InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Atenção deuses! Há um aviso no Staff Loungue para vocês, entrem e leiam.

Important: Seu avatar é registrado? Ainda não?! Evite levantes, corra aqui: [MENINOS | MENINAS].
EM REFORMA, AGUARDEM! Novidades virão, algo que já estava mais do que na hora, não acham?!

Compartilhe | 
 

 Contra o vento - missão interna para Marc Marlboro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Mnemósine
Deuses Menores
Deuses Menores
avatar

Mensagens : 384
Data de inscrição : 23/04/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Contra o vento - missão interna para Marc Marlboro   Sab 02 Mar 2013, 21:19

Marc passava o dia nos campos de morango. Não que fosse fã de colocar as mãos na terra, mas o clima ameno no local fazia dele um bom lugar para descanso. Ou até aquelas coisas o atacarem: um enxame de insetos. Não que fosse incomum, mas não eram um ou dois; era uma nuvem deles. Semideuses e dríades lutavam desesperadamente para escapar ou afastar, enquanto eles apenas se avolumavam, as picadas doloridas, afetando a todos... Mas de onde e por que teriam vindo?

Código:
- Narre seu dia até o momento do ataque
 - Narre o ataque e sua reação - e se estava ou não com seus itens
- Uma hora, isso vai amainar - e você vai investigar por quê começou
- Fique livre pra narrar cenário e npcs, mas depois de tudo você seguirá ao sul, para a floresta, seguindo o rastro do enxame
- Continuarei a narração após sua entrada na floresta
-Poderes e afins em spoiler
- 3 dias para postar
- Hora de início: 13h 27 min

____

A.k.a.:
 


“Um povo sem memória é um povo sem história. E um povo sem história está fadado a cometer, no presente e no futuro, os mesmos erros do passado”.
(Emília Viotti da Costa, historiadora)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marc L. Marlboro
Filhos de Éolo
Filhos de Éolo
avatar

Mensagens : 4
Data de inscrição : 17/10/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Contra o vento - missão interna para Marc Marlboro   Seg 04 Mar 2013, 06:45




† VENI † VIDI † VICI †

LONELY BOY, OH, I’M A LONEY BOY



Aquele dia tinha tudo para ser como todos os outros, sem nenhum acontecimento que pudesse modificar alguma coisa em nossas vidas; daqueles que você acorda sem esperar nada demais e que planeja apenas coisas simples, rotineiras, porque sabe que coisas surpreendentes não aconteceriam. O dia em questão estava apenas para ser vivido, nada mais, ele passaria e pronto. Mas, enganado estava eu e a tarde iria provar isso.



Depois de fazer minha higiene pessoal diária e tomar um bom café, desci para o campo de morangos, afinal, havia tarefas a serem realizadas e estávamos no meu turno. A brisa fresca bagunçava meu cabelo ao mesmo tempo em que lambia meu rosto, não sei se minha descendência divina influenciava nesse quesito, mas isso me agradava, o vento me dava certa sensação de liberdade, seja ele um tornado ou apenas uma leve brisa, como no caso. Tinha minha cesta em mãos e apanhava os morangos próximos e largava-os, não estava sendo muito cuidadoso com a fruta, é verdade, mas estava fazendo meu trabalho e pedir para sermos exageradamente delicados na colheita é um pouco demais.



Sem motivo aparente, insetos começaram a aparecer, primeiramente em pares, até que foram aumentando de quantidade, chegando a dúzia e até mesmo centenas. Estávamos realmente preocupados com aquele enxame gigantesco que cobria o céu e assustava com a negritude da nuvem de seres quitinosos. Campistas, dríades, sátiros e outros seres uniam-se para tentar livrar-se dos insetos, mas não se via muito sucesso na tentativa do grupo, os indesejáveis eram muitos e nós, poucos. O resultado foram picadas realmente doloridas em todos os que estavam presentes, ninguém conseguia defender-se realmente e muitos bateram em retiradas, entregando a batalha ao inimigo. Nem mesmo as flautas dos sátiros surtia algum efeito, sendo ignoradas pelo bater de asas.



Quando os insetos pousaram, percebemos de fato o tamanho daquele enxame. Todos os arbustos de morango estavam negros, como se houvesse sido tingidos de preto, nenhum campista continuou a colheita e a administração do acampamento resolveu cessar as atividades ao ar livre por ora. Tal decisão não agradou muito os campistas, que ficaram limitados quase exclusivamente à arena, mas enquanto não soubéssemos de onde viera o enxame e quais os motivos da “migração”, nada poderia ser feito.



Tomei uma decisão e ninguém precisaria aprova-la. Finalizei ainda calmo meu almoço e, sem falar com ninguém, rumei rapidamente para meu chalé e, agora com pressa, vasculhava minhas coisas procurando objetos específicos. Minha faca de bronze foi escondida dentro de meu coturno, o cinto branco foi colocado em volta de minha cintura, não dentro de onde deveria ser colocado um cinto em meu jeans surrado e rasgado, mas por cima, apenas para tê-lo comigo e não para obedecer a sua função. O cordão de prata estava sempre comigo, preso ao meu pescoço e faltava apenas uma coisa: um sobretudo negro. Reunido todos os itens, sai para os campos de plantação de morangos.



O local estava ainda pior do que antes, mesmo que parecesse impossível. Tentava reproduzir a cena de quando tudo começou, tentando lembrar a direção de onde os insetos vieram. Não era fácil trazer à tona a lembrança, afinal, eu era sim uma pessoa distraída e fazia questão de não prestar atenção ao que acontecia ao meu redor quando estava fazendo algo que não me interessava. Arrisquei, então, a seguir a aglomeração de invertebrados, que iam trilhando um caminho em relação ao volume de exemplares. Minha descoberta levava-me até a floresta, local para onde segui em seguida.




☁ Itens levados

☁ Faca de bronze
☁ Armadura Temporal Completa [Se transforma em um cinto branco com uma opala no centro. Quando a opala é pressionada, a armadura se ativa. Mantém a temperatura corporal, evitando congelamentos, queimaduras, incineração e afins. Feita de Ouro Branco. É leve, não prejudicando a movimentação. Possui um desenho de Eólia no peito.]
☁ Arco de Ouro Branco [Se transforma num cordão de prata. Lança flechas infinitas com a ponta de Ouro Branco. A flecha se materializa na corda, quando esta é puxada (O dano é o mesmo de uma flecha normal). Inteiramente feito de Ouro Branco com desenhos de nuvens que se mexem pela arma.]
☁ Manto Nebuloso [Pode ser dobrado quantas vezes quiser. Quando não está ativado, costuma ser uma capa ou um sobretudo, pois sua aparência mundana é escolhida pelo semideus. Ele deixa o usuário invisível por dois posts, podendo ser utilizado duas vezes por missão. Feito de lã das nuvens. Uma vez por missão, permite que a prole de Éolo torne-se puro ar, assumindo propriedades de intangibilidade, não visibilidade, dentre outros efeitos característicos ao ar - tal efeito dura somente duas rodadas]

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mnemósine
Deuses Menores
Deuses Menores
avatar

Mensagens : 384
Data de inscrição : 23/04/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Contra o vento - missão interna para Marc Marlboro   Qua 06 Mar 2013, 16:58

A floresta ainda apresentava alguns insetos retardatários, mas nada que o prejudicasse à princípio. Contudo, quanto mais andava, pior ficava - não só as árvores estavam mais densas, como também a quantidade de criaturas aumentava. Era fácil seguir seus rastros mas, aparentemente, elas não afetaram apenas os campos de morango: um arbusto se movia, revelando a criatura esfregando-se contra ele, tentando amenizar seu desconforto - uma harpia. Ela viu o semideus, partindo em sua direção, a expressão em agonia com os insetos entremeados em suas penas.

Código:
- A harpia vai em sua direção, mas não dá pra saber se a intenção dela é o ataque ou não
- Se resolver atacar, a harpia tem 100/ 100 e vai tentar alçar vôo
- Os insetos na área se movimentam pelas ações de ambos, e também atacarão. Considere que eles atrapalham sua visão e movimentos, e atacarão tanto você quanto a harpia. Tentar afastar os insetos pode resolver, mas ataques comuns apenas dispersam a nuvem por 1 rodada. Os insetos, considerando o enxame como uma criatura, tem 50/ 50 e mais do que 3 ataques deles podem provocar reações de intoxicação/ alergia/ envenenamento
- 3 dias para postar

____

A.k.a.:
 


“Um povo sem memória é um povo sem história. E um povo sem história está fadado a cometer, no presente e no futuro, os mesmos erros do passado”.
(Emília Viotti da Costa, historiadora)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mnemósine
Deuses Menores
Deuses Menores
avatar

Mensagens : 384
Data de inscrição : 23/04/2012

Ficha do personagem
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)
Arsenal Arsenal:

MensagemAssunto: Re: Contra o vento - missão interna para Marc Marlboro   Dom 31 Mar 2013, 11:29

Missão cancelada por não postagem do player.

____

A.k.a.:
 


“Um povo sem memória é um povo sem história. E um povo sem história está fadado a cometer, no presente e no futuro, os mesmos erros do passado”.
(Emília Viotti da Costa, historiadora)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Contra o vento - missão interna para Marc Marlboro   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Contra o vento - missão interna para Marc Marlboro
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Corrida contra o Tempo - Missão para James Lane
» [Missão Interna] O invasor misterioso. - Dylan Thomas Sprouse.
» The Summit
» Novos Mistérios | Missão OP para Joe McDean
» Em busca de vingança | Missão narrada para Diane Cristyne

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Tártaro :: Missões Canceladas/Concluídas-
Ir para: