sangue, e acabo de notar que você é filho de Athena. Você tem irmãos venha. – Jack sai correndo e me puxando.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Isabela Maccoy
Filhos de Dioniso
Filhos de Dioniso
avatar

Mensagens : 26
Data de inscrição : 13/10/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Qui 24 Jan 2013, 22:16

Eu amo o Hades e o Dionísio ??????????????????

____

Isabela Maccoy

"Isa, Filha de Dionísio"
♥️ ♥️ Daugther Of Dionísio ♥️ Vinho ♥️ Fruto de uma Loucura ♥️ I Love you, Papito *-* ♥️♥️
thanks princess kira from @ sugar!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Chord Heeling
Filhos de Apolo
Filhos de Apolo
avatar

Mensagens : 9
Data de inscrição : 30/01/2013
Idade : 22
Localização : Acampamento Meio-Sangue

Ficha do personagem
Vida:
110/110  (110/110)
Energia:
110/110  (110/110)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Qui 31 Jan 2013, 07:11



Chegada ao acampamento
-----------------------------------------------------------------------------

O último solavanco do ônibus na estrada maltratada me fez acordar. A noite passara despercebida. O sol da alvorada aquecia minha face ainda úmida. Olhei pela janela: as planícies de Long Island se estendiam por toda a paisagem. Eu já sabia para onde devia ir.

Fui deixado em um lado da estrada deserta. O som urbano do ônibus logo foi substituído pelo pipilar das aves do litoral nordeste. O cheiro doce que enchia minha narinas provinha dos campos de morangos, do lado oposto da estrada. Os morangos... significava que eu estava perto.

Quando vi a colina que se erguia em meio à interminável planície e o pinheiro verdejante em seu topo, soube que era o lugar. Havia outros perto da placa de entrada. Não pude deixar de indagar se eles seriam como eu. Se haviam passado pelas mesmas dificuldades até que, finalmente, alguma verdade precisasse ser dita. E mesmo eu mal conseguia acreditar no que me havia sido dito. E talvez não o conseguisse, mesmo sendo a única explicação possível, mesmo testemunhando aquelas loucuras.

Enquanto subia a colina, desejei que não tivesse dispensado a única ajuda que tivera, a única fonte de informações... até agora. Só precisava que alguém me pudesse guiar para dentro dos limites do acampamento. Logo, dispersei os pensamentos. Afinal, eu faria novos amigos, teria orientação, seria informado de tudo aquilo que precisasse saber.

Naquele momento, minha vida começava. Uma vida de verdade, aquela para a qual estive destinado. Com esse último pensamento feliz, cruzei pela primeira vez a entrada do Acampamento Meio-Sangue.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Charles Finnick Halliwel
Filhos de Dioniso
Filhos de Dioniso
avatar

Mensagens : 302
Data de inscrição : 13/07/2012
Idade : 24

Ficha do personagem
Vida:
105/105  (105/105)
Energia:
105/105  (105/105)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Seg 25 Fev 2013, 17:19

Back to camp, baby...

Post 89
Damon | Filho de Zeus
Acampamento | Alto da Colina
Alieníginas?!
_ Uma luz...um espaço totalmente branco e uma luz, que me cegava a cada minuto. Eu tentava selar minhas pálpebras, mas era impossível, eu sentia um tipo de objeto frio as segurando. Eu estava me acostumando com a luz em cima de mim, sobre meus olhos. Eu ouvia vozes, porém não eram similar a língua que eu conhecia, nem de qualquer outra. Eu gritava e gritava, mas não emitia nenhum som, porém minha garganta doía de qualquer jeito. E de repente, eu não me sentia mais consciente...
_ Quando eu voltei em minha consciência, já podia fechar minhas pálpebras normalmente, minha pele agora penicava e eu estava deitado em uma imensidão verde. Eu procurava forças para me levantar, mas havia algo que me impedia. Uma dor no pescoço, que impossibilitava de me movimentar. Era uma dor intensa, eu não aguentava, queria gritar por ajuda mas minha voz ainda era falha. Estava chovendo forte e trovoando, o céu nublado. Havia conseguido ficar com um joelho apoiado no chão e eu respirava ofegante. Quando eu olhei para o lado, consegui distinguir alguns objetos. Uma espada diferente, um escudo e uma lança. Não havia ninguém ali, além de mim e...uma águia. A ave estava no alto de um pinheiro e me observava. Parecia que ela queria dizer algo importante, mas apenas me olhava.
_ Em menos de um minuto, eu já me sentia bem, renovado. Havia conseguido me levantar sem dificuldade, mas eu sentia como se não fosse eu. Caminhei até os itens, e sem saber o que fazer, apenas os peguei. Quando olhei novamente para a águia, seus olhos brilhavam, como um raio brilha ao cair na terra. Percebi que estava sem a blusa, pois sentia os pingos da chuva atingindo meu ombro e descendo em meu peitoral. Direcionei meus olhos para o pinheiro e consegui observar duas pilastras grandes de mármore e uma placa, também de mármore, que tinha o nome ''Acampamento Meio-Sangue'' gravado na mesma. Eu não sei o porque, mas eu sentia uma enorme vontade de adentrar aquele lugar...e foi o que eu fiz. Não sabia o que me esperava lá, mas precisava de um lugar para ficar.
_ Assim que passei pelas duas pilastras, eu estava em um lugar diferente de antes. O sol raiva ali, não havia chuva nem trovões, apenas crianças, jovens e outras criaturas que eu nunca havia visto antes. Eu andava hesitante, sem rumo, em busca de ajuda. Eles me observavam com um olhar instigante.
Damon! Uma voz feminina. Uma garota me olhava, com uma expressão de surpresa e dúvida, entre todos os outros. Seus cabelos eram loiros, sua pele branca como a neve. Usava uma jaqueta, coturnos e short. Eu não a conhecia, não tinha lembranças dela, não sabia o que fazer. Foi quando eu ouvi cascos e um cavalo se aproximava de mim...não, um cavalo não. Um homem-cavalo!


____

Charles "Finn" Halliwel
Thanks Thay!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ash K. Tsukiyomi
Filhos de Melinoe
Filhos de Melinoe
avatar

Mensagens : 46
Data de inscrição : 27/10/2012
Idade : 22
Localização : Encontre-me tentando se encaixar em algum lugar, mesmo sabendo que nunca conseguirei

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Seg 04 Mar 2013, 15:47


Tagged --> Ninguém 'u'
Where? --> Alto da Colina 'u'
Notes --> Passa o mouse aqui 'u'
O garoto de cabelos loiros estava tendo dificuldades. Ainda não estava acostumado com o seu cabelo em sua cor natural, o loiro. Sentou-se no chão, com os joelhos dobrados para cima, e os braços sobre os mesmos. O cabelo balançava com o vento suave.

Suas costas estavam curvadas e em um momento, ele respirou fundo, soltando o ar com força, espremendo-o para fora de seu pulmão. Estava extremamente entediado.

O filho de Melinoe olhou para a paisagem que estava em frente a seus olhos, sem muito interesse. Mesmo ali, naquele lugar distante de tudo e todos, conseguia ouvir armas batendo uma nas outras, resultado dos treinos de certos meio-sangues.

Fechou os olhos e deixou a cabeça tombar para frente, de modo que, caso alguém aparecesse, acharia que o semideus estava dormindo, o que era uma meia verdade. Ele estava no limbo entre o mundo dos sonhos, e a dura realidade.

Ajeitou-se melhor e suspirou. A vontade de sair daquele lugar e começar algo novo era tentadora demais, porém, algo o estava prendendo aos limites do Acampamento. Algo desconhecido por sua parte.
Wazzup Biches? -q
danke ♣

____



não abram herp' q:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sawa Yui
Filhos de Athena
Filhos de Athena
avatar

Mensagens : 14
Data de inscrição : 20/01/2013
Idade : 21

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Seg 04 Mar 2013, 16:16




Aliens e-ê

"Você é uma semideusa".
Isso nunca fará sentido para Sawa, que agora subia calmamente a Colina Meio-Sangue. Essa frase era extremamente vaga. Ser uma semideusa é vago. Tudo o que ela viveu e viverá desde quando recebeu essa informação será vago.

Ou, pelo menos, ela acha que será.

A brisa bateu nos cabelos negros, fazendo-os dançarem.
Até o vento era diferente naquele lugar...

Ela finalmente estava chegando em seu destino, o Pinheiro de Thalia – quis estuda-lo depois de ouvir algumas caçadoras falando sobre ele – quando tropeçou em um garoto que estava deitado.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ash K. Tsukiyomi
Filhos de Melinoe
Filhos de Melinoe
avatar

Mensagens : 46
Data de inscrição : 27/10/2012
Idade : 22
Localização : Encontre-me tentando se encaixar em algum lugar, mesmo sabendo que nunca conseguirei

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Ter 05 Mar 2013, 17:20


Tagged --> Sawa 'u'
Where? --> Alto da Colina 'u'
Notes --> Passa o mouse aqui 'u'
Ele bufou e rolou os olhos. Havia tombado graças à falta de atenção da garota. Levantou-se, tentando sentar novamente, mas o corpo da meio sangue estava sob o loiro. Afinal, qual era o problema dela?

- Olá. Olha, não que eu me importe, e essa posição sua está ótima para mim, mas está ficando meio complicado aqui.

Um sorriso debochado foi dado. Em seguida, ele olhou para o rosto da tal garota desastrada e levantou uma sobrancelha. Ela era... Linda, de uma maneira desleixada e intelectual demais. Sentiu-se tentado em afastar o cabelo que caíra sobre seu rosto, mas se segurou. Lentamente, tentou voltar ao o que considerava ser "normal", e falou:

- E então?
Wazzup Biches? -q
danke ♣

____



não abram herp' q:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sawa Yui
Filhos de Athena
Filhos de Athena
avatar

Mensagens : 14
Data de inscrição : 20/01/2013
Idade : 21

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Ter 05 Mar 2013, 20:17




Aliens e-ê

Ela nunca esperou que um dia tropeçasse em um garoto. Muito menos em um acampamento para filhos de deuses. Muito menos que ele fosse bonito.

E, principalmente, muito menos que ele se mostrasse pervertido em menos de cinco minutos de convivência. Tinha uma vontade enorme de gritar com ele, porém ela que havia causado aquilo tudo:

Perdoe-me... – grunhiu, corada, enquanto saía daquela posição desconfortável. Levantou-se, ajeitando as vestes um pouco abarrotadas. Que coisa, Sawa!

Os olhos âmbares tiveram um súbito interesse pelo gramado do local pelos momentos que permaneceu parada na frente do loiro, repreendendo-se mentalmente por ter sido tão desastrada. Que coisa, Sawa! era a frase que fazia questão de repetir-se em seu subconsciente quando decidiu continuar a sua caminhada até seu futuro objeto de estudo.

OFF: eu lembrei da Sawa na hora:
 




____


Sawa Yui


FILHA DE ATHENA . MAID DO ALIEN PERVERTIDO . ETERNA DISPUTA DE QUEM SEDUZ MAIS . MAID OWL

thanks juuub's from @ bg!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Charlotte McBride
Filhos de Nêmesis
Filhos de Nêmesis
avatar

Mensagens : 32
Data de inscrição : 08/11/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Qui 07 Mar 2013, 13:51


AMS COLINA Período da Tarde Com Wendy

Give me a soul that never ceases to follow


Ela esperava que mais alguém entrasse ali,somente para acabar com o tédio que a rondava naquele dia. Depois de terminar sua refeição, a garota voltou para o dormitório. O que poderia fazer se o ócio a consumia,deixando-a sem opções para o divertimento?
O local estava silencioso e, sem dúvida, mais vazio do que o clima que se estendia por detrás das grossas portas. A ausência de som foi quebrada por um suspiro pesado,vindo da única campista que estava ali. Charlotte logo cansou-se de ficar parada,sentindo seu corpo tremer involutariamente de cinco em cinco minutos. Levantou-se rapidamente enquanto colocava um casaco por cima das roupas, rumando para os flocos de neve que caiam preguiçosamente fora do castelo. Já que estava decidida a sair dali, uma ida até a Colina de não traria grandes problemas a garota, ou assim ela pensava.Seus olhos então observaram o céu e logo um arrepio percorreu seu corpo.
•••

A língua estalou em um movimento corriqueiro e inconsciente. Havia ganho essa mania após o longo convívio com sua ansiedade . Talvez por isso, quando começava a agir como se tivesse tomado cinco cappuccinos duplos, vestia uma roupa leve e deitava-se na cama, ignorando o resto do mundo. Estar perto do silêncio tinha esse efeito calmante: os problemas sumiam, o sol parecia menos infernal e a brisa lembrava dedos brincalhões acariciando a sua pele. Ah, doces pensamentos que povoam contos de fadas de uma garota problemática.

O local estava em uma temperatura agradável,como ela previra. E vazio também, com exceção de alguns internos. Em um ato perfeitamente comum, a morena sentou-se próxima ao pinheiro pronta para observar as pessoas que passavam por ali, reconhecendo um ou outro rosto. As vezes, seus olhos vagavam para longe dos outros, fixando-se em algo que lhe chamava a atenção até que decidiu fechar os olhos,deitar-se sob o piso frio e aproveitar o momento.


Creado por EXTRAVAGANZA para Source Code

____

Charlotte McBride

ROCKER DAUGHTER OF NÊMESIS DRUGS AND VODKA CAMPER BISSEXUAL

Thanks at Beecky !
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Meredith H. Wermöhlen
Filhos de Melinoe
Filhos de Melinoe
avatar

Mensagens : 153
Data de inscrição : 30/09/2012
Idade : 22
Localização : Hogwarts. Na esquina de Nárnia, ao lado da Terra-média.

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Sab 09 Mar 2013, 10:41

O instinto de voltar para o lugar a que pertenço fala mil vezes mais alto do que a raiva que sinto...
Fazia meses que eu não voltava ao acampamento. Confesso que já estava ficando com saudades daquele povo idiota que amo tanto. Saudades de Quíron, que é quase como um pai para mim. Saudades dos meus amigos, que tanto me ajudam a lidar com a terrível vida de meio-sangue. Até saudade do nosso "querido" diretor, Dionísio, cujas ações insanas sempre me fazem esboçar um sorriso.
Pedira para Lawrence, o motorista de minha madrasta, me deixar a uma distância perfeita do acampamento, não tão longe, não tão perto, para que ele não pudesse suspeitar de nada. Só algumas perguntas ignoradas por mim, tais como "Aqui? No meio do nada? Sua tia sabe que veio para cá?".

É uma boa caminhada até a colina que dá acesso ao acampamento, e é nestes momentos que gosto de refletir a minha vida. Quanto ela mudou desde que vim para o acampamento pela primeira vez. Quão arriscada ela estivera sendo todos esse tempo, e eu nem percebera. Quanto eu sinto falta de meu pai... ah, meu pai. Eu o deixei morrer, e me culpo todos os dias por isso. Os pesadelos me castigam todas as noites, mas não são suficientes. Desconto a minha raiva de mim mesma nos monstros que enfrento nos treinamentos do acampamento, mas nada muda o fato de que eu deixara meu pai para trás porque fui fraca, fui medrosa, não queria enfrentar o perigo que tinha de ser enfrentado.

Finalmente chego à colina Meio-Sangue. Lá estava o pinheiro que outrora fora Thalia, uma filha de Zeus, a que mais tenho respeito.Assim que chego no topo, toco no tronco do pinheiro, e depois olho para o acampamento. Consigo ver os campos de morango, a arena, os chalés, o pavilhão de refeições, o lago de canoagem, a casa grande, tudo. Meus olhos azuis adiquirem o brilho de antes, só por ver aquela cena. O Sol estava de pondo, e logo Ártemis ganharia o céu.
Meredith Cecílie Kane
♦ The White Swan ♦ @CG

____

❛Meredith Cecíle Kane❜
❛Filha de Melinoe❜ ❛Líder de Chalé❜ ❛Doce, mas perigosa❜ ❛Hey, eu sou o seu pesadelo❜

credits @
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Chuck B. Heineken
Filhos de Hades
Filhos de Hades
avatar

Mensagens : 180
Data de inscrição : 16/05/2012
Idade : 20
Localização : Everywhere.

Ficha do personagem
Vida:
299/317  (299/317)
Energia:
302/317  (302/317)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Sab 30 Mar 2013, 23:44

Why is the world so unfair with the weird?


The Homecoming...

Algo se mexia no bolso de meu sobretudo negro. A ave contorcia-se em meu bolso, assim como se contorcia meu subconsciente, pois aquele lugar era, de longe, o que trazia mais lembranças - fossem elas boas ou más. O remorso ainda era forte, e fazia questão de me lembrar do motivo pelo qual eu deixara aquele lugar com pontadas constantes de nostalgia. Mas eu sabia que meu retorno era apenas o início de uma algo maior. E saber disso me motivara a adentrar as proteções do acampamento Meio Sangue.

Finalmente, senti diminuir o peso de minhas vestes. O animal preto e branco sapateou sobre a alva camada que revestia o chão e o pinheiro ao meu lado. Voltou seu olhar para mim, fitou-me por um segundo e, em seguida, deitou sobre a neve, deslizando colina a baixo. Meus olhos se fecharam. Já é tarde demais? Tarde demais para esquecer minha vida semideusa? Tarde demais para voltar para a França e tentar ter uma vida normal?

- Ridículo. – Respondo debochadamente. – Pois no fundo você sabe que sempre foi tarde demais.

As pálpebras pesadas não querem voltar a se abrir, mas, mesmo assim, o fazem. Abracei outra vez as alças de minha mochila, Dessa vez, será diferente – eu sei. Meu erro foi pensar que os deuses poderiam significar algo mais do que personificações de ego. O peso de meu corpo balançou de um lado para o outro, enquanto um suspiro escapava de minha boca.

- As nuvens se abriram e Zeus disse “Eu te odeio, Charles Blake Heineken”. – Recitei, fitando os céus escuros. Lentamente comecei a descer a colina, pisando firme sobre a neve. – Seja bem vindo novamente, Chuck. – E, naquele instante, um riso breve e perverso ecoou por Long Island, anunciando o retorno daquele que não deveria retornar...


:: Legenda ::
Chuck
Thoughts
Others
Actions


:: Observações ::
Vestindo: Sobretudo Preto ♦ Calça Jeans Escura ♦ Botas Negras ♦ Cachecol Vermelho
Feat.: Kowalski
Local: CHB
Horário: Manhã
Clima: Frio, Nublado
Temperatura: 1ºC




____

.COULDN'T SAVE MY IMMORAL SOUL, WELL
.I'VE GOT NOTHING LEFT TO LOSE
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Connor L. Kenway
Filhos de Quione
Filhos de Quione
avatar

Mensagens : 5
Data de inscrição : 29/03/2013
Idade : 19
Localização : United States of America

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Dom 31 Mar 2013, 15:28



O filho de Quione
Uma nova história começa

Tagged: Connor e Academos Wearing: This! Thank you Lari @ CG


A chegada

Já estava a caminhar a algumas horas pelo acostamento de uma estrada secundária de Long Island, eu e meu amigo meio humano meio bode, suas pernas balançanvam para lá e para cá andando como se tivesse pernas normais e o barulho dos cascos se chocando contra o asfalto era irritante para dizer o mínimo. A menos de dois dias descobri que sou filho de uma mãe divina, como aqueles deuses gregos, descobri que meu melhor amigo era um bode e que eu podia ver monstros e ler grego sem nem mesmo ter praticado tal língua, deseja acordar daquele pesadelo em minha cama confortável e quente mais esta esperança já não existia mais em minha e mente e no meu coração. Segundo Academos, a sim o nome de verdadeiro dele era Academos e não Mike como eu o chamava- na escola, segundo ele estavámos indo para um local seguro onde estaríamos protegidos de monstros e qualquer mal que podia nos atingir no mundo exterior. — E-então? Estamos longe Mik...Academos._ Perguntei quase errando o nome original de meu amigo bode.

— S-sim Connor, menos de um kilomêtro creio eu.

Academos colocou o braço dele sobre o meu pescoço como um apoio para não cair e caminhamos. Estavámos cansados, tivemos uma luta com uma harpia gorda e faminta por sangue de semi-deus e sátiros por sorte, meu amigo bode conseguiu derrotá-la com meu auxílio e de meu pai ahh sim, meu pai. Ele estava nos levando ao acampamento porém fomos atacados e ele não conseguiu prosseguir mais e ainda não acredito que ele escondera de mim todos esses anos que eu era meio deus e meio humano, embora sentisse raiva para com ele eu o amava. — E agora já chegamos ?_ Perguntei curioso e ansioso ao mesmo tempo, o que estava me esperando nesse acampamento? Um monte de proles de deuses divinos gregos? Bem, não sabia, e o meu amigo insistia em fazer mistério coisa que me deixava profundamente raivoso não sou um cão.

— S-Sim...olhe!_ Academos apontou para o alto de uma colina que era verde e magnífica, nunca tinha visto tal coisa ao vivo, geralmente apenas via gás metano, marcas de pneu, lixo e becos, sim era esse o cenário caótico urbano em que eu até então vivia com meu pai. Um grande pinheiro estava no topo, um lobo solitário, hahaha mas de repente o pinheiro sofreu uma ondulação como se aquilo fosse alguma projeção holográfica ou algo do tipo, estranhei me perguntando em minha mente o que seria aquilo foi então que, uma estrutura de madeira nobre bem grande se formava no vazio e letras estava dispostas, letras que se moviam.

" Acampamento....Me-Meio S-S-Sangue.. Acampamento Meio-Sangue ! O que isso significa?"

Academos fechou os olhos e em segundos desabou sobre o meu ombro em que se apoiava, olhei em volta em busca de ajuda mais nada achei e de repente a ajuda veio de dois campistas que desciam aquela colina em que o pinheiro majestoso estava plantado. Os dois se aproximaram com suas espadas de bronze sacadas e apoiadas para mim, expressavam um olhar perplexo ao ver tal cena: um sátiro desmaiado nos ombros de um garoto que não enxergava através da névoa - eles acham que sou normal. O garoto mais alto e musculoso apontava a espada para mim enquanto que um com a face mais infantilizada e bohêmia pegava o sátiro, apoiando-o em seu ombro e o levando. O alto me observava.

— Quem é você ? Por que pegou o sá..digo o garoto, responde merda!_ A fúria e o desejo de luta era evidente nos olhos do adolescente que mais parecia um lutar de MMA, Connor mantia sua expressão leve como se estivesse viajando na maionese. A pele do garoto era branca parecida com a neve - mais não a tal ponto de ser a Branca de Neve encarnada - os cabelos eram pretos e olhos azuis vivos. Vestia uma camisa preta da banda System of a Down acompanhado de um moleton preto, calças jeans e all-stars pretos com pequenos detalhes em branco.

— Ãnh...o Academos disse que esse lugar ia me proteger, e eu sou filho de uma deusa, é Quionte, Quiona..Ãnh, não lembro o nome._ Um vento gelado soprou na hora em que errei o nome de tal divindade que supostamente era minha mãe e então um barulho, como de um sino de lojas irrompeu o silencio momentâneo e uma insígnia apareceu diante minha cabeça, o símbolo de um floco de neve e então o brutamonte me encarava surpreso enquanto abaixava a arma.

— Venha garoto._ Segui o brutamonte que andava com passos tão pesados que deixavam as pegadas das botas pretas no chão. Já eu tentava agarrar o símbolo que insistia em flutuar diante minha cabeça e que era intangível como um poltergeist, minutos de tentativa e nada, dei de ombros seguindo o garoto turbinado com esteróides.

O local era bem antigo - pelo menos era o que eu achava - e rústico, tudo no local era feito de madeira de qualidade que reluziria com um pouco de verniz. Pinheiros majestosos estava plantados para o oeste e para leste estava uma grande casa de madeira, que em sua varanda estavam um velhinho em uma cadeira de rodas e um homem que tinha uma expressão bohêmia como o campista que ajudara Academos. Sua camisa de flores roxa deixava minha vista um pouco desnorteada. O adolescente geneticamente modificado me agarrou pelo braço como um criança e me lançou contra os dois sujeitos que estavam na varanda, me equilibrei com um esforço e abaixei a cabeça para a madeira da varanda sem saber o que dizer, pensar ou fazer e aquele floco de neve irritante permanecia em cima de minha cabeça.

— Então...um filho nascido do gelo e da neve... Hahaha brincadeira._ Proferiu o de cadeira de rodas soltando uma gargalhada desengonçada. O outro homem de camisa roxa encarou-o com desdém ignorando a piada e bebendo sua lata de diet coke.

— Qual o seu nome garoto?_ Perguntou. Respondi todas as perguntas do velho e depois fui levado a um chalé que era congelante, parecia um palácio feito de gelo puro. E então minha aventura estava apenas começado, eu era Connor Liam Kenway filho da deusa Quione..




Legenda

Falas
Narração
Pensamento


____

• Connor Liam Kenway • Son of Quione • 14 years • Single •

Deve-se temer mais o amor de uma mulher, do que o ódio de um homem. - Sócrates

Existe apenas um bem, o saber, e apenas um mal, a ignorância. - Sócrates

As palavras tem o poder de causar grandes feridas, e também, o poder de fechá-las. - Albus Percival Wulfric Brian Dumbledore
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
James Ston
Filhos de Quione
Filhos de Quione
avatar

Mensagens : 12
Data de inscrição : 29/03/2013
Idade : 19
Localização : bosques gélidos de Ottawa

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Ter 02 Abr 2013, 20:43






O clima estava
abafado, me sentia nauseado, meu corpo se acostumara com o frio que fazia em Ottawa
durante todas as estações do ano. Segurava firme a mão de Anne, minha irmã mais
nova, pois havia jurado a mim mesmo que nunca deixaria que nada de mau lhe
acontecesse, é ela quem me da força para lutar e quem me faz ter vontade de
viver. Descemos do ônibus, eu estava com a única roupa que me restara, uma
calça jeans bastante rasgada, um agasalho de capuz furado, uma única luva que
fora de meu pai e minha velha mochila de lona que juntava os poucos pertences
que eu e Anne guardávamos cuidadosamente. Nosso sátiro antes um velho
aposentado se transformou num jovem rapaz metade homem e metade bode, na sua
cabeça dois chifres que brilhavam em um tom de marfim, suas pernas pareciam
cobertas por uma colcha de lã de tão macias e felpudas, ele nos guiou
gentilmente colina acima, no topo havia um enorme pinheiro e em um de seus
galhos cintilava ao sol o velocino de ouro enquanto no seu tronco dormia um
dragão que parecia estar pronto a defender aquela arvore com sua vida...




____

James Ston
Bipolar • ... Pensativo... • Filho de Quione • Em busca de vingança... •Thanks Larissa Sant @ Sugar Avatars

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ash K. Tsukiyomi
Filhos de Melinoe
Filhos de Melinoe
avatar

Mensagens : 46
Data de inscrição : 27/10/2012
Idade : 22
Localização : Encontre-me tentando se encaixar em algum lugar, mesmo sabendo que nunca conseguirei

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Seg 08 Abr 2013, 14:36


I count my sins
▬ Perdoe-me... – o loiro divertia-se com tudo aquilo. A garota era, realmente, muito tímida. Os cantos de sua boca subiram, mesmo que contra a sua vontade. Observou-a tentar arrumar as roupas, sem muito sucesso, em sua opinião.

Por fim, quando ela abaixou a cabeça, levou - mesmo que hesitando - uma de suas mãos ao seu queixo, levantando assim, inevitavelmente, a sua cabeça. Os olhos encontraram-se.

▬ Uma garota tão... Atraente não deveria andar sozinha. Existem muitos pervertidos por aí, sabia? - um risinho saiu de sua boca. Se ela fosse inocente demais, não perceberia o tom malicioso, mas se demonstrasse alguma reação que não fosse a de confusão, Ash ganharia um ponto com aquilo.

▬ Qual o seu nome? - perguntou, com um interesse renovado na garota.

Enquanto isso, ainda estava apoiado sobre os braços, fincados firmemente na grama. Um vento leve soprava em sua direção, mas ele recusava-se a parar de encará-la. Ela o atraía. De uma maneira tão forte que chegava a ser desconfortável.
tags #Sawa #Alien #VouMorrerHoje wearing roupas notes Post credits nath @ ops!

____



não abram herp' q:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sawa Yui
Filhos de Athena
Filhos de Athena
avatar

Mensagens : 14
Data de inscrição : 20/01/2013
Idade : 21

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Seg 08 Abr 2013, 15:04




Aliens e-ê

Enquanto pensava em se levantar, pôde sentir uma mão masculina tocando-lhe o queixo, deixando seus olhos no mesmo nível daqueles que eram tão verdes. Conseguiu sentir suas bochechas queimando até antes da frase infeliz daquele cara.

Como assim... ATRAENTE?

Antes que ele pudesse perceber, tinha levado um belo soco no braço cuja mão tocava o rosto de Sawa. Ficando de pé de forma súbita, encarava-o com raiva. Quem ele pensava que era para falar aquelas coisas?!:

Acho que já achei um pervertido – disse, com o sangue borbulhando.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ash K. Tsukiyomi
Filhos de Melinoe
Filhos de Melinoe
avatar

Mensagens : 46
Data de inscrição : 27/10/2012
Idade : 22
Localização : Encontre-me tentando se encaixar em algum lugar, mesmo sabendo que nunca conseguirei

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Seg 08 Abr 2013, 15:15


I count my sins
A dor rapidamente se espalhou, enquanto ele olhava chocado para a garota. Levantou uma sobrancelha e esfregou a área atingida. Ouviu com certo divertimento suas palavras, preferindo não interferir.

▬ Acho que já achei um pervertido.

O loiro suspirou e levantou-se também, esticando-se. Dessa maneira, era possível ver a diferença de altura entre os dois. Percebeu uma árvore logo atrás da garota, há alguns passos de distância. Foi se aproximando, com as mãos nos bolsos da calça, e a cabeça inclinada, com um sorriso malicioso no rosto. Agora era a hora da diversão. Enquanto avançava, forçava a menina a andar para trás e quando a mesma bateu contra a árvore, ele levou a sua própria cabeça em sua direção e falou em seu ouvido, com a voz levemente rouca:

▬ Por que você acha que eu sou um pervertido?

Por fim, afastou-se levemente, de modo que os dois ficassem a uma distância curtíssima. Ele a olhava dentro dos olhos. Com um sorriso.
tags #Sawa #Alien #VouMorrerHoje wearing roupas notes Post credits nath @ ops!

____



não abram herp' q:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sawa Yui
Filhos de Athena
Filhos de Athena
avatar

Mensagens : 14
Data de inscrição : 20/01/2013
Idade : 21

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Seg 08 Abr 2013, 15:28




Aliens e-ê

Espere um momento...

O loiro tinha se levantado e estava se aproximando perigosamente. Um sorriso malicioso adornava os lábios masculinos durante a caminhada dele em direção da garota que, por não o conhecer, não tinha a mínima ideia do que fazer. A única coisa que lhe veio a mente foi o instinto de andar para trás, algo que, infelizmente, não deu certo.

Uma árvore.
Claro que tinha que ter uma árvore, só para deixar tudo mais emocionante:

Por que você acha que eu sou um pervertido? – ele sussurrou roucamente no ouvido da morena, fazendo com que ela corasse mais.

De raiva.

Outro soco atingiu o semideus, dessa vez bem no meio de seu peitoral. O topázio exalava uma aura negra e levemente sádica. Ela estralou os dedos:

Simplesmente por ser um idiota que mal conhece uma garota e já começa com esses gestos e ações de idiota! – gritou, visivelmente exaltada.

____


Sawa Yui


FILHA DE ATHENA . MAID DO ALIEN PERVERTIDO . ETERNA DISPUTA DE QUEM SEDUZ MAIS . MAID OWL

thanks juuub's from @ bg!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ash K. Tsukiyomi
Filhos de Melinoe
Filhos de Melinoe
avatar

Mensagens : 46
Data de inscrição : 27/10/2012
Idade : 22
Localização : Encontre-me tentando se encaixar em algum lugar, mesmo sabendo que nunca conseguirei

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Seg 08 Abr 2013, 16:36


I count my sins
Ele sentiu o soco, mas já estava acostumado com as brigas que tinham no reformatório juvenil. Ele praticamente não sentiu, porém, levou uma mão ao peitoral, como se tivesse doído muito. Apoiou a mão livre na árvore, ao lado da cabeça da filha de Athena e inclinou a sua própria. Estava doendo um pouco e o golpe o fez ficar sem ar, mas ao ouvir o grito dela, deu um meio sorriso, tentando ignorar o fato de ter sido golpeado por uma garota de não mais que dezessete anos.

▬ Por favor, não grite. Não gosto de gritos - por fim, "soltou-a", afastando-se. Sentou-se no chão e suspirou.

▬ Você é agressiva demais. Não é legal ficar socando as pessoas, sabia? Enfim, sou Ash. Acredite, o prazer é todo meu - ele piscou marotamente para ela, sabendo que provavelmente levaria um chute, devido à distância que o pé ameaçador estava de seu corpo. Deveria ter escolhido um lugar mais afastado, mas agora era tarde demais. Tudo era culpa dele, afinal. Ele que havia provocado. E ele sabia.
tags #Sawa #Alien #VouMorrerHoje wearing roupas notes Post credits nath @ ops!

____



não abram herp' q:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sawa Yui
Filhos de Athena
Filhos de Athena
avatar

Mensagens : 14
Data de inscrição : 20/01/2013
Idade : 21

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Seg 08 Abr 2013, 20:01




Aliens e-ê

"Não grite", "você é agressiva demais", "não é legal ficar socando as pessoas".

Eu sei disso...
Só que... Eu não consigo controlar. É quase uma reação já programada no meu cérebro.


Caso eles se conhecessem há mais tempo, ele poderia entender. Não, ele nunca entenderia, estúpido aquele jeito. Era óbvio que naquela cabeça só se passavam perversões das mais diversas. Rolou os olhos com esse pensamento:

Sou Sawa – proferiu, ignorando a ênfase que ele dera na palavra "prazer".

Acalmar-se era mais importante agora.

____


Sawa Yui


FILHA DE ATHENA . MAID DO ALIEN PERVERTIDO . ETERNA DISPUTA DE QUEM SEDUZ MAIS . MAID OWL

thanks juuub's from @ bg!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ash K. Tsukiyomi
Filhos de Melinoe
Filhos de Melinoe
avatar

Mensagens : 46
Data de inscrição : 27/10/2012
Idade : 22
Localização : Encontre-me tentando se encaixar em algum lugar, mesmo sabendo que nunca conseguirei

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Qui 11 Abr 2013, 12:12


I count my sins
Sawa. Esse era o seu nome. Ele assentiu novamente, sem motivo aparente, apenas apreciando o nome. É claro que não falaria nada a ela. Não poderia. Não era certo. Não queria.

▬ Sawa é tão má...

Ele a puxou para o chão, de forma que a garota sentasse seu lado. Em seguida, bagunçou seus cabelos de forma delicada, como se estivesse com med de que ela quebrasse. como se vfosse feita de porcelana.

▬ Mas eu não me importo, ok? - os cantos de sua boca levantaram lentamente, em um sorriso parcial. Ele estava tentando entender ela, mesmo sabendo que seria uma árdua tarefa.

Ele teria um longo trabalho pela frente, mas achava que ela valia a pena. Ela era diferente. Não havia caído de joelhos graças ao seu charme. Não havia murmurado confissões de amor, mesmo que as mesmas fossem extremamente entediantes. E ela a interessava. Ash estava interessado em Sawa, um interesse diferente. Um interesse completamente desconfortável.
tags #Sawa #Alien #VouMorrerHoje wearing roupas notes Post credits nath @ ops!

____



não abram herp' q:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Pandora K. L'Angelier
Filhos de Dioniso
Filhos de Dioniso
avatar

Mensagens : 19
Data de inscrição : 27/03/2013

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Sab 13 Abr 2013, 20:45

“Anyway, in the home"

With: Minha Sombra. - clothes: here - lyrics: My Heart Is Broken - Em: Pinheiro de Thalia

Sabe quando se está tão aérea que nem se da conta de seus próprios passos? Lá estava Pandora dessa mesma forma, andando como uma desavisada, pronta pra encarar a morte se fosse preciso, seu punho esquerdo enfaixado devido a incidentes que não gostava de mencionar, mas incidentes que deixaram marcas realmente chatas e irritantes.

Seus passos faziam barulhos estranhos enquanto pisavam em folhas secas, o clima estava agradável, uma brisa confortante cobria o local remexendo os longos cabelos negros. Estava a apenas algumas semanas no acampamento e não conhecia muita gente ainda, digamos que também não fazia lá muita questão de conhecer só conversava quando vinham falar e olhe lá. Andava pelo acampamento naquela tarde/noite após mais um dia tedioso, minhas vestes confortáveis continham um ar rock star, que vira e mexe era alterado, a cada dia um gosto diferente para se vestir, mas jamais com algo colorido demais.

Aproximei-me de um local calmo para se estar, o Pinheiro de Thalia pareceu-me uma boa vista de todo o acampamento, e de todos os campistas que a baixo treinavam. Treinos... Quem sabe um dia eu comece a fazê-los. Quem sabe. Sentada na sombra daquele grande pinheiro suspirava relembrando momentos de sua vida anterior, sua vida antes de descobrir ser uma semideusa filha de Dionísio. Se bem que sempre teve uma queda por vinho e festas. Pandora fechou os olhos e apenas sentia a brisa a levar para onde quer que fosse.

thanks, baby doll @ etvdf

____

Pandora Kriesels L'Angelier

sexy crazy x Dion's daughter x wine's girl x mandona, chata, irritante
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sawa Yui
Filhos de Athena
Filhos de Athena
avatar

Mensagens : 14
Data de inscrição : 20/01/2013
Idade : 21

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Dom 14 Abr 2013, 23:03

]


Aliens e-ê

Se fosse em uma situação diferente e com uma pessoa diferente, Sawa teria rido da frase proferida antes de ser puxada ao chão:

Ash é tão pervertido – murmurou, num tom em que tinha certeza de que ele ouviria.

Sentiu a mão masculina bagunçando seus cabelos, o que fez com que os olhos amarelos se arregalassem. Parecia com um carinho... Não! Ele é só um tarado, com certeza aquilo tinha segundas intenções embutidas. Ouviu a frase dele, levando seu olhar para o loiro.

Ele estava sorrindo.

Sawa ficou encarando-o por longos dez segundos, retomando a pose em seguida:

E quem disse que eu me importo se você se importa?

Isso soou como verdade para ela, mesmo que seu subconsciente soubesse que era só alguma forma para se proteger. Ela não deixaria ele se aproximar tão facilmente, aliens não tem permissão de entrada.

____


Sawa Yui


FILHA DE ATHENA . MAID DO ALIEN PERVERTIDO . ETERNA DISPUTA DE QUEM SEDUZ MAIS . MAID OWL

thanks juuub's from @ bg!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ash K. Tsukiyomi
Filhos de Melinoe
Filhos de Melinoe
avatar

Mensagens : 46
Data de inscrição : 27/10/2012
Idade : 22
Localização : Encontre-me tentando se encaixar em algum lugar, mesmo sabendo que nunca conseguirei

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Sex 19 Abr 2013, 19:22


I count my sins
O sorriso de Ash sumiu, logo que o loiro percebeu que a filha de Athena havia visto o mesmo. Abaixou a mão e a apoiou na grama.

▬ E quem disse que eu me importo se você se importa?

Deu de ombros. Ela estava "jogando" na defensiva. E ele reconhecia isso. Não quer dizer que se importava. Emitiu algo parecido com um risinho.

▬ Ninguém. Eu apenas falei, Sawa. Estamos em um país que é, teoricamente, livre. Não é como se eu não pudesse me expressar, não é?

Levantou uma sobrancelha e a encarou, cravando os olhos verdes na garota.
tags #Sawa #Alien #VouMorrerHoje wearing roupas notes Post credits nath @ ops!

____



não abram herp' q:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sawa Yui
Filhos de Athena
Filhos de Athena
avatar

Mensagens : 14
Data de inscrição : 20/01/2013
Idade : 21

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   Sab 20 Abr 2013, 13:18




Aliens e-ê

Ela rolou os olhos, voltando a olha-lo com a mesma intensidade:

Ninguém disse que não pode, mas isso não quer dizer que suas expressões serão aprovadas.

Eles entraram em uma competição de argumentos. Cada um parecia mais perdido na pedra preciosa das íris do outro. Sawa abraçou as pernas, sem retirar seu olhar do loiro. Por algum motivo, ele parecia aquele que descobriria segredos seus.

Não.
De jeito algum que ele, esse tal de Ash, um pervertido idiota, poderia se aproximar de seus segredos tanto assim.

____


Sawa Yui


FILHA DE ATHENA . MAID DO ALIEN PERVERTIDO . ETERNA DISPUTA DE QUEM SEDUZ MAIS . MAID OWL

thanks juuub's from @ bg!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Alto da Colina ▬ O Pinheiro de Thalia
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 3 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Local Público: Pinheiro de Thalia
» A Colina ♠Local Público Oficial♠
» Façam justiça, façam vingança (Missão para Thalia Grace e Annabeth Chase)
» Teste dos 3 grandes| Leonardo, Thalia, Dite, Rob.
» Quem é que joga fumaça pro alto??

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Acampamento Meio-Sangue :: Colina do Acampamento :: Pinheiro de Thalia-
Ir para: